Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Patrik James Da Costa

Projeto gerador elétrico eólico 12v 500 watts

Recommended Posts

16 minutos atrás, albert_emule disse:

Rodando bem devagar, como você mesmo disse, vai precisar de força muito mais bruta para poder fornecer estes 0.67HP. 

Uma máquina de boa qualidade dá uns 80% de rendimento, de excelente vai para 85%. Pela aparência da máquina (pouco ferro) vai precisar de 1cv mecânico para dar os 500W elétricos. Posso estar errado.

adicionado 4 minutos depois

Me refiro a esses alternadores de carro. O gerador do vídeo tb tem pouco ferro.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 minutos atrás, Sérgio Lembo disse:

Uma máquina de boa qualidade dá uns 80% de rendimento, de excelente vai para 85%. Pela aparência da máquina (pouco ferro) vai precisar de 1cv mecânico para dar os 500W elétricos. Posso estar errado.

adicionado 4 minutos depois

Me refiro a esses alternadores de carro. O gerador do vídeo tb tem pouco ferro.

 

Verdade. Eu tinha me esquecido das perdas rsrsrs.

Levando em contas que os ventos normais não passam de 20Km hora, quantos metros de pás precisaria? rsrsr

 

 

 

 

adicionado 1 minuto depois

Quantos HP você deduz que tenha uma hélice de um moinhos: 

https://www.youtube.com/watch?v=HTnLMaxVPVA

 

 

adicionado 6 minutos depois

Eu deduzo que a pesar do tamanho das peças, elas estejam bem lubrificadas e estão rodando bem suaves, sem exigir muita força.

Daí olhando a velocidade que os grão estão sendo moídos, eu deduzo que seja mais fraco que um liquidificador de 300 watts.

Um motor de 300 watts iria moer os garões com muito mais força e velocidade. 

adicionado 7 minutos depois

Logo este moinho imenso não deve dar nem 1HP de força.

Não deve é capaz de gerar 500 watts. 

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

@albert_emule , se o autor do tópico fizer um catavento desses vai ter os 500W desejados e de quebra virar atração turística do bairro (se a mulher não expulsar ele de casa).:D

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Como já foi dito, para gerar estes 500 watts, vai precisar de 1000 a 1700 RPM dependendo se seu gerador for de imã permanente ou não. 

 

Recomendo que use logo o alternador de carro. Você não sabe a engenheira que tem um regulador de 500 watts de alta eficiência, sem ser daqueles lineares. 

O alternador já vem com um regulador muito bom. 

 

No link a seguir tem um site que calcula as pás da hélice: 

https://www.warlock.com.au/tools/bladecalc.htm

 

adicionado 32 minutos depois

Nesta simulação a velocidade dos ventos determina a rotação da hélice.

Ventos de 2.5 metros por segundo são ventos normais do dia a dia. 

O site no link a seguir indica a intensidade e velocidade dos ventos:

https://www.climatempo.com.br/vento/cidade/56/salvador-ba

 

Mesmo em prais não passa muito de 10Km por hora, o que dá algo próximo 2,5 metros por segundo, como está na simulação. 

 

 

 

 

image.png.efa39a75474fa4a7f89264332c7afabb.png

adicionado 50 minutos depois

Esta simulação está melhor:

7.47 metros para cada pá para poder gerar 500 watts :D:D kkk

O software não permitiu velocidade maior que 62.3 RPM nesta potência e com estes ventos de 10Km hora, ventos normais.

O site é interessante, pois uma vez configurada você faz o pedido e o pessoal fabrica as pás do gerador. 

 

Pelo jeito, se quiser gerar 500 watts com ventos de praia, terá que montar uma torre de moinho kkk

Não vai ter como escapar. 

