• Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   13-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware,

      Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:
        Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas ao formulário abaixo:    Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Entre para seguir isso  
Seguidores 0
U.a.G_OzzY

Matéria completa sobre Cooler de Nitrogênio.

11 posts neste tópico

Olá meus caros,

aqui vamos tratar dos coolers de nitrogênio, matéria completa, feita por mim, e uma tradução completa do teste feito pelo tom hardware guide(THG), que apenas alguns conhecem no momento, vou aprender definições, usos e alguns objetos para os Coolers de Nitrogênio. Vamos embarcar nessa.

Clique aqui pra visitar o endereço oficial, em inglês

O que é Nitrogênio Líquido?

O nitrogênio líquido ou "gás frio" pode, a baixo custo, diminuir a temperatura de reação nos processos, controlando também a faixa de temperatura onde são geradas determinadas reações. Ao mesmo tempo, o nitrogênio é muito mais adequado para os resfriamentos rápidos, sendo também muito útil nos processos que são muito sensíveis à temperatura.

O Nitrogênio líquido possibilita a condensação criogênica dos compostos orgânicos voláteis, permitindo a reciclagem dos mesmos sem transferência de poluição ao meio ambiente.

Onde conseguir?

http://www.fiz.unb.br/CRIOGENIA.htm

Instituto de Física da UnB comercializa excedente de Nitrogênio Líquido, com emissão de fatura

Preço: R$ 0,75 por litro

Cliente: público e privado

Local do fornecimento: Instituto de Física, Campus Universitário

ICC Centro (prédio Minhocão)

Sala BSS-326

Telefones para contacto: (xx61) 307-2900 – ramais 266, 282, 241, 211

Fax: 307-2363

e-mail: fisica@fiz.unb.br

Porque não deve-se brincar com isso?

É muito preucupante e crítico o uso de nitrogênio líquido, ele é tão forte, que é capaz de congelar aço ao ponto de fazer ele se estilhaçar como vidro. E pessoas que passam muito tempo ao lado desses ambientes, acabam por congelar membros do corpo, e a medicina atual não possue métodos de descongelamentos e reanimamento de membros, sendo a única solução a amputação do membro congelado.E é absolutamente recomendado que não existam essas experiências por parte de pessoas normais, em casa, sem qualquer tipo de proteção. Se ele congela aço, imagina seu corpo, caso haja um acidente com algumas das peças? Não brinquem com Nitrogênio Líquido (N²).

E saibam: " A queimadura gelada é mais perigosa do que a quente pois pode impedir a circulação sangüínea no local".

-------

Agora que já introduzi algumas coisas, vamos para a tradução do completo tutorial, com direito a vídeo do super resfriamento de N².

-------

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Projeto 5ghz, resfriamento por nitrogênio by: Tom´s Hardware Guide

comentário: caso alguma imagem não aparecer, e no lugar surgir um logo do THG, apenas atualize, apertar f5, grato

Clique para ver o logo da experiência

Faltando algumas semanas para o natal, nós do THG resolvemos dar algo de presente para os nossos fiéis leitores. Nossa breve seção conduziu rapidamente a overclock extremo. E assim começamos nosso trabalho complexo que exigiu alto planejamento e coordenação. O título que demos para nosso esforço: O projeto 5 GHz.

Abaixo é o que nossa instalação para o 5ghz usou: um compressor que refrigera o chipset e o nitrogênio líquido que refrigera o processador central.

Veja foto Clicando Aqui

Dissipação de calor extrema:1600 Quilowatts(KW) por metro quadrado

Nada produz tanta dissipação de calor por metro quadrado quanto um processador moderno. Não há certamente nada na vida diária a comparar-se. Na caixa de nosso Pentium 4 de Intel (a versão de 3,2 ghz em nosso exemplo), cuja a superfície do dado compreende 112 milímetros quadrados, a dissipação de calor é até 84 watts na carga máxima. No inglês liso: 84 watts em uma superfície de 1,12 centimetros quadrados - o tamanho de um fingertip! Extrapolado aos metros quadrados que fazem 840.000 watts ou 840 quilowatts. Como um ponto da comparação: um ferro bom da casa tem uma saída de calor máxima de 2.000 watts e emite-se este sobre uma superfície de approx. 200 centimetros quadrados. Isso adiciona até 10 watts por o centimero quadrado. Nosso P4 3,2ghZ irradiou mais de oito vezes essa saída térmica.

