• Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   13-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware,

      Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:
        Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas ao formulário abaixo:    Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Entre para seguir isso  
Seguidores 0
OFAJ

Oracle leva a PeopleSoft

1 post neste tópico

Economia - O ESTADO DE S. PAULO - Terça-feira, 14 de Dezembro de 2004.

Após longa negociação, Oracle leva a PeopleSoft

Transação de US$ 10,3 bilhões aumenta a disputa na área de programas para empresas

Reuters e AFP

NOVA YORK - Depois de uma verdadeira batalha que durou 18 meses, a fabricante de programas Oracle acertou ontem a compra da concorrente PeopleSoft, em uma transação de US$ 10,3 bilhões. A batalha pelo controle acionário da empresa foi marcada por insultos pessoais, disputas judiciais e até a derrubada de Craig Conway, ex-presidente-executivo da PeopleSoft - a segunda maior empresa do mundo no segmento de software de gestão empresarial, mercado liderado pela alemã SAP.

A oferta da Oracle, US$ 26,50 por ação, foi aprovada pelos conselhos de ambas as empresas, apenas três semanas depois de a PeopleSoft ter voltado a rejeitar a proposta, a despeito de a maioria de seus acionistas ter expresso apoio à aquisição. O preço superou a oferta anterior da Oracle, de US$ 24 por ação que, segundo os executivos da empresa, era a proposta final.

Eugene Walton, da Walton Holdings, uma empresa independente de pesquisa sobre ações de tecnologia, disse que a fusão das empresas representa um sinal em relação à consolidação no setor de software. "Acredito que o acordo diz a todos os demais participantes do setor de software que o crescimento da indústria será zero", disse. "Agora a Oracle nos apontou para o plano de jogo, no que tange à consolidação. Se eles conseguiram adquirir a PeopleSoft dessa forma, não há regras no setor. Nenhuma empresa de software será capaz de se proteger contra uma aquisição."

A transação, que deve ser concluída no começo de janeiro, foi anunciada no mesmo dia em que Oracle e PeopleSoft deveriam comparecer a uma audiência judicial nos Estados Unidos. O encontro havia sido marcado para a Oracle contestar o plano de direito dos acionistas adotado pela PeopleSoft para se proteger contra a tomada de controle da rival. O plano era a última barreira contra a fusão das empresas, porque tornava a aquisição demasiadamente cara para a Oracle.

A Oracle, chefiada pelo presidente-executivo Larry Ellison, lançou sua oferta de aquisição da PeopleSoft em junho de 2003. Na época, a proposta era um pagamento de US$ 16 por ação, o que daria um valor total de US$ 5,1 bilhões à compra.

Ellison afirmou ontem esperar "reduções de bom tamanho" em custos com vendas e marketing após a fusão. Ele não comentou a possibilidade de redução de empregos, mas afirmou esperar "manter os melhores vendedores da PeopleSoft". O executivo disse ainda que os investimentos em pesquisa e desenvolvimento da companhia combinada serão reduzidos em US$ 150 milhões, para US$ 200 milhões.

No comunicado de compra, a Oracle disse aos clientes da Peoplesoft e da JD Edwards (companhia adquirida recentemente pela Peoplesoft) que continuará assegurando o apoio técnico para os produtos das duas empresas, e vai ainda desenvolver novas versões desses programas.

A Oracle foi fundada por Larry Ellison em 1977. Apaixonado por esportes náuticos e aviação, o empresário possui a décima fortuna dos Estados Unidos - avaliada em US$ 13,7 bilhões, segundo a revista Forbes. A companhia emprega cerca de 42 mil pessoas, e registrou no exercício fiscal 2003/2004 uma receita de US$ 10,16 bilhões e um lucro líquido de US$ 2,68 bilhões.

Já a Peoplesoft foi fundada em 1987 por David Duffield e Ken Morris. Emprega atualmente cerca de 12 mil pessoas. No ano passado, registrou uma receita de US$ 2,27 bilhões, com um lucro líquido de US$ 85 milhões.

* Noticia supra é fiel à íntegra publicada no jornal, com nome da Fonte, Autor Original e Link para acesso ao veículo inseridos no corpo do tópico.

ABS.,

ATT., :joia:

OFAJ.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0