7.47 metros para cada pá vai ficar gigante kkk

 

 

 image.thumb.png.04b44c3a3db56f15f75e3f636878e213.png

 

 

Editado por albert_emule

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

As pás só ficam com 62 centímetros para 500 watts, se os ventos forem de 12 metros por segundo e rotação em 600 RPM. Só que ventos assim são ventos de vendaval. Quase um tornado :D:D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
36 minutos atrás, albert_emule disse:

As pás só ficam com 62 centímetros para 500 watts, se os ventos forem de 12 metros por segundo e rotação em 600 RPM. Só que ventos assim são ventos de vendaval. Quase um tornado :D:D

Com postes altos (muiiiiiiito altos) consegue-se ventos mais fortes, mas o investimento só vale a pena onde venta bastante.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • 21 horas atrás, albert_emule disse:

     

    Vamos esperar um especialista em aerodinâmica. 

    Mas é certo que para você gerar 500 watts, vai precisar de 0,67 HP. Isso dá uma força bruta rsrsrs. 

     

    "mais queria entender um pouco do calculo porque catavendo vertical roda bem devagar e querisa saber se eu almentase o dinamo de 1/6 iria ficar muito pessado"

    Rodando bem devagar, como você mesmo disse, vai precisar de força muito mais bruta para poder fornecer estes 0.67HP. 

     

     

     

     

     

    adicionado 11 minutos depois

    Mínimo de 1000 RPM. 

    Precisa pôr umas engrenagens de multiplicação.

     

     

    Em 07/11/2017 às 23:01, albert_emule disse:

    Você terá apenas problemas com falta de ventos. 

    Ventos fracos.

     

    Mas tudo é relativo:

    O vento pode ser fraco, mas existe um tamanho de hélice que geraria fácil os 500 watts.

    O problema é que este tamanho de hélice pode se tornar impraticável pelo tamanho. 

     

    Se os ventos forem muito fortes, você consegue os 500 watts com hélices "pequenas", entre aspas kkk.

     

    Tenha em mente que por mais aerodinâmica de aviação que sua hélice tenha, o limite de velocidade vai beirar os 600 RPM. 

    Daí para gerar 0,67 HP de força, terá que gerar também uma força incrível.

    Pior fica se a hélice girar com menos velocidade. 

     

    Vamos fazer uma analogia:

    Considere um motor de meio CV apenas, até um pouco mais fraco que a potência que você deseja.

    Agora imagine este motor sendo de 1700 RPM mais com uma redução que o deixa com apenas 600 RPM. Imagina a força que este motor teria no seu eixo, com esta redução??

    Seu gerador é igual neste raciocínio. Só que contrário: 

    Os ventos é que tem que gerar muita força num RPM de 600 e estes 600 RPM tem que ser multiplicados para 1700 para rotacionar o alternador. 

     

     

    Será que consegui transmitir a dificuldade de se gerar 500 watts em gerador eólico? 

    Não adianta de nada você ter um gerador que gere 500 watts sem engrenagem girando diretamente em 600 RPM no eixo.

     

    Na prática o alternador que gera 500 watts com 600 RPM irá exigir o mesmo torque em 600 RMP que um alternador veicular de 1700 RPM.

    Energia não se cria do nada. 

     Na pratica, usar um alternador que gera os 500 watts com apenas 600RPM, sem uso de engrenagens, só eliminaria pouquíssimas perdas de energia por atrito nos rolamentos das engrenagens. E nada mais.  

     

     

    adicionado 6 minutos depois

     

    Estes geradores pequenos, ainda mais caseiros, a maioria não gera nem 30 watts hora.

    Já pesquisei muito. 

     

    Todos aqueles de modelo comercial que são de até 500 watts, geram no máximo 30 watts com ventos normais e de praia. 

    Acontece que eles só geram os 500 watts com ventos de 40Km hora. Que é um vento de tornado praticamente. 

    Ventos assim só acontece uma vez por ano. E olhe lá. 

     

     

     

     

    adicionado 7 minutos depois

    É preciso você colocar na balança que muitas vezes um painel solar atende melhor, com menor custo. 

    Dois de 320 watts já daria uma boa potência. 

    adicionado 10 minutos depois

    Nem tudo é ruim.

    Os geradores eólicos gigantes de parques eólicos são incríveis. 

    Eles geram muita potência por cada metro de pá das hélices. Não sei explicar o porque. Deve ter uma explicação na física envolvendo o tamanho.  

