Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
leonardoeverton

O que é uma fonte com watts reais e quando devo usar?

Recommended Posts

Sempre ouço falar em fonte real, mas o que diferencia das outras e quando devo usar?

Editado por Pierre C.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Falando basicamente,

Existem 2 tipos de fontes: As fontes genéricas e as fontes de potência real

As fontes genéricas, apesar de rotuladas com uma certa potência, não desenvolvem essa potência. Ex Fonte Leadership Gamer 700w. Essa fonte nao gera 350W e nao possui as proteções encontradas em uma fonte de potencia real.

Fontes de potência real são capazes de produzir, no mínimo a potência rotulada, além de possuirem sistemas de proteções para proteger seu PC.

Quando usar fontes genéricas - Quando seu investimento for pequeno, seu pc for básico e não precise de muita potência.

Quando usar fontes de Watts REAIS - Quando seu pc precisar de potência (pcs que possuem placas de vídeo razoáveis, etc...).

Eu utilizei fonte genérica durante muito tempo, mas meu pc era simples. Não era usado pra jogos... usava apenas pra acessar a internet e fazer trabalhos de world. Quando comprei placa de vídeo, melhorei meu pc e passei a usar fonte de potência real. A primeira coisa que notei foi a qualidade do produto. A durabilidade também é diferenciada, passei 5 anos com minha Seventeam 500bkv, enquanto uma fonte genérica nao durava 1 ano.

Editado por ajlmiranda

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Sempre ouÇo falar em fonte real, mas o que diferencia das outras e quando devo usar?

Vou lhe responder com outra pergunta:

Você prefere abastecer seu automóvel com combustível "batizado" (genérico) ou puro?

Tanto a fonte de alimentação quanto a gasolina/álcool são fundamentais para o funcionamento (bom) dos equipamentos (eletroeletrônicos e automóveis respectivamente). A qualidade desses combustíveis (energia elétrica e gasolina) é determinante também no MTBF dos mesmos e como consequência na vida útil.

Muitos usuários chegam a recomendar uma fonte genérica sob a alegação de que usam há tempo e nunca tiveram problemas. Muitas pessoas também abastecem seus veículos em "postos de serviços" cuja procedência do produto é desconhecida (ou não :)) e no entanto nunca tiveram problemas visíveis.

Sua principais diferenças estão concentradas na ausência dos componentes responsáveis pela eliminação/atenuação de "EMI/RFI" e também na redução da capacitância de saída, comprometendo o nível do "ripple".

Tendo em vista a agressiva queda nos preços das fontes de boa procedência não recomendo o uso de uma similar "genérica" sob qualquer pretexto. É uma economia medíocre.

Na Europa a Diretiva de Compatibilidade Eletromagnética 89/336/EEC proibe a fabricação ou importação desse tipo de fonte, seja para comercialização ou brinde, enquanto que no Brasil são encontradas em qualquer padaria ou farmácia de esquina.

Isso jamais seria permitido por lá:

Em tempo: devido a ausência de filtros EMI/RFI, existe também a possibilidade da sua fonte genérica gerar distúrbios prejudiciais à outros periféricos da sua configuração (impressora, monitor, scanner, HT...)

.

Editado por marco_piracicaba

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Valeu pessoal pela dica, eu conheço bem uma fonte generica olhando, tem muita diferença da real a olho nú?

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    Valeu pessoal pela dica, eu conheço bem uma fonte generica olhando, tem muita diferença da real a olho nú?

    Uma das dicas que "entregam" uma fonte genérica é seu preço. Quando veres uma fonte de 500 Watts por R$ 90,00. Com certeza será genérica.

    Outra é a insistência em colocar a palavra REAIS ao lado do nome, por exemplo, Fonte XYZ 500 Watts (REAIS), certamente é fria... (mas não é regra absoluta, é dica). Pelo contrário, a inexistência da palavra reais não faz da fonte uma fonte não genérica....

    Se puderes vê-la por dentro, notarás que, para baratear, são suprimidas muitas peças, ou trocadas por fios simplesmente: Veja ai:

    Wisecase_Genericona.jpg

    E a dica final é: Bote o nome ou modelo da mesma no Google e leia com atenção as discussões dos diversos fóruns..

    Abraço..

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Crie uma conta ou entre para comentar

    Você precisar ser um membro para fazer um comentário






    Sobre o Clube do Hardware

    No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

    Direitos autorais

    Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

    ×