A dissipação de calor levanta-se exponencial durante overclocking extremo no passado onde nós gravamos aproximadamente 135 watts usando o compressor da Microplaqueta-con em 4,1 ghz. Usar nosso nitrogênio que refrigera para quebrar a barreira de 5 gigahertz produziria a dissipação de calor de até 180 watts emissores de uma área de superfície do dado de 1,12 centimetros quadrados. Aplicado a nosso exemplo que significa 1.600.000 watts, a 1.600 quilowatts ou 1,6 MW por metro quadrado. Nesse ponto fica claro como é importante a refrigeração do processador. Mas com meios simples não há nenhuma maneira em torno do problema. Comparado a nossos testes de overclocking extremos passados, as exigências em refrigerar processador central levantaram-se enormemente.

Nosso vídeo novo, numera 11 na série, tem mais de uma natureza teórica. Mostra como, ajustando o FSB, o clock rate de um Pentium 4 selecionado é levantada gradualmente para alcançar um valor record de 5.255 megahertz. O tempo inteiro, o sistema tem que ser coberto com nitrogênio líquido.

Veja foto Clicando Aqui

Video 11 para download: 5.25 GHz com um P4 3.2ghz, continuação

Quando o primeiro vídeo de THG demonstrou controversia nos problemas da sobrecarga com o AMD AthlonXP/MP e causou uma tempestade na indústria, o segundo vídeo era uma guia curto e fácil a mostrar o potencial de overclocking quase intocado de cada AthlonXP/MP. O terceiro vídeo tratou do water-cooling poderoso instalando em um PC. Somente os componentes first-rate foram usados que representaram um investimento para os próximos anos. O número video quatro showcased IDF 2002 de Intel quando o número cinco veio aos apertos com o P4's HyperThreading. Para ele, nós colocamos um P4 com 3,6 gigahertz (sem HT) contra um P4 3,06 gigahertz com HT.

O sexto vídeo introduziu um sistema de 4,1 gigahertz e provou seu potencial. Então era um dos sistemas mais rápidos do mundo. O vídeo 7 mostrou os destaques de IDF 2003. O vídeo 8 segurou a instalação e o conjunto de um sistema refrigerando do compressor para overclocking extremo ao manter a operação estável. As temperaturas de -52°C na cabeça do processador central que podem ser conseguidas. Uma outro vídeo (o nº 9) tratou dos destaques de IDF 2003 - detalhes no Pentium 4 com núcleo de Prescott. O décimo vídeo focalizou no Athlon64/64FX: Como rápido é o processador central de encontro a seu rival de Intel? Há algum movimento no problema da sobrecarga?

Agora chegamos ao Vídeo 11, faça o download aqui.

Server 1:

http://www12.tomshardware.com/images/thg_video_11_5ghz.zip

Server 2:

http://www.de.tomshardware.com/images/thg_video_11_5ghz.zip

Informações técnicas do Vídeo 11:

Resolução de Vìdeo: 540 x 432 @ 25 fps

Ratio do Aspecto: 4:3

Profundidade da cor: 16 Bit

Sinal estério de Áudio:, 16 Bit, 48 KHz

Rating de dados de áudio: 128 KBit/s (16 KByte/s)

Rating de dados de vídeo: 780 KBit/s (97 KByte/s)

Rating de dados: 908 KBit/s (113 KByte/s)

Compressão de Vídeo: MPEG-4 DivX, 5.1.1 Pro Codec, 2 Pass, Bidirectional Encoding

Compressão de Áudio: MPEG-1 Layer 3 (MP3)

Cor: YUV

Duração: 3:36 Minutes

Tamanho do Arquivo: 23 MB

Para rodar o vídeo você precisa de Divx, entre em www.divx.com ou baixe http://download.divx.com/divx/DivX511Bundle.exe

Precisa ter um processador razuavelmente bom, e este programa.