     

    Já estes pequenos tem rendimento bem ruim. 

    como falei antes ele esta rodando atualmente um motor de impressora apenas para carregar uma bateria de lampada de emergencia com aproximadamente 2 metros e feito de garrafas pet .

    você saberia me dizer qual o máximo e minimo de watts ele pode me fornecer motor.jpg.8ac95da17f2603c8cf15c27f73eef8a3.jpgpelo que consta ele e 5,5hp 

    o que eu tenho e quase igual a esse uma volta do catavento  da 3 voltas nele aproximadamente o o catavento da umas 20 e poucas voltas por minuto seria quase 60 do gferador + - 

     

     

    @Patrik James Da Costa @Patrik James Da Costa

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    2 horas atrás, Patrik James Da Costa disse:

    como falei antes ele esta rodando atualmente um motor de impressora apenas para carregar uma bateria de lampada de emergencia com aproximadamente 2 metros e feito de garrafas pet .

    você saberia me dizer qual o máximo e minimo de watts ele pode me fornecer motor.jpg.8ac95da17f2603c8cf15c27f73eef8a3.jpgpelo que consta ele e 5,5hp 

    o que eu tenho e quase igual a esse uma volta do catavento  da 3 voltas nele aproximadamente o o catavento da umas 20 e poucas voltas por minuto seria quase 60 do gferador + - 

     

     

    @Patrik James Da Costa @Patrik James Da Costa

    Motor de impressora com potência de 5.5HP????

    É algum tipo de impressora industrial? 

     

    Só para te lembrar, um só HP equivale em watts a 745,69 watts. 

     

    Sendo assim 5,5 HP equivalem a 4101,29 watts. 

    Daria para alimentar um chuveiro elétrico com esta potência.

     

    Você tem certeza do que está afirmando? 

    adicionado 9 minutos depois

    5,5 HP é a potência que tem um motor de moto de 100 cilindradas. 

    Olha que estas motinhas conseguem atingir até uns 100 Km hora com este motor de 5.5HP.

    Editado por albert_emule

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    3 horas atrás, albert_emule disse:

    Você tem certeza do que está afirmando? 

    Claro que não né. A única coisa que ele tem certeza é o HP de uma impressora HP. :mellow:

    Se este motorzin der 5,5W como gerador é muito

     

    • Haha 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    33 minutos atrás, Isadora Ferraz disse:

    Claro que não né. A única coisa que ele tem certeza é o HP de uma impressora HP. :mellow:

    Se este motorzin der 5,5W como gerador é muito

     

    Verdade.

     

    Pior é eu ter explicado antes, ter dado referências e até mesmo ter postado um vídeo que  explicanva o que é HP. O vídeo também contava a história de como surgiu isso de potência em HP e CV. 

    Mas de nada serviu. 

    Isso até desanima. 

     

    Estes dias eu vi à venda no mercado livre alguns tipos de produtos mentirosos, tais como gerador de hidrogênio para economizar combustível e economizador de energia. Produtos que enriqueceram os vendedores. Produtos que só funcionam psicologicamente. 

     

    Daí eu comentei com um amigo que a maioria das pessoas só dão atenção a aquilo que agrada a si próprio, mesmo que a informação seja enganosa. 

    Se dermos uma informação verdadeira e não vir a agradar, a pessoa nem dá atenção.

     

    Por isso que a maioria das pessoas caem em golpes. 

    Só querem ouvir aquilo que lhes agrada; Carro movido a água, motor perpétuo, gerador eólico que gera mais de 1000 watts e não tem nem 1 metro de pá, tem muitos a venda no mercado livre.  

    Editado por albert_emule
    • Curtir 2

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    16 horas atrás, albert_emule disse:

    Só querem ouvir aquilo que lhes agrada; Carro movido a água, motor perpétuo, gerador eólico que gera mais de 1000 watts e não tem nem 1 metro de pá, tem muitos a venda no mercado livre.  

