• Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   13-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware,

      Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:
        Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas ao formulário abaixo:    Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Entre para seguir isso  
Seguidores 0
OFAJ

"Windows on Wheels" ou "Windows sobre Rodas"

2 posts neste tópico

Economia - O ESTADO DE S. PAULO - Quarta-feira, 15 de Dezembro de 2004.

Microsoft dá sua versão sobre entretenimento

No 'Windows on Wheels', a líder em sistemas operacionais mostra como acha que deve ser a diversão

Robert Weisman

The Boston Globe

CAMBRIDGE - A exposição itinerante "Windows on Wheels" (Windows sobre Rodas), estacionada diante do palácio da eletrônica Micro Center, na Memorial Drive, está congestionada de precavidos compradores natalinos que verificam a iluminada visão da Microsoft sobre o futuro do entretenimento.

Eles estão percorrendo um trailer de 4 metros, equipado com tapete, tigelas de frutas plásticas e uma ampla variedade de laptops, telefones celulares e outros dispositivos de mão. Alguns fazem fila para acionar um controle remoto que anima telas de televisão gigantescas e planas numa sala de estar e cozinha de demonstração.

O controle remoto lhes permite descarregar e armazenar fotos, música, vídeos, filmes, transmissões radiofônicas e programas de televisão, tudo em formato digital com interfaces com um Windows, e acessíveis também em dispositivos móveis menores.

Ao centro desse extravagante espetáculo multimídia está um lustroso computador preto - um computador pessoal Windows XP Media Center construído pela Hewlett-Packard Development, mas acionado pelo onipresente sistema operacional da Microsoft. Ele controla a ação na tela Panasonic de 50 polegadas na sala de estar e, por meio de uma "extensão" de caixa decodificadora, uma tela na cozinha. Num terceiro recinto, mobiliado como um escritório, uma outra tela multimídia funciona com um console de jogo de videogame Xbox, que serve como uma segunda extensão.

"Isto é ter entretenimento digital em qualquer lugar, onde você quiser, quando quiser", disse Pamala Quinn, a gerente da turnê do "Windows on Wheels". "Você pode jogar fora seus CDs e DVDs porque tudo pode ser armazenado num computador pessoal. No futuro, tudo vai ser digital. E você pode ter na sua casa ou levar aonde for num dispositivo portátil chamado Portable Media Center (Centro de Mídia Portátil). A diretoria da Microsoft tem promovido este conceito nos últimos dois anos juntamente com uma série de fabricantes de PCs, e eles agora estão aumentando o marketing.

Mesmo assim, a exposição despertou reações contraditórias nos consumidores que visitavam a "Windows on Wheels", ao percorrerem a área no início da temporada de compras para as festas de fim de ano. "É cedo demais", disse Erez Leshem, um consultor empresarial de Somerville que acha que o entretenimento baseado em computador acabará ganhando impulso. "O que vou fazer é esperar um ano. Não sou de adotar novidades de cara".

"A ideia é ótima, mas ainda tem suas arestas", disse Jonathan Birge, um aluno de graduação de MIT de Cambridge que clicou numa seleção de transmissões da MSN Radio. "E o fato de ser Microsoft me irrita. Eles já estão escolhendo as coisas para você."

Embora alguns consumidores já estejam usando computadores pessoais para ver vídeo e muitos estejam adotando o mantra "qualquer coisa, a qualquer momento, em qualquer lugar", a visão de entretenimento centrado no computador da Microsoft não é de jeito nenhum uma aposta segura.

* Noticia supra é fiel à íntegra publicada no jornal, com nome da Fonte, Autor Original e Link para acesso ao veículo inseridos no corpo do tópico.

ABS.,

ATT., :joia:

OFAJ.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0