Cabeça do Cooler e Tubulação : A finalidade da constituição em cobre

Não estava ácil de construir uma cabeça refrigerando o processador central que combinasse nossas idéias. A experiência feita sobre as últimas semanas mostrou que somente algumas firmas podem trabalhar o cobre contínuo com solta dura ára elas terem a precisão elevada. Finalmente a cabeça tem que suportar temperaturas até de -196°C, quanto ao processador, por sua parte, aquecer sua base com dissipação elevada. Flutuações da temperatura, apesar de tudo, tensões da causa que poderiam rapidamente tampar a conexão. Na extremidade somente a firma de Basche Kupferarbeiten em Munich podia encontrar-se com nossas exigências e terminar com satisfação. Sr. Christian Sirl postou grande esforço em assegurar a cabeça do processador central que foi construído perfeitamente..

Foto da base do CPU Cooling Cooler Master Xeon Heat Sink com sólido copperplate:

Veja foto Clicando Aqui

Cabeça do Cooler e Tubulação : A finalidade da constituição em cobre, Continuação

O dissipador de calor do processador central dá forma a uma tubulação de cobre de parede fina com um copperplate sólido reparado a sua base. Este material serve perfeitamente à tarefa e vem de um dissipador de calor Xeon de um Cooler master que nós desmontamos. Nós consideramos um grande número de alternativas, nenhuma provou ser viável.

Foto da base do CPU Cooling Cooler Master Xeon Heat Sink com sólido copperplate:

clique aqui

Foto do copperplate sólido da base:

Clique aqui

Foto do tubo de cobre para o N²:

Clique aqui

Agora perceba numa foto mais detalhada a parede fina, para have menos perda:

Clique aqui

Cabeça do Cooler e Tubulação : A finalidade da constituição em cobre, Continuação 2

Aí está o material:

Veja foto clicando aqui

Agora tudo que falta para iniciarmos, é polir acima da base para obtermos melhor transferência de calor.

Visão de baixo do material:

Clique aqui

O papel abrasivo fino produziu finalmente o efeito desejado - a superfície de contato ao processador é lisa o bastante:

Material usado pra polir:

Clique aqui

Finalmente, polida:

Clique aqui

Pronto, está ai a cabeça fixada nos grampos de retenção convencionais(retaing clips):

Clique aqui para ver a foto

Isolante pra conter o acúmulo da comdensação

Sem isolante adequado, a condensação construiria-se rapidamente acima na tubulação de cobre. Nós desenvolvemos conseqüentemente um método fácil e eficaz de isolação. As seguintes imagens fornecem um preview.

Veja foto

Veja foto

Veja foto

Recessos para o CPU

Veja foto

Adicionada fitas isolantes

Veja foto

Finalmente, quase tudo pronto.

Por fora isolante, e por dentro cabeça de cobre, e na base, um heat sink cooler master pra xeon, e a face de cima dessa base, foi polida.

100 Ampères no Regulador de Switching: Modificações para a Asus P4c800-E

De acordo com especificações de VRM [ módulo do regulador de tensão ], o regulador de tensão em uma placa mãe moderna é projetado para uma corrente de no máximo quase 90 ampères. Isso significa que as reservas suficientes de segurança estão disponíveis para a operação normal - mesmo ao funcionar o Pentium 4 3,2 EE (baseados no núcleo Prescott em Xeon de Intel) com dissipação de calor de 94 watts.

Em uma tensão do core de 1,525 volts significa 62 ampères saudáveis. Em nossa tentativa de overclocking extremo sobre 5 ghz, a dissipação de calor levanta-se momentaneamente a até 180 watts - em uma tensão do core do CPU de 1,88 volts. Na prática significa que o regulador de tensão está sujeitado a 96 ampères. Para ilustrar as tensões enormes que carregam para baixo no regulador em uma placa mãe extremamente sobrecarregado, considere que a fonte dos canos principais em um repouso single-family está projetada geralmente para apenas sob 80 ampères - em 230 volts.

Confira fotos:

Um glance no regulador de tensão em uma Asus P4c800-e normal:

Clique aqui

Um glance no regulador de tensão em uma Asus P4c800-e modificada:

Clique aqui

Visão frontal com características padrões:

Clique aqui

Visão frontal modificada:

Clique aqui

Asus fez outras mudanças ao socket do CPU. As seguintes imagens mostram as diferenças entre um P4c800-e regular e nossa placa mãe convertida para tweaking extremo.