    1 metro de pá (2m de diâmetro) não é pouco, principalmente se no local ventar muito, e põe muito nisso. Visitei o site que você indicou. É incrível, a potência sobe exponencialmente com a velocidade do vento, mas só começa a ter um tímido resultado a partir de 12km/h. O problema dos tontos é que só visualizam o preço, o tempo de retorno e se esquecem de mensurar o combustível necessário, no caso, o vento. Devem achar que o vento que tem na cabeça vai mover o aparelho! :tw_grin:

    • Haha 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Em 14/11/2017 às 20:21, albert_emule disse:

    Motor de impressora com potência de 5.5HP????

    É algum tipo de impressora industrial? 

     

    Só para te lembrar, um só HP equivale em watts a 745,69 watts. 

     

    Sendo assim 5,5 HP equivalem a 4101,29 watts. 

    Daria para alimentar um chuveiro elétrico com esta potência.

     

    Você tem certeza do que está afirmando? 

    adicionado 9 minutos depois

    5,5 HP é a potência que tem um motor de moto de 100 cilindradas. 

    Olha que estas motinhas conseguem atingir até uns 100 Km hora com este motor de 5.5HP.

    desculpa pia e 0.55 e o que esta na foto mesmo mais pelo que eu ja medi ele so faz uns 50watts rodando muito com uma furadeira e olha la porque oscila um monte

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    16 horas atrás, Patrik James Da Costa disse:

    0.55

    HP? não acredito. Por gentileza pesquise o que significa. É potência pra burro ou melhor, potência 'cavalar'...

     

    16 horas atrás, Patrik James Da Costa disse:

    50watts

    Continuo tendo dúvidas. Com aquele motor sugiro se contentar por hora em acender uns leds.... Ok... te deixo colocar uns leds de potência...

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    16 horas atrás, Patrik James Da Costa disse:

    desculpa pia e 0.55 e o que esta na foto mesmo mais pelo que eu ja medi ele so faz uns 50watts rodando muito com uma furadeira e olha la porque oscila um monte

    Este motor possui no máximo 4 ou 5 watts.

    Veja um parecido;

     https://produto.mercadolivre.com.br/noindex/description/MLB703820970?noIndex=true

     

    Isso daria 0,0067 HP

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    19 horas atrás, Patrik James Da Costa disse:

    desculpa pia e 0.55 e o que esta na foto mesmo mais pelo que eu ja medi ele so faz uns 50watts rodando muito com uma furadeira e olha la porque oscila um monte

    0,55HP também não. Isso pra mim seria se fosse motor de furadeira.

    E 50W seria se fosse um motor de ventilador, mas como é de impressora concordo com os amigos é 5W e olhe lá.

     

    Agora tem uma coisa que nunca entendi e nunca procurei saber o porque, mas já que estão no assunto acabei lembrando: 

     

    Se 1HP é 746W porque nos motores de máquina de lavar antiga vinha as seguintes características:

    1/2 HP

    110V

    8,8A

    Se é 110V e 8,8A a potencia então é de 968W. E então de onde tiraram o 1/2HP, a perda é tão grande assim?

    Eu sei que motores de indução tem toda aquela coisa de fator de potência, potência aparente (a que eu calculei) e tudo mais. Acho que isso até já respondeu a minha pergunta, mas acho que isso tem a ver com o fato desses tipos de motores serem tão ineficientes quando são em pequenas escalas.

     

     

     

     

    Editado por Mestre88

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    12 minutos atrás, Mestre88 disse:

    Se 1HP é 746W porque nos motores de máquina de lavar antiga vinha as seguintes características:

    1/2 HP

    110V

    8,8A

    Se é 110V e 8,8A a potencia então é de 968W. E então de onde tiraram o 1/2HP, a perda é tão grande assim?

    Um motor decente tem 80% de eficiência. Os muito eficientes tem 85%. Não podemos nos esquecer que se trata de uma máquina magnética e como tal a qualidade do núcleo possui grande influência. Ambos tem muito ferro na carcaça, os de 85% mais ainda. Já os motores citados... alguns são de alumínio, outros tem a carcaça em chapa de aço ao invés de ferro fundido e por aí vai. O custo cai e o resto despenca.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    43 minutos atrás, Mestre88 disse:

    0,55HP também não. Isso pra mim seria se fosse motor de furadeira.

