• Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   13-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware,

      Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:
        Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas ao formulário abaixo:    Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Entre para seguir isso  
Seguidores 0
OFAJ

Adolescente cria Firefox e desafia a Microsoft

1 post neste tópico

%7Boption%7Dhttp://img35.exs.cx/img35/1533/ffherunterladensm7wc.gif' border='0' alt='' />

Economia - O ESTADO DE S. PAULO - Quinta-feira, 6 de Janeiro de 2005 .

Adolescente cria Firefox e desafia a Microsoft

Navegador é mais rápido e versátil, com melhor proteção contra vírus, garantem analistas

David Adams

The Times

LONDRES - Um jovem de Miami está vivendo a glória de ajudar a criar, aos 17 anos, um novo navegador na internet que agora está desafiando o controle da Microsoft, detentora de um monopólio virtual sobre a navegação na rede mundial de computadores. Analistas de computação dizem que o navegador de Blake Ross, chamado Firefox, é um programa mais rápido e mais versátil, que oferece também melhor proteção contra vírus e publicidade indesejada.

Não só isso, o sistema é oferecido gratuitamente pela internet e seus códigos e tecnologia são todos acessíveis como um programa de "fonte aberta". O Firefox já foi baixado por cerca de 15 milhões de usuários desde seu lançamento em novembro, tornando-se o segundo navegador mais popular do mundo.

Especialistas do setor apelidaram o novo software de "o pior pesadelo da Microsoft", segundo a revista de tecnologia Business 2.0. A indústria saudou Ross, agora com 19 anos, como um prodígio do software. Ele é também um pianista talentoso e um "redator de criação inacreditável", segundo sua mãe. "Qualquer coisa que faça, ele faz bem", disse ela.

Com sete anos, Ross ficou aficionado de um popular jogo de computador denominado SimCity, projetando e fazendo o orçamento da sua própria cidade virtual. Aos dez, criou seu próprio site na Web.

Mais tarde, criou seus próprios aplicativos de computador e jogos de texto online. Logo, estava informando aos fabricantes os defeitos nos programas.

Aos 14 anos, foi-lhe oferecido um estágio na Netscape no Vale do Silício. Sua mãe o levou de carro para a Califórnia durante três verões seguidos. Na Netscape, Ross foi apresentado à Mozilla Foundation, uma organização sem fins lucrativos que promove "escolhas e inovação na Web".

A Mozilla já estava tentando desenvolver um navegador alternativo de fonte aberta ao Explorer da Microsoft, que muitos analistas achavam que tinha ficado canhestro e ultrapassado. Ross e seu amigo David Hyatt começaram a trabalhar num navegador menor, voltado para o usuário. O que começou como projeto experimental transformou-se no Firefox.

Ross se apressa a ressaltar que foi um entre outros de uma grande equipe da Mozilla que trabalhou no projeto por cinco anos. "É um grande esforço voluntário", disse. Na realidade, a dupla saiu antes que o trabalho estivesse concluído, mas a Mozilla credita a revolução a eles. Depois que saiu para ingressar na universidade, Ross continuou a ser um "contribuinte significativo", segundo a Mozilla.

A tarefa consistiu em jogar fora todos os velhos códigos e reescrever o sistema inteiro de forma que suportasse todos os sites da web. Embora o Firefox ainda esteja muito longe de rivalizar com a Microsoft, parece estar chegando lá. O Firefox tem recebido críticas maravilhadas de analistas. Recentemente, cerca de 10 mil fãs do Firefox levantaram US$ 250 mil para publicar um anúncio de página dupla no The New York Times.

Entidades também estão interessadas. Em dezembro, o Departamento de Tecnologia da Informação da Universidade Estadual da Pensilvânia enviou um memorando à diretoria da universidade recomendando que todos os funcionários, professores e alunos (100 mil pessoas) passem a usar o Firefox.

* Noticia supra é fiel à íntegra publicada no jornal, com nome da Fonte, Autor Original e Link para acesso ao veículo inseridos no corpo do tópico.

ABS.,

ATT., :joia:

OFAJ.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0