Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
O Economista

Fonte de Alimentação utiliza toda a sua potência?

Recommended Posts

Fala ai pessoal, eu tenho uma fonte de 450W nominal e 270W real, eu vou comprar uma fonte de 450W reais, só que eu acredito que seja muito potente pro meu PC, a minha dúvida é se a fonte de 450W reais quando instalada usa toda a potência ou é igual por exemplo a memória RAM que utiliza somente o que usa?, Um amigo meu me disse que quanto mais forte uma fonte melhor, será que é verdade?. Agradeço quem pode me ajudar. VALEU. FALOU.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A fonte de alimentação demanda da tomada uma energia igual a solicitada pelo seu PC, dividida pela eficiência da fonte de alimentação adotada. Por exemplo:

1) Se seu PC demandar 250 Watts e a eficiência da fonte for de 65% (pobre) seu PC demandará da tomada cerca de 250/0,65 = 385 Watts, onde 135 deles jogará fora sob a forma de calor...

2) Se seu PC demandar 250 Watts e a eficiência da fonte for de 80% (excelente) seu PC demandará da tomada cerca de 250/0,80 = 312 Watts, onde 62 deles jogará fora sob a forma de calor..

A diferença entre as duas potências, isto é, 135 - 62 = 73 Watts é o que você economiza em cada hora de uso de um PC nessas condições. Quando acumular 2,5 KWh você terá ecomnomizado cerca de R$ 1,00 por ter escolhido uma fonte com o melhor rendimento. Isso significa 2500/73 = 34 horas de uso.. Se seu PC nunca desliga, ao final de 1 ano de uso sua economia poderia alcançar (365 x 24) / 34 = R$ 258,00 mais do que o suficiente para cobrir a diferença de custo de uma fonte genérica para uma fonte com rendimento de 80%...

Adote, se você estiver preocupado com economia de energia, sempre fontes que possam render de 80% para mais. Adote a fonte de tal modo que 70% de sua potência máxima coincida com a demanda máxima de sua config. Desse modo sua config estará trabalhando sempre de 40 a 70% da capacidade de oferta da fonte de alimentação, zona em que uma fonte, tipiocamente, apresenta a sua melhor performance do ponto de vista eficiência... Veja um gráfico típico

Eficinciatpica.jpg

Se fosse o caso de sua config demandar 250 Watts como pico de demanda,. 250/0,70 = 357 Watts.. Seria uma excelente escolha de potência para sua fonte...

Abraço...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • O faller você falou muito bem sobre a eficiência da fonte, que quanto mais eficiente melhor, concordo, mas a minha dúvida é em relação a potência da fonte se por exemplo o meu Computador usa 400W nominais e eu instalo uma fonte de 600W nominais, vai ter um excesso de 200W, esses 200W vai danificar os componentes do PC, ou por exemplo a fonte é igual a memória RAM que usa somente o que utiliza?

    FALOU...............................................

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    O faller explicou com perfeição e isso foi a causa do NÃO entendimento da questão! eheheh

    Muitas vezes, o assunto quando bem detalhado, acaba por ser incompreendido e é por isso que muitas vezes, prefiro usar um termo sabidamente inaceitável, tecnicamente, como tensão, corrente, etc!

    O faller respondeu exatamente o que você perguntou, apenas acresceu com mais informações, importantes para o completo entendimento.

    No seu caso, de uma forma bem simples....não, não há excessos para a placa mãe ou PC. A fonte só fornece o que for solicitado pela carga(PC). Sendo uma de 1000W e o PC consome 300W, a fonte simplesmente fica sobrando!

    Quanto à recomendação de usar uma fonte mais forte ser melhor, sim, é melhor uma fonte que "sobre" potência do que outra que trabalhe no talo...já pensou que esta irá esquentar bem mais e poderá estourar pela temperatura?

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Excesso de capacidade de oferta de potência da fonte não vai causar dano algum ao seu PC. Isso não quer dizer que você deva usar uma fonte com excesso de potência. Por isso te passei a regra muito simples de fazer Potência da fonte = potência máxima de seu PC/0,7... (idealmente)

    Mas se você quiser colocar uma fonte muito mais potente, pode sim, não existe vantagem alguma em ultrapassar aquela conta que te falei, mas que pode pode...

    Abraço...

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Valeu ai faller e Meiraneto, eu tava com dúvida porque, eu tô querendo aumenta a potência do meu PC, porque eu sou viciado por jogos, e jogo pede o melhor que a máquina pode oferecer.

    VALEU.................

    ____________________________

    Processador 3.0GHz

    Memória RAM 512 MB

    GeForce FX 5200

    Fonte 450W nominal

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    O melhor que uma fonte pode oferecer não diz respeito somente a potência que ela é capaz de entregar, mas sim a disponibilidade de potência nas tensões corretas, a estabilidade dessas tensões, a tensão de ripple(oscilação de alta frequência sobreposta a tensão DC), os conectores e a qualidade da conexão de alta corrente, e muitas outras variáveis. Não pense somente em potência..

    Abraço...

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Outro ponto importante e que muitos passam a tremer quando acontece. Por exemplo numa L12 que fica em 11.9V e o proprietário fica alucinado para elevar essa tensão para 12.....12.3....ora, se a tensão de 11.9 for estável, não há com o que se preocupar! Mais vale um 11.9 estável do que um 12.5 que desce 10.7V!

    É como bem citou o faller, não basta ter potência disponível e sim, potência(tensão e corrente) com qualidade, estabilidade e capacidade!

    Outro detalhe que sempre fiz questão de citar é que a própria placa mãe também traz regulador de tensão para os circuitos....então, mesmo que uma fonte oscile um pouco(dentro da normalidade) e/ou não apresente tensões cravadas nos valores nominais, a placa mãe poderá resolver isso...foi projetada pra isso!

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Crie uma conta ou entre para comentar

    Você precisar ser um membro para fazer um comentário






    Sobre o Clube do Hardware

    No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

    Direitos autorais

    Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

    ×