    E 50W seria se fosse um motor de ventilador, mas como é de impressora concordo com os amigos é 5W e olhe lá.

     

    Agora tem uma coisa que nunca entendi e nunca procurei saber o porque, mas já que estão no assunto acabei lembrando: 

     

    Se 1HP é 746W porque nos motores de máquina de lavar antiga vinha as seguintes características:

    1/2 HP

    110V

    8,8A

    Se é 110V e 8,8A a potencia então é de 968W. E então de onde tiraram o 1/2HP, a perda é tão grande assim?

    Eu sei que motores de indução tem toda aquela coisa de fator de potência, potência aparente (a que eu calculei) e tudo mais. Acho que isso até já respondeu a minha pergunta, mas acho que isso tem a ver com o fato desses tipos de motores serem tão ineficientes quando são em pequenas escalas.

     

     

     

     

    A metade desta corrente ou quase a metade vem de energia reativa que é do fator de potência baixo.

    Este tipo de corrente pode ser abatida ou cancelada pondo capacitores AC em paralelo com a rede.

     

    A outra parte é referente a uma parcela em aquecimento que pode chegar até a 20% da potência nominal do motor.

    O resto que sobra são estes 1/4 HP.

     

    A potência em HP refere-se a força mecânica do eixo. 

    É preciso considerar as perdas em calor e em atrito.

    E a corrente anormal diante da potência, em grande parte é só fator de potência que pode ser facilmente corrigido. 

     

    Volto já com um vídeo real mostrando isso na prática. 

    Editado por albert_emule

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    3 minutos atrás, albert_emule disse:

    A potência em HP refere-se a força mecânica do eixo. 

    Era essa a minha dúvida.

    Então se o meu motor tem 1/2 HP ele tem aproximadamente 370W mecânicos.

    E os outros 600W que sobraram são convertidos em calor, barulho (vibração), atrito e etc.

    No caso o motor em questão tem a carcaça de chapa de aço grossa, e rotor feito de chapas de ferro e carcaça de alumínio, como esse:

    ShowThumbnailG.aspx?img=motor%20br.jpg&w

     

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    29 minutos atrás, Mestre88 disse:

    Era essa a minha dúvida.

    Então se o meu motor tem 1/2 HP ele tem aproximadamente 370W mecânicos.

    E os outros 600W que sobraram são convertidos em calor, barulho (vibração), atrito e etc.

    No caso o motor em questão tem a carcaça de chapa de aço grossa, e rotor feito de chapas de ferro e carcaça de alumínio, como esse:

    ShowThumbnailG.aspx?img=motor%20br.jpg&w

     

     

    A parte reativa não gera calor. Portanto não são 600 watts. 

     

    Curioso que a parte reativa só gera corrente elétrica. Mas não gera trabalho. Portanto não gera calor. 

     

    O que faz gerar calor é a corrente alta sobre os fios condutores. Mas não gera 600 watts kkk. 

    As perdas que dão já estão incluídas dentro dos 20% de perdas. 

     

    Observe o vídeo abaixo: 

    https://www.youtube.com/watch?v=dPFKcUxbNuQ

     

    Aos 2 minutos e 55 segundos o cara liga o motor sem os capacitores que corrigem o fator de potência, mede a corrente e dá 4,6A. 

    Aos 4 minutos e 25 segundos ele conecta os capacitores e depois dos capacitores continua dando os 4,6A mais antes dos capacitores só dá apenas 2A. Quer dizer: Diminuiu 2,6A de corrente reativa da rede.

    Não fez mágica. Esta corrente se chama energia reativa. É uma potência que é devolvida para a fonte, por isso não gera trabalho nenhum.

     

     

     

     

    adicionado 7 minutos depois

    Este motor do vídeo estaria consumindo da rede 1012 Va em tensão de 220Vac.

    Testa potência em "Va" apenas 440 são watts e é só esta potência que um medidor residencial contabiliza. 

     

    O restante, os 572, é energia reativa que se chama Var (Volt ampere reativo). Esta potência o medidor domestico não contabiliza. 

