• Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   13-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware,

      Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:
        Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas ao formulário abaixo:    Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Entre para seguir isso  
Seguidores 0
Diogo Baptista

Rede solidária

1 post neste tópico

SDS., :bye:

Inventos que vão mudar o mundo

(Notícia retirada da revista Galileu de Fevereiro de 2004)

Nota: É uma notícia antiga mas é interessante.

Rede solidária

A busca por vida em outros planetas ainda não rendeu frutos ao programa Seti (Busca de Inteligência Extraterrestre, em inglês). Mas uma ideia simples adotada pelos pesquisadores para otimizar seus recursos computacionais já é considerada hoje uma tecnologia tão ou mais impactante que a internet. Seu trunfo é transformar a máquina ociosa de uma rede em parte de um supercomputador, capaz de executar cálculos avançados em alta veloidade.

O Seti@Home cadastra voluntários que cedem a capacidade de processamento de seus micros, quando inativos, para processar sinais de seu radiotelescópio. Os usuários precisam apenas instalar um software, que não afeta o desempenho da máquina. O segredo? Essa técnica faz os PCs trabalharem em equipe, no melhor estilo ''a união faz a força''.

A computação em rede ( ou grid computing, como é mais conhecida) divide procedimentos complexos em pequenas tarefas e as distribui entre memórias improdutivas em um dado momento. ''Servidores que hoje funcionam isoladamente podem ser agrupados como se fosse um único computador'', diz a mattemática Elizabeth de Almeida Faria, consultora da Oracle do Brasil. ''Isso representa uma grande economia em estrutura de TI (Tecnologia deInformação).''

Entre os principais benefícios do grid estão a melohra de performance, facilidade de expansão do sistema, tolerância a falhas e a automação do gerenciamento de recursos (se há uma falha de hardware, por exemplo, o programa sabe como realocar o processo sem interrompê-lo).

Os grids já estão presentes na iniciativa privada e no meio cietífico - o Cern, maior laboratório de física de partículas da Europa, possui 10 mil cientistas trabalhando em rede atualmente. A ideia, porém, é que a tecnologiaseja um serviço público valioso, que permitirá a qualquer um acessar da própria casa, em poucos segundos, bancos de dados quilométricos. A rede integrará todo e qualquer computador do planeta, não necessariamente operados por humanos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0