Soquete do CPU na Asus de série P4c800-e:

Clique aqui

Soquete do CPU na Asus de série P4c800-e "tweaked'':

Clique aqui

Base pro CPU socket reforçada:

Clique aqui

Precondicionando: duplo cooler de Northbridge e de CPU

Antes que nós começemos nossa tentativa de record, nós verificamos a capacidade do carregamento dos materiais e dos componentes individuais. Para fazer isso, nós colocamos a construção inteira do teste em um escudo de poliestireno e o instalamos.

Veja foto do CPU sendo refrigedo pelo CHip-con e a Northbridge pela Asetek

Clique aqui

Preparação para os primeiros testes:

Clique aqui

Para ver ela sem nitrogênio:

Clique aqui

Para ver ela com nitrogênio:

Clique aqui

Clique aqui para ver o transporte

Vejas informações no galão:

Clique aqui

Northbridge Cooling: Vapochill Compressor

Refrigeração da Northbridge: Compressor de vapochill

Nós estamos familiarizados com o refrigerador de Vapochill dos barebones no THG: é particularmente apropriado para aumentos moderados na velocidade do processador. Trabalha com um compressor um tanto menor - comparado a sua Chip-con rival (Nventiv) - mas tem também um consumo de potência mais baixo.

Veja a foto da preparação para o vapochill:

Clique aqui

Vapochill já fixado, a Vapochill é fixada ao Northbridge envolvida de laços de plástico:

Clique aqui

A unidade de refrigeração do Northbridge do processador central é fácil de achar-se nesta imagem. O fio esquerdo vai ao compressor e o direito à cabeça do cooler que carrega o nitrogênio líquido(vidar foto).

Veja foto:

Clique aqui

Plataforma de teste já está no laboratório, pronta.

Clique aqui para foto]

Clock Rate consiguido com o P4: 5.25 GHz a -196°C

Clique aqui para ver foto

A imagem acima mostra o resultado do overclocking extremo. Nós levantamos gradualmente a taxa de clock rate de FSB de 200 megahertz (padrão) para quase 310 megahertz. Os estrategistas de marketing da Intel não tiverem dúvida deste FSB1233.

Após a operação de uma hora, os cristais de gelo deram forma nos módulos em torno do dissipador de calor do CPU:

Clique aqui

As temperaturas na cabeça refrigerando são agora mais baixas do que -190°:

Clique aqui

Enchendo os containers durante o teste:

Foto1

Foto2

Alta velocidade: FSB a 330Mhz, Memória a 285 mhz(DDR500)

Um aspecto importante de overclocking é a relação entre o FSB e velocidade da memória. Como revelado em nossas experimentações sobre o último a poucas semanas, na operação síncrona (FSB e os clock rates da memória são idênticos), da memória DDR550 o alcance disponível agora tem um máximo de 285 megahertz. Desde que nós tivemos somente os processadores P4 com um multiplicador fixo (multiplier lock), era necessário levantar substancialmente a velocidade de FSB para conseguir uma clock rate além da marca de 5000 megahertz. P4 atuais CPUs funcionam em um padrão 200 megahertz. A fim conseguir uma clock rate de 5 gigahertz, nós necessitamos de uma velocidade do FSB de 294 megahertz.

Nota: Um multiplicador entre 2,0 e 17,0 foi permitido no processador central P4 selecionado com as melhores características. Isso significa que do outset a operação síncrona de FSB e de velocidade da memória não era uma opção. Adicionado a quais, não são nenhum módulo da memória no mercado que permite este tipo da clock rate. Ajustando a relação da velocidade a 3:2 (FSB à memória) nós podíamos operar os módulos do corsair (DDR550) em 5255 megahertz com 206 megahertz.

Clique aqui

Escasso. Nós fizemos com: Memória DDR550 do corsair.

Clique aqui

1 GB da memória (DDR550) para overclocking extremo

Clique aqui

Parte da fase preconditioning: Taxa de clock rate da FSB de 330 megahertz - e o sistema está estável!

Clique aqui

Conclusão: 5.25 GHz - O Nitrogênio líquido levou o P4 a um novo record de velocidade!!!

