Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Entre para seguir isso  
raftaro

OC em Athlon 64, é verdade isso ?

Recommended Posts

Eu estava lendo os tópicos sobre OC... e li isso aqui... e não consegui achar nenhum tópico mais especifico sobre isso... alguem me confirma... e diz o porque disso ?

"Over realmente diminui a vida util do processador? É que eu já vi tanta gente que fica permanentemente em over..

Não é o overclock que diminui a vida útil do processador, mas sim, o aumento de Vcore, quanto a isso, os Athlon 64 Venice são tão bons para overclock que não há necessidade para um aumento de Vcore, só se for para um over mais agressivo.

"

E outra coisa... qual a relação de uma boa placa mãe... e um bom overclock ?

Estou comprando uma MEI K8N Neo4-F... que não sei dizer em que tipo de placa mãe se encaixa... mas é uma baixo custo de 939... rola fazer oc ? To comprando um 939 +3200...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

amigo... não sou nenhum expert em OC, estou começando agora também... acabei de trocar de PC... estou com o PC da assinatura...

no entanto, olha só...

pelo que pude ler e entender, OC obviamente reduz de certa forma a vida útil do processador, por N fatores, tais como, ser forçado a trabalhar em uma velociade acima da velocidade padrão para aquela peça, as vezes é necessário sim o aumento na tensão e a tensão elétrica imposta no processador é maior, logo seu desgaste é maior também! claro! isso ão fatores obvios, é fisica! a grosso modo, ... se você trabalhar com a rotação de um carro, acima do limite estabelecido de fábrica, certamente as relações de diferencial, cabeçote, pistão, vão sofrer uma atritagem maior, consequentemente, um desgaste físico maior, no entanto quanto há um veículo o desgaste pode ser muito maior em relação há um componente eltronico como um processador.

Overclock gera um desgaste maior, no entanto possívelmente você vai trocar de processador antes devido a própria evolução das peças, muito antes de ser perceptível algum tipo de desgaste dessa monta. Claro, sempre mantendo o bom senso e os limites, não é só porque seu AMD64 3000+ Venice chega a 3.0Ghz é que você vai trabalhar com o sistema em full 23 horas por dia!

:chicote:

Bom sobre a placa mãe... bem... muita coisa pode ser dita..

Já ouvi certos relatos positivos sobre essa placa, aqui mesmo no forum, (não sei se ela possui PCI Lock, etc, se não tiver, não é uma boa aquisição para OC)

MSI é sempre uma boa fabricante, que utiliza material de ponta... isso também é fato, dai isso somente vai depender de quanto você tem pra gastar e seus objetivos reais com o PC...

Se seu objetivo for OC muito agressivo, coisa absurda mesmo, bruta! envista em uma DFI LanParty UT NF4 Ultra D ou SLI DR (pode ser a Ultra D mesmo que é amis barata e é so você fazer uma ligeira solda no chipset que você transforma ela em SLI)

Outras opções (OC legal, bom, mas, não no ultimo assim como a DFI)

Asus A8N SLI Premium, MSI K8N SLI Diamond (ou Platinium) [Essas placas MSI tem som on board Creative Live 7.1 com 24bit's, são muito boas mesmo!]

enfim... tudo vai depender de seus objetivos e claro... $$$$

PS: Se o motivo for OC, minha sugestão seria algo como uma DFI LP NF4 Ultra D , o AMD64 3200+ venice e boas memórias algo como OCZ, Geill, Corsair, mas, não as value pack ou coisas assim, memórias próprias de alto desempenho para OC... ai sim... você vai chegar a números astronômicos! Ah, claro, não esqueça também de uma boa ventilação, tanto do processador, como do gabinete em si!

Espero ter ajudado!

abraços

znfs! :palmas:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • aí, obrigado pela resposta... então... to trocando meu comp, provavelmente vai ser assim... to com quase todas as peças já...

    MSI K8N Neo4-F

    Asus EN GF6600 256

    AMD Athlon 64+3200

    Zalman 7000Cu

    Memoria é Samsung... normalzinha =/

    e Fonte Thermaltake 470w...

    mas o esquema é o seguinte... simples curiosidade... inicialmente eu vou trabalhar sem oc... mas... to afim de fazer uns testes e aprender... =) Sempre tive muita curiosidade na area de Hardware, mas só mexo com soft... então é isso =D

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    A explicação znfs é verdadeira...

