• Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   13-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware,

      Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:
        Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas ao formulário abaixo:    Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Entre para seguir isso  
Seguidores 0
OFAJ

Ligações pela Web na área Corporativa.

1 post neste tópico

Economia - O ESTADO DE S. PAULO - Segunda-feira, 10 de Janeiro de 2005.

Ligações pela web já são bem aceitas pelas empresas

Renato Cruz

Quase dois terços das grandes empresas usarão a tecnologia de voz sobre protocolo de internet (IP, na sigla em inglês) nas suas ligações até o fim de 2005, de acordo com uma pesquisa mundial da Deloitte. "O principal motivo é a redução de custos", disse o gerente sênior de Consultoria Empresarial, Ivar Berntz. Foram ouvidas 131 companhias, que estão entre as 2 mil maiores do mundo.

Existem pelo menos três níveis de uso da voz sobre IP: na ligação entre pontos de presença distintos, até a mesa do usuário e na telefonia pública, como serviço. A adoção encontra-se mais avançada na ligação entre escritórios em localidades distintas, o que reduz os gastos com a telefonia de longa distância. Com a solução de voz sobre internet, as redes de dados e de voz das empresas passam a ser uma só, o que simplifica a manutenção e o suporte e torna mais eficiente o aproveitamento dos recursos de rede.

A telefonia via internet também permite novas aplicações. O número de telefone passa a ser atrelado a um endereço de rede, o que faz com que ele se torne portátil. Em qualquer lugar do mundo onde haja um acesso de internet rápida, a pessoa passa a ser capaz de plugar seu telefone e usá-lo como se estivesse em sua mesa, no escritório. "Na Europa, já é comum o atendente de call center trabalhar em sua própria casa", apontou Berntz.

O gerente da Deloitte não vê a telefonia sobre internet como uma ameaça às operadoras, mas reconhece que a nova tecnologia impõe uma mudança cultural. "Ela leva à mudança no perfil de receita deles", disse. O tráfego passa da rede de voz para a rede de dados, onde são transportadas as chamadas de voz sobre IP.

A convergência de voz e dados cria uma competição interessante pelo mercado corporativo. As fornecedoras tradicionais de equipamentos de telecomunicações - como Siemens, Ericsson, Lucent, Alcatel e Nortel - tornam-se cada vez mais prestadoras de serviço, e recebem competição de fornecedoras que tiveram origem no mundo de dados - como a Cisco e a Juniper. Ao mesmo tempo, as operadoras também mostram interesse em atuar neste mercado. Em outubro, a Telefônica Empresas anunciou um acordo com a Cisco para administrar a infra-estrutura de voz sobre IP de seus clientes.

A pesquisa da Deloitte mostrou que 26% das empresas já usam voz sobre internet, 14% estão implementando a tecnologia e 28% a estão avaliando. Do total, 8% desistiram de usar, após avaliação, e 2% abandonaram seu uso, depois de implementar.

Berntz destacou que, quem planeja migrar, deve tomar alguns cuidados. Em primeiro lugar, buscar referências sobre o sistema. Em segundo, melhorar a qualidade da rede interna. Em terceiro, verificar se os equipamentos funcionam uns com os outros. Em quarto, escolher fornecedores com experiência e recursos para resolver problemas. Em quinto, usar o serviço de terceiros para ligações externas. Por último, testar muito, treinar bastante o pessoal e implementar o sistema em etapas.

* Noticia supra é fiel à íntegra publicada no jornal, com nome da Fonte, Autor Original e Link para acesso ao veículo inseridos no corpo do tópico.

OFAJ

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0