Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
@lien

Teremos note sony em 2008 + baratos?

Recommended Posts

Há alguns dias eu li nas notícias interativas da globo news que a sony começará a fabricar, em 2008, seus notebooks da linha vaio em Jundiái. Será que termos notebooks da sony por uns 3k?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

seguindo a logica das outras q montam coisa aqui, capaz de ficar ate mais caro ehehhehehehe

[]'s

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Depende, A Gigabyte montou sua fábrica de placas mãe no Brasil, e hoje ela é uma das mais baratas do mercado, superando até PCchips e ECS, e sua qualidade altíssima, e acima até da Asus e MSI.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • e os notebooks da gigabyte, são bons?

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    São ótimos notebooks, mas ainda pouco difíceis de se encontrar por aqui no Brasil. Mas eles tem um alto padrão de qualidade e só usam componentes de primeira linha.

    Só para você ter uma ideia, a Gigabyte junto com a Abit são as únicas no mundo que usam seus capacitores 100% japoneses, mesmo que uma fábrica dela esteja na China. Coisa que nem outras gigantes como Asus, DFI, MSI, Foxconn, Biostar e outras no mundo fazem.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    eu nunca vi notebook da abit ou gigabyte, mas as placas mãe deles pra desk sao bem conseituadas e se dao melhores em desempenho em muitos benchmark q se ve por ai q asus e MSI.

    mas esta marca se faz aqui e vende mais barato seria uma em 1 milhao, o q se ve normalmente por ai é empresa entrando, catando icentivo do governo, tendo reduçao de custos e impostos e nao repassando isso pro cliente final, isso se da em todas as areas e nao informatica apenas, so ver um civic q la fora custa na media dos U$12.000 dolar e aqui apesar de estar a honda no brasil custa preço de mercedes classe E nos EUA. se bobear ate classe S hehehehehe.

    carros 1000 nem se fala.

    []'s

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Mas eu citei a Gigabyte acima, que está fabricando suas placas mãe no Brasil, no entanto sua qualidade está lá em cima e os preços mas baratos que qualquer outra.

    Isso depende muito da política da empresa também. E se ela tem a capacidade de fabricar seus próprios produtos.

    No Brasil nós vamos encontrar: HP, DELL, SONY, ACER, Amazon, Positivo, CCE, E-max, Microboard, Semp Toshiba, Itaútec, Mirax, Ez-Go, ICC, e mais algumas outras, mas todas tem sua placa e carcaça de origem de outro fabricante.

    Nessa lista você teria HP, DELL, SONY e ACER que tem dinheiro para poderem encomendar de uma fabricante um modelo desenhado para eles, o restante compra o que é feito e vendido para dezenas de montadoras no mundo, não tendo cacife para ter algo personalizado, apenas o adesivo e as configurações podem sofrer modificações, mas a estrutura e monobloco são idênticas a dezenas ou centenas no mundo.

    E em sua maioria dessas citadas sendo fabricadas por ECS, CLEVO, COMPAL, MITAC.

    Já Gigabyte, Asus, ECS fabricam suas máquinas do projeto, placa mãe ao mobobloco final.

    Mas aí cada uma tem uma política diferente. A ASUS quer ter seu nome sempre associado a elite, mesmo sendo inferior a Abit e Gigabyte.

    A ECS tem seu foco na fabricação de produtos para outras marcas, e ela acaba generalizando sua falta de qualidade inclusive nos seus próprios produtos, isso para vender a preços baixos e em alta quantidade.

    Já a Gigabyte tem uma visão que soma a qualidade da Abit, os preços da ECS e não se importa com o status da Asus.

    Mesmo que a Asus fabrique algo no Brasil, ela não vai baixar o preço pela sua arrogância, já a Gigabyte já mostrou que é possível, mesmo que o custo de fabricação de uma placa Gigabyte teja um custo maior que uma da Asus, ela mostrou que é possível vender barato quando você tem o poder de fabricar seu produto quase que por inteiro.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Não creio ver este sony FZ250 por 3 mil, ele sai de linha antes de chegar nisso, hehehehehehe, o fato de estar 4500 à vista por um lançamento, configuração boa, já é uma surpresa.

    Já estão "fabricando" em Jundiaí, por isso os 4500. Não sei exatamente o que fazem aqui, talvez encaixar a tampa na base, hehehehehehe, China, made in China.

    O próximo, que basicamente será este FZ250 com HD maior e gravador de blu-ray está com preço estimado de 9000, então por ai já se tira uma base.

    A Sony já está dando a mão, agora querem o braço? heheheheheheh

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Crie uma conta ou entre para comentar

    Você precisar ser um membro para fazer um comentário






    Sobre o Clube do Hardware

    No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

    Direitos autorais

    Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

    ×