    Mas devemos acrescentar que o que ocorre é o seguinte, geralmente aumentamos o VCore para permitir que consiga deixar estável a maior velocidade.

    Assim, com o VCore maior que significa diretamente uma tensão ao processador maior ele irá produzir uma potência (utilizando a regra básica de Volts x Ampére = Watts)

    Como hoje ainda uma grande parte da potência se transforma em calor, o calor excessivo é que reduz a vida de útil de um processador. Um exemplo disso é que tenho um processador Celeron 433@650 que funcionou durante uns 4 anos sem problema, porém o cooler que usei era para um P3. (O processador ainda funciona, mas agora ele é apenas uma estação que uso para testes.)

    Um estudo diz também que o acréscimo de 10° pode reduzir a vida útil de um HD de alta performance pela metade...

    Então a 1ª coisa que se deve monitorar em um overclock é a temperatura... dos processadores, memória o que for.

    Outra coisa importante é a fonte que você irá usar, pois uma fonte ruim você precisará de um VCore maior para conseguir a estabilidade.

    Bom, espero ter ajudado.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    esse negócio de OC diminui a vida util na minha opinião so em um caso....quando você tem componentes de baixa qualidade.

    EX:

    placa-mãe(quando não gerencia a energia corretamente) (chips 7 de baixa qualidade)

    memorias( genericas mesmo)

    fontes( genericas pois tem gente q pica over no sistema com fonte generica, sem saber q pode perder tudo de um segundo para o outro....fonte generica mesmo sem over já é um perigo!!!!para OC so fonte de MARCA!!!)

    e outra a TEMPERATURA( muito cuidado com a temperatura.... pois tem pessoas q estão com seu sitema se overclock + estão com temperaturas fora do limite aceitavel!!! isso é pior ainda! diminuia a vida do componete!!!!)

    agora vem a questao! se eu tenho uma fonte otima, uma placa-mãe boa, uma memoria boa, um processador bom, um sistema de otima ventilaçao... e meu OC atinge limites exelentes!! com 100% de estabilidade!

    o q q a vida do componente vai me atrapalhar??? a estimativa da vida de um processador é de mais ou menos 20 anos...com um over caprixado q você tire 5 anos 1/4 da vida dele.... qual vai ser a diferença????? daqui uns 5 anos... um sistema melhor q o seu já vai tar lançado mesmo... tecnologias bem melhores.... daqui + 5 anos os preços já despencaram ai você compra tudo novo por uma pixinxa.... e o seu antigo q você diminuiu a vida... ou vende ou guarda de lembraça ou você pica no lixo mesmo...

    + ou - isso ai...

    se você trabalhar com a rotação de um carro, acima do limite estabelecido de fábrica, certamente as relações de diferencial, cabeçote, pistão, vão sofrer uma atritagem maior, consequentemente, um desgaste físico maior, no entanto quanto há um veículo o desgaste pode ser muito maior em relação há um componente eltronico como um processador.

    logica boa... também acho isso...+ devemos lembrar q o pc não é carro tem milhoes de fatores q na otem nada a ver...

    + devemos lembrar q o musculo do seu corpo quanto + você força você trabalha você atige limites>>>>>+ forte ele fica + definido ele fica + util ele fica>>> maior vida ele ganha....

    So sei q nada sei! :tantan:

    :bandeira:

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Nos A64 o aumento de vcore não ajuda tanto, pelo menos pra nós meros mortais. Pelo contrário, tem Venice 3200 por aí que roda a 2,7GHz com 1,3 de vcore, undervolt...

    Amigo JPSTELLA, essa do corpo humando foi soda hein? hehehehe. Se fosse assim, era só a gente tacar tensão na rabiola do processador que o bicho ficaria ninja hueheu. :P

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    meu processador é um exemplo :P

    ele já foi um 1700+ trabalhando a A+ de 50graus

    já foi um 2200+ trabalhando a 46 graus

    já foi um 2400+ trabalhando a 46 grus

    já foi um 2600+ trabalhando a 50 graus

    hoje é um 3200+ trabalhando a 40-45 graus

    :blink::blink::blink:

    é porque eu levei ele na akdemia e dei creatina+ albumina + ADE

    agora ta fortinhuu

    se diminuiu a vida dele é problema dele... não é a minha mesmo

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Crie uma conta ou entre para comentar

    Você precisar ser um membro para fazer um comentário

    Entre para seguir isso  





    Sobre o Clube do Hardware

    No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

    Direitos autorais

    Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

    ×