Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Ypslon

Conversor de frequência 60 para 50 Hz - alguém conhece?

Recommended Posts

Tenho uma máquina de lavar roupa - nada a ver com informática, mas como também é hardware (equipamento)... aqui vai!

Essa máquina é europeia e o motor e demais componentes elétricos funcionam a 50 Hz de frequência, mas como sabem no Brasil a energia eletrica corre a 60 Hz.

Pensei que bastaria um conversor de frequência, também chamado Inversor, ao que parece. Mas já me disseram que não é asim tão simples.

A verdade é que a máquina trabalha, mas aparentemente o motor não fica com potência suficiente para fazer as rotações completas do tambor quando este é carregado com roupa.

Someone help, please! Ou então terei de jogar uma máquina nova e bastante boa no lixo... meio chato, n'é?

Editado por Ypslon

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se der use na frequencia errada, se não der, é mais barato jogar fora e comprar uma nova...

Converter 60hz para 50hz envolveria uma conversão dos 60hz para DC e uma conversão normalmente para 50Hz com senoide perfeita, nesse processo vão de 20 a 30% de energia pro lixo em forma de calor.

O único conversor desse tipo que conheço são os nobreaks senoidais de dupla conversão, além de fazer esse esquema de antes eles acrescentam baterias (que pouco encarecem o produto final, a conversão para DC já foi feita, então basta colocar uma bateria da mesma tensão em paralelo).

A conversão inversa é feita com a energia que o Brasil compra do Paraguai, gerada na Itaipu, a energia chega em 50Hz e logo é convertida em DC, essa energia DC é levada até mais próximo das unidades consumidoras (nós :D) onde a energia é novamente convertida para AC em 60Hz.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Usina_Hidrel%C3%A9trica_de_Itaipu

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Oi Leo, td bem?

    você parece muito seguro em suas afirmações... A questão - se não der (não dá, por isso coloquei aqui a questão...) - mas depende do valor da máquina, não é? E depende, claro, também do valor das máquinas que há no mercado, equiparáveis a esta. Posso-te dizer que esta custou na Europa na faixa dos 1.500 R$. Aqui suponho que nem existe do tipo, ela faz 1.200 rpm para centrifugar, tem potência na ordem dos 2.150 W, e também seca roupa, mas isso pro caso nem interessa, o clima onde vivo aqui não justifica, a roupa seca em meia hora ao ar livre, se não chover, claro, eheh...

    Em todo o caso, se você ou outro membro do fórum souber de algum esquema para converter estas frequências, agradeço!

    Editado por Ypslon

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    Angelo Lopes14-07-2005, 11:07

    Participo aquí com este post no exclusivo intuito de colaborar, sem menosprezar qualquer outro comentário divergente de algum nobre companheiro. Me perdoem se assim parecer.

    Alguns companheiros, podem adotar alguma observação neste ou outro post referente 50-60Hz como regra geral, mas há diferenças em tipos de aplicação, não sendo possível generalizar uma única observação como regra para todos os equipamentos elétricos/eletrônicos, assim, baseado em minha formação (acadêmica e profissional) trabalhando há quase 30 anos na área (xii, quase revelei minha idade...), comento:

    - Motores:

    1 -Tipo síncrono:

    1a) Projetado para 50Hz e trabalhando em 60Hz: Terão rotação 20% acima da rotação de projeto. Dificilmente ocorrerão problemas elétricos. Mecânicamente, sofrerão maior esforço (atrito em mancais, etc...)

    1b) Projetado para 60Hz e trabalhando em 50Hz: Trabalharão abaixo da rotação de projeto. Problema de superaquecimento, saturação no núcleo, sobre-corrente, etc...NÃO recomendado!

    2 - Assíncrono:

    A rotação independe da frequência. Sem problemas em operar; maior corrente se trabalhando em 50Hz, nada preocupante.

    Outros equipamentos:

    - Rádio-relógio: Se de projeto antigo, atrasarão (se colocado em 50Hz) ou adiantarão (se colocados em 60Hz).

    - Micro-ondas: Cabe uma explicação aquí. O Magnetron do micro-ondas normalmente recebe um múltiplo da frequencia fundamental para gerar frequência harmônica de ~27MHz. Esta frequência interage com as moléculas de H2O (água), fazendo-as vibrar. Esta energia de movimento (cinética) trabalha produzindo calor. Assim, mesmo que no forno de micro-ondas tudo pareça normal, ele não aquecerá os alimentos, por estar fora da faixa onde tal fenômeno acontece.

    - Eletrônicos como receivers, amplificadores, etc...

    Se possuir todas as funções/componentes baseados em Corrente Contínua, sendo as fontes conversoras (leia transformadores de força) projetadas para 50Hz e trabalharem em 60Hz é bastante improvável ocorrerem problemas de qualquer ordem;

    Por outro lado, se as fontes (transformadores) forem projetadas para 60Hz e trabalharem em 50, merecerão uma análise à parte. Poderá ocorrer do transformador produzir baixa magnetização para transferência entre primário e secundário, vindo a aquecer enrolamento primário/núcleo e até "queimar" o primário. O secundário do trafo poderá (não necessariamente irá ocorrer!) não dispor de magnetização suficiente - e em conseguência a corrente gerada) para alimentar o circuito eletrônico em sua potência máxima.

    Qualquer coisa, estou à disposição dos companheiros, inclusive para trocar figurinhas e experiências.

    Um abraço,

    Angelo :legal:

    Retirado de: http://www.htforum.com/vb/showthread.php?t=8764

    Espero que te ajude em alguma coisa...;)

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Oi, Turdin, tudo bem?

    Sobre as afirmações do autor de que uma máquina preparada para 50 hz normalmente não tem problemas com energia de 60 Hz, poderá ser verdade teoricamente, mas no caso concreto da minha é o contrário que sucede.

    Os dados são: o motor de vazamento de água não funciona. Fez-se a experiência de substitui-lo por um de 60Hz e essa parte do vazameneto já funciona. Outro dado: a máquina efectua bem o programa de centrifugação simples, mas só se não tiver roupa carregando o tambor (este gira na horizontal), Carregada, já não faz o programa pois fica apenas a fazer meias-rotações, não rotações completas.

    A que se deverá o deficiente funcionamento? Baralhação da programação da máquina, devido ao tipo de corrente? (acho uma hipótese improvável, mas aqui fica...) Ou simples perda de força do motor?

    Obrigado!

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Ola, lendo sobre eletrodomestico da Europa, venho lhe fazer uma pergunta que so agora soube : Morava em portugal e comprei uma maquina de lavar roupa (míele w1912), agora que cheguie aqui ela nao funciona bem, a bomba do esgosto nao abre para jogar a agua fora, me disseram que poderia ser a energia, e agora vendo no forum sua resposta sobre isso, penso que gastei dinheiro à toa nessa maquina, tem como arrumar isso da frequencia ou nao, o pessoal da assistencia de SP me disse que teria que trocar a bomba do esgosto da maquina. Me esclareça se possivel, fico aguardando resposta, grato.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Crie uma conta ou entre para comentar

    Você precisar ser um membro para fazer um comentário






    Sobre o Clube do Hardware

    No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

    Direitos autorais

    Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

    ×