    Editado por albert_emule

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Eu estava conversando com um amigo aqui:

    Os geradores eólicos que aproveitam ventos lentos de 2.5 metros por segundo, tem que ter hélices grandes. Isso já sabemos.

    Eu coloquei naquele site lá e para uns 20 watts deu hélices de 1.5 metros. 20 watts em ventos fracos de 2.5 metros por segundo. 

    Daí se instalar umas 25 unidades num terrando razoável, já alcança os 25 watts. 

     

     

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Olá. Vim contribuir com mais alguns estudos que andei fazendo.

     

    Vejam o vídeo do link a seguir: 

    O cara mostra um catavento (O brinquedo) executando um trabalho de levantar um pequeno peso com a força dos ventos e em seguida executa os cálculos. 

    Os cálculos são simples e bastante interessantes.

    https://www.youtube.com/watch?v=F3bZzOyMhKI&feature=youtu.be

     

     

    Tentei reverter os cálculos para uma hélice de um gerador que seria capaz de gerar 500 watts com 600 RPM aproximadamente.

     

    Então....Fui lá e peguei uma broca de 9 milímetros que acredito que seria a espessura de um eixo de gerador de 500 watts. Peguei um fio de um metro e enrolei por completo no eixo. Coube 34 voltas lado a lado.

     

    Lembrando que quero saber a força de uma hélice de gerador eólico que gera 500 watts a uns 600 RPM. Se dividirmos 600 RPM por 60 segundos, vai dar 10 giros completos por segundo. Daí eu considerei que o eixo levaria 3 segundos para enrolar 1 metro de fio.

     

    Trabalho é igual a Força vezes a distância percorrida, certo?

    Temos então 1 metro de distância. 

    Falta a força:D

     

    Lembrando que um gerador destes alcança a velocidade máxima sem cargas. Com cargas a velocidade cai um pouco.

    Mas neste caso, apenas para entendimento, poderíamos considerar uma hélice que daria os 600 RPM com a carga. Sem a carga poderia dar RPM maior.

    É só para podermos ter uma ideia prática da coisa.:D

     

    No exemplo que dei, o eixo enrola 30 voltas em 3 segundos por está a 600 RPM. Um metro deu 34 voltas. Mas vamos arredondar. A diferença é pequena.

     

    Como o exemplo é de uma hélice de 500 watts, o resultado da força multiplicada pela distância de 1 metro tem que dar 1500 joules, pois assim se dividirmos pelo tempo de 3 segundos, teremos potência de 500 watts.

    Ocorre que para ter 1500 joules a 1 metro, temos que ter 1500 newtons.

     

    Coloquei numa calculadora aqui na internet e os 1500 Newton converteu para 152.9Kg.

    É isso mesmo. Para gerar 500 watts um eixo de 9 milímetros tem estar girando com a força equivalente a de 152.9 quilos.

    Equivalente a manivelar o eixo de 9 milímetros para ir enrolando o cabo de aço e levantar o peso de 152.9 quilos.

    Só que num gerador eólico, este fenômeno seria contínuo. O eixo estaria girando a 600 RPM com este peso de 152.9 quilos. Isso são os 500 watts. 

     

    Mas aí é que está. Achei que seria muito peso no eixo para um gerador eólico de hélice pequena como este do mercado livre a seguir: 

    https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-726257694-aerogeradoreolicoistabreeze-12v-ou-24v-500w-regulador-_JM

    Então fui buscar os dados técnicos deste gerador:

    http://www.altinelenerji.net/instruction-en.pdf

    image.png.775a6913c0dded393d59b831711e400c.png

     

    image.png.f4732e718ed1d59db6c3bf5d77b55397.png

     

     

     

    adicionado 17 minutos depois

    Diz aí nos dados que o modelo de 450 watts (i-500), precisa de 2500 RPM.

    Logo fez sentido:D

     

    Se a potência agora deixar de estar distribuída entre 600 RPM para passar a ser distribuída entre 2500 RPM, o peso que o eixo precisará manter será bem menor.

    Pelo menos 4,16 vezes menor. 

    A 2500 RPM o eixo precisaria girar com força menor que 40 quilos para gerar os 500 watts. 

