Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Entre para seguir isso  
Flavia Dutra

Boletim 1.655 – 10/11/2017

Recommended Posts

Boletim 1.655 – 10/11/2017
Boletim 1.655 – 10/11/2017
Editado por Flavia Dutra
Enviado para
Proibido Copiar ou Republicar


Chegou: curso online de redes TCP/IP, com Gabriel Torres

Acabamos de colocar no ar o curso online "Redes TCP/IP", com Gabriel Torres. Usuários do Clube do Hardware têm um desconto exclusivo, pagando R$ 150 em vez de R$ 300. Para isso, basta usar o cupom "CLUBEDOHARDWARE". Confira e esperamos ter você como aluno!

O link abaixo já traz o cupom aplicado:

https://www.udemy.com/redes-tcpip/?couponCode=CLUBEDOHARDWARE

 

[Informe publicitário, texto de responsabilidade do anunciante]

 

Artigos da semana

 

Placa-mãe ASRock Fatal1ty Z370 Professional Gaming i7

Placa-mãe ASUS PRIME Z370-A

Tabela comparativa de preços AMD vs. Intel - novembro/2017

Tabela comparativa de preços AMD vs. NVIDIA - novembro/2017

Qual o melhor processador para jogos - novembro/2017

 

Brasileiros criam rede social que desconecta as pessoas após um mês

 

Os brasileiros Rogério Simões e Eduardo Malpeli criaram a nova rede social Unnon (referente a desconhecido, em inglês), que conecta pessoas por um mês e depois apaga todas as mensagens entre elas.

 

Na rede social, os usuários se conhecem em uma tela na qual os perfis aparecem aleatoriamente ou por filtros de localização. A seguir, as pessoas se conectam ou dão “bump”, interagem por 30 dias e depois desse período o sistema desfaz a conexão e o algoritmo se encarrega de não repetir o encontro. Além disso, não existe privacidade nas postagens e nas conversas privadas, porém nessas mensagens pessoais outros usuários não podem interagir.  

 

Segundo Simões, os dados são armazenados por questões legais, desaparecendo apenas para o olhar do usuário.

 

O idealizador comentou ainda que o intuito da Unnon é combater as bolhas sociais ou câmeras de eco, um ambiente em que o usuário só interage com pessoas semelhantes a ele.

 

A Unnon já está disponível na Apple Store em fase beta, com previsão de disponibilidade em 2018 para os sistemas operacionais Android e Windows.

 

O projeto da Unnon surgiu em junho de 2015, durante uma pesquisa do jornalista Rogério Simões para o título de mestre em mídias sociais na Universidade de Westminster, em Londres. O desenvolvedor Eduardo Malpeli foi convidado para produzir a rede direto de São Paulo.

 

Os criadores da Unnon iniciaram em 2016 a primeira rodada de investimentos com empresas brasileiras e planejam outra após o lançamento oficial da rede social, em Lisboa, na segunda quinzena deste mês.

 

Empresa israelense processa Apple por violação de patentes

 

A empresa israelense Corephotonics entrou com uma ação judicial contra a Apple, alegando infração de suas patentes na tecnologia presente nas câmeras duplas dos iPhones 7 Plus e 8 Plus.

 

Conforme o processo, a Apple violou quatro patentes: duas referentes à montagem de minitelefoto, uma no zoom das câmeras duplas e outra no sistema de imagem de alta resolução.   

 

David Mendlovic, presidente da Corephotonics, disse que o negociador da Apple recusou a parceria com sua empresa, mostrando desprezo pelas patentes. Segundo Mendlovic, a Apple comentou ainda que caso as patentes fossem infringidas, levaria anos e milhões de dólares em litígio antes de qualquer pagamento.   

 

O processo está a cargo do escritório Quinn Emanuel Urquhart & Sullivan, o mesmo que conduziu o processo movido pela Samsung contra a Apple envolvendo violação de patentes. Os advogados solicitam compensação financeira e a imediata suspensão do uso das câmeras duplas.  

 

A Apple não comentou sobre o assunto, mas informações de fontes ligadas ao assunto afirmaram que a empresa usa patentes próprias nas câmeras embutidas dos smartphones.

 

A Corephotinics, fundada em 2012, tem sede em Tel Aviv e conta com investidores como a Samsung Ventures, a Foxconn, a MediaTek e a SanDisk.

 

Vendas de tablets diminuem 5,4% no terceiro trimestre de 2017

 

Pesquisa realizada pela consultoria IDC (International Data Corporation) mostrou que o mercado mundial de tablets retraiu 5,4% no terceiro trimestre de 2017, o 12º trimestre consecutivo de queda.

 

No terceiro trimestre deste ano foram vendidos 40 milhões de tablets, enquanto no mesmo período do ano passado foram comercializados 42,3 milhões de unidades.

 

Entre os fabricantes de tablets, a Apple vendeu no trimestre citado 10,3 milhões de unidades e obteve crescimento de 11,4% nas vendas anuais. Os tablets da Samsung caíram 7,9% no ano e foram vendidos seis milhões de dispositivos no terceiro trimestre. Em seguida, estão a Amazon, com 4,4 milhões de tablets vendidos, a Huawei, com três milhões e a Lenovo, também com três milhões. Essas marcas atingiram crescimento anual de 38,7%, 18,8% e 8,9%, respectivamente.    

 

Com isso, a Apple tem 25,8% de participação no mercado; a Samsung, 15%; a Amazon possui 10,9%; a Huawei, 7,5%; e a Lenovo, 7,4%.

 

Segundo a IDC, as demais marcas venderam 13,3 milhões de tablets no terceiro trimestre, ocupam 33,3% do mercado e suas vendas caíram 26,3% em relação a 2016.

 

Tencent, dona do WeChat, adquire 12% de participação na Snap, criadora do Snapchat

 

A chinesa Tencent, proprietária do aplicativo móvel WeChat, revelou a compra de 12% da participação na Snap, empresa dona do Snapchat.

 

O anúncio foi feito após o resultado trimestral da Snap, que registrou prejuízo líquido de US$ 443,2 milhões, contra perda de US$ 124,2 milhões no mesmo período de 2016.

 

Segundo o presidente-executivo da Snap, Evan Spiegel, os cofundadores detêm cerca de 95% do capital volante da empresa e a participação da Tecent não dá direito a voto. Além disso, Spiegel comentou que a empresa está em período de reformulação para obter ganhos a longo prazo.  

 

Atualmente, o Snapchat tem 178 milhões de usuários ativos diariamente, decepcionando a estimativa de 181,8 milhões, prevista pela empresa de pesquisa FacSet.

 

A Tencent já havia investido na Snap em 2013 através de uma afiliada e possui 5% da fabricante de automóveis elétricos Tesla, além de quotas nas companhias de serviços de viagem Lyft e na de realidade virtual Magic Leap.  

 

Nikon encerra comércio online no Brasil

 

A fabricante japonesa Nikon anunciou que encerrará as vendas de câmeras, lentes e acessórios fotográficos no Brasil, fechando sua loja online no dia 31 de dezembro de 2017.

 

De acordo com comunicado da empresa, a medida faz parte de uma reestruturação nos setores de pesquisa e desenvolvimento, vendas e fabricação em escala mundial.

 

Entretanto, os produtos comprados no varejo ou na Nikon Store até dezembro continuarão cobertos pelas garantias. Os dispositivos fora do prazo de garantia deverão ser encaminhados para a assistência técnica, que continuará funcionando no país.

 

Estimativas indicam que os produtos Nikon continuem sendo encontrados no Brasil em 2018, porém através de terceiros ou importação.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Entre para seguir isso  





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×