Nós ajustamos nossa elevação para boa vistas neste teste: a equipe de THG ajustou para fora em aperto ao menos 5 gigahertz do P4. No run-up nós testamos 10 P4 diferentes CPUs para seu potencial overclocking. Nós usamos também uma placa mãe painstakingly modificada da Asus (P4c800-e) que caracterizasse um regulador de tensão four-phase para permitir tensões extremas. O produto de série tem somente um regulador three-phase. Nada a perder, quase 90 ampères são possíveis na carga superior, de acordo com as especs. de VRM. Ao overclocking do CPU, nós gravamos uma corrente de 96 ampères, que se esticaram mesmo com o potencial do regulador de tensão modificado na Asus P4c800-e.

Finalmente, gradualmente aumentando a velocidade de FSB de 200 megahertz (ajuste da fábrica) a 309 megahertz, nós conseguimos uma velocidade record de 5255 megahertz. O multiplicador fixo causou problemas em todo o P4 CPUs que nós examinamos. Isso significou que do outset a operação síncrona do FSB e da velocidade da memória não era uma boa opção. Com tudo feito,nenhuma memória de DDR em torno daquela que usamos não pode ser operada em 309 megahertz. Em conseqüência do split de 3:2 (FSB à memória), nós podíamos reduzir a velocidade da memória a 206 megahertz. Isto significou que os módulos DDR550 do corsair dois teve bastante ar - previamente nós gravamos a clock rate possível máxima em 285 megahertz (modalidade CL3). Como um ponto da comparação: a operação síncrona em 285 megahertz resultaria em uma clock rate do CPU de 4875 megahertz - não bastante para nossas necessidades, meio distante. Isso disse, nós fomos forçados também para reconhecer que o desempenho da memória na modalidade assíncrona afundou perto ao redor 15 por cento de encontro à operação síncrona. Ele mostras justas que você não pode confiar apenas na clock rate do CPU pra procurar algo fora do seu sistema.

O time equipado com luvas e óculos especiais, além de roupas próprias.

Clique aqui para ver a equipe, 1

Clique aqui para ver a equipe, 2

Na full load, fazendo exame no cliente de uma dissipação de calor do processador central do máximo de apenas 175 watts, nós gravamos uma temperatura de approx. -190°C não centro do refrigerador do CPU. Uma contagem record que tenha ser batida ainda por um sistema de vapor. E uma outra observação para os ventiladores do extremo overclocking: nosso sistema de teste era absolutamente estável em clock rate de 4700 megahertz.

-----------

E é isso aí gente.

Tirado de Tom Hardware Guide wwwtomshardware.com

Créditos

Traduzido por: Giancarlo M Braga/Msn: uag_ozzy@hotmail.com

Alguns termos ficaram em inglês, mas quem entende vai saber o que é,algum erro de tradução e/ou adptação, deve ser colocado aí, mas fiz o melhor que pude, com dois tradutores, o contexto em inglês, o resultado aberto ao lado e ainda um dicionário na mesa.

Obrigado,

Não me responsabilizado por qualquer experiência que alguém queira repetir com N², é extremamente perigoso.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Topico muito bem elaborado.... mas quero ver quem se dispoe a usar um cooler de nitrogenio :rolleyes:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

isso que é noticia!

As fotos não tão aparecendo.. só aparece o logo o Tom's...

gostei mesmo!

parabéns!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tenta apertar f5(refresh).

E isso não é problema comigo, é com o servidor deles, será que não merecia ir pro rosca forum essa gafe sua não?

:)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Muito boa notícia. Se todos postassem notícias assim, esse fórum de notícias seria o melhor pra mim.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Fiquei totalmente impressionado com o vídeo, se vocês puderem, baixem o vídeo, é melhor do ler a matéria toda, o vídeo explica direitinho o processo.

O qu eu fiquei mais espantado foram as temperaturas atingidas (-196º) e as técnicas utilizadas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Com certeza, é de impressionar mesmo.

e eu vou ver se posto aqui, uma imagem de um brasileiro que fez isso, em casa, mas não foi expriencia, ele usa mesmo rss

falou

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Baxei o video! Muito bom, mostra os caras montando o esquema de refrigeração a Nitrogênio Liquido, overclockando, na BIOS e depois os termômetros.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Que beleza este típico!

li todo...

mas os links vou deixar pra amanhã...

falou!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0