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    17 minutos atrás, albert_emule disse:

    Equivalente a manivelar o eixo de 9 milímetros para ir enrolando o cabo de aço e levantar o peso de 152.9 quilos.

    Bacana albert! Meu sonho era ter um dado assim! vdd. Quase dá pra sentir o peso pesado pra k c t. O que me faz pensar... aqueles geradores eólicos monstruosos de Mwatts têm jogo de engrenagem, algo como um dínamo de cubo...

    geared_hub.jpg

    ...pra "aumentar" a rotação né? Puts. Então o eixo principal das pás deve fazer uma força brutal...

     

    Também me fez lembrar da força adicional que tinha que fazer quando acoplava o dínamo na bicicleta

    dinamo.png

     

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    2 minutos atrás, Isadora Ferraz disse:

    Bacana albert! Meu sonho era ter um dado assim! vdd. Quase dá pra sentir o peso pesado pra k c t. O que me faz pensar... aqueles geradores eólicos monstruosos de Mwatts têm jogo de engrenagem, algo como um dínamo de cubo...

    geared_hub.jpg

    ...pra "aumentar" a rotação né? Puts. Então o eixo principal das pás deve fazer uma força brutal...

     

    Também me fez lembrar da força adicional que tinha que fazer quando acoplava o dínamo na bicicleta

    dinamo.png

     

     

    Os geradores eólicos de grande porte tem sim engrenagens multiplicadoras. 

    Na verdade são caixas de marcha automáticas. 

    Eles tem tanto ajustes nos ângulos das pás, como tem as marchas. 

    A combinação destes ajustes faz com que o gerador lá dentro fique girando em velocidade constante de 1800 RPM. 

     

    Mas é de se imaginar que uma hélice cuja uma só pá tem de 45 metros a 50 metros faça surgir força bruta lá no eixo. Ainda mais as três delas ao mesmo tempo e em ventos de 12 metros por segundo como as que estão instaladas no Piauí.

     

    Só para você ter uma ideia, este elevador tem 70 metros de altura: 

    O aerogerador de grande porte tem 3 pás quase deste tamanho. 20 metros a menos. 

    image.png.6317cbabdf103eba1f020f1d3f730a2e.png

     

    Veja alguns dos ajustes que os de grande porte tem:

     https://www.youtube.com/watch?v=qSWm_nprfqE&t=37s

     

     

     

    Este gerador eólico aí do mercado livre precisa de ventos de 14 metros por segundo para alcançar os 450 watts. Eu vi lá no site do fabricante.

    Muito provavelmente atinja os 450 watts naquela rotação de 2000 a 2500 RPM, onde o peso no eixo fica menor que 50 quilos para potências desta ordem.

     

    No Piauí que é um dos lugares que mais venta no brasil, você consegue ventos de até 12 metros por segundo. Já é considerado ventos fortes. 

    Veja no anúncio que vendeu 68 unidades daquele gerador. 

    Observe também o preço:D

    Devido a raridade dos ventos fortes, acredito que muito mais da metade daquele pessoal que comprou o gerador, não está conseguindo gerar nem 30 watts:tw_bawling:.

    Por este preço painel solar seria bem mais eficiente. Pelo menos nos locais de poucos ventos.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Esta simulação abaixo está mais próxima da realidade do gerador lá do mercado livre: 

    image.thumb.png.01c84d35baad7679fac578a3beda661b.pnghttps://produto.mercadolivre.com.br/MLB-726257694-aerogeradoreolicoistabreeze-12v-ou-24v-500w-regulador-_JM

     

    adicionado 3 minutos depois

    Inclusive o diâmetro total de 1.03 metros que tem lá nos dados técnicos, batem que o tamanho das pás geradas na simulação.

    Pás de 51 centímetros. 

    Dá poucas variações. Mas está próximo do real. 

    450 watts a 2500 RPM em ventos incríveis de 14 metros por segundo. 

     

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Crie uma conta ou entre para comentar

    Você precisar ser um membro para fazer um comentário






    Sobre o Clube do Hardware

    No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

    Direitos autorais

    Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

    ×