Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
Lord Enigm@

Microsoft cria sistema para rastrear crackers.

Recommended Posts

Microsoft cria sistema para rastrear crackers.

Atualmente, recursos disponíveis na web são capazes de camuflar a identidade de usuários sem muita complexidade, mas, segundo a Microsoft, essa facilidade pode estar no fim. A empresa afirma ter criado ferramenta para a solução desse problema.

De acordo a MS, três de seus programadores conseguiram identificar computadores protegidos por proxys ou que modificam IPs constantemente. O documento sobre o assunto será apresentado no fórum SIGCOMM em Barcelona, Espanha.

A tecnologia recebeu o nome de HostTracker e foi capaz de rastrear usuários responsáveis por spams de um volume de 330 GB adquiridos de um servidor de e-mails. Ao todo, o sistema analisou 550 milhões de endereços e cerca de 220 milhões de IPs.

O HostTracker, caso realmente realize o que a MS promete, deve auxiliar diminuir o número de spams e de ataques anônimos na rede.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

- O fim das botnets?

- A China, Índia e Brasil serão os "grandes laboratórios"?

Perguntas que só o "Mister M" (Mr. Microsoft) poderá responder!:D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Acabar com as grandes Botnets é utopia não é mesmo?, agora, ir minando e tirando fora do ar as pequenas já é um grande avanço. Por consequência, vai-se enfraquecendo as grandes. :rolleyes:

    Essa notícia está causando um grande furor, principalmente no Underground. Vamos aguardar a conferência SIGCOMM para as novidades que virão e serão muito bemvindas na área.

    Uma coisa eu tenho certeza, os 3 "programadores" que estão envolvidos no projeto são excelentes e com profundos conhecimentos, sabem o que estão fazendo.;)

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    Acabar com as grandes Botnets é utopia não é mesmo?, agora, ir minando e tirando fora do ar as pequenas já é um grande avanço. Por consequência, vai-se enfraquecendo as grandes. :rolleyes:
    É aí que eu acho que o grande campo para seja lá o que for serão os países emergentes superpopulosos (citados acima). Realmente acabar com as botnets pode soar como utópico, mas certeza de que esse esforço da Microsoft vai incomodar bastante.
    Essa notícia está causando um grande furor, principalmente no Underground. Vamos aguardar a conferência SIGCOMM para as novidades que virão e serão muito bemvindas na área.
    Que venha a conferência.
    Uma coisa eu tenho certeza, os 3 "programadores" que estão envolvidos no projeto são excelentes e com profundos conhecimentos, sabem o que estão fazendo.;)
    Poxa, só três? Ou eles estão com grandes gênios da programação ou eu diria, que estão é com medo de vazamento de informações. Com certeza monitorar três "nerds" é bem mais fácil que trezentos.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Que venha a conferência.

    Na realidade a conferência já começou, apenas aguardamos ansiosamente o workshop da ferramenta HostTracke que já tem data marcada, você leu o link?

    Poxa, só três? Ou eles estão com grandes gênios da programação ou eu diria, que estão é com medo de vazamento de informações. Com certeza monitorar três "nerds" é bem mais fácil que trezentos.

    Você acha pouco só três?, eu diria que já é muito. Não se encontra facilmente pessoas com essa capacidade, pessoas com profundos conhecimentos em protocolos TCP/IP, etc., que consigam desenvolver uma ferramenta que descubra de onde vem a origem dos ataques DDoS.

    Eu acho que os gênios ficaram para trás ou talvez ao lado dessse três gurús. Eu adoraria ser ou saber 10% do que eles sabem, você não?

    Vazamanto de informações?, não, não creio, senão não estaria em conferências e workshops pelo mundo afora, sem contar que muito provavelmente a ferramenta será gratuíta ou incluída em um release da MS, aliás, eles estão muito empenhados com essas questões de segurança na grande rede, parabéns à MS.

    É aí que eu acho que o grande campo para seja lá o que for serão os países emergentes superpopulosos (citados acima)

    Desculpe, não entendí. Se você acha que serão os países emergentes citados mas, seja lá para o que for, como assim? O assunto da matéria foi o desenvolvimento de uma ferramenta para detectar a origem de ataques DDoS, isso é fantástico, um enorme avanço para todos usuários da grande rede, entendes?

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    Na realidade a conferência já começou, apenas aguardamos ansiosamente o workshop da ferramenta HostTracke que já tem data marcada, você leu o link?
    Sim, link interessante. Baixei aqui o arquivo .pdf (em inglês).... parece interessante (apesar das fórmulas complexas).
    Você acha pouco só três?, eu diria que já é muito. Não se encontra facilmente pessoas com essa capacidade, pessoas com profundos conhecimentos em protocolos TCP/IP, etc., que consigam desenvolver uma ferramenta que descubra de onde vem a origem dos ataques DDoS.

    Eu acho que os gênios ficaram para trás ou talvez ao lado dessse três gurús. Eu adoraria ser ou saber 10% do que eles sabem, você não?

    entendi... acho que uns 8% já dão pro gasto!:D
    Desculpe, não entendí. Se você acha que serão os países emergentes citados mas, seja lá para o que for, como assim? O assunto da matéria foi o desenvolvimento de uma ferramenta para detectar a origem de ataques DDoS, isso é fantástico, um enorme avanço para todos usuários da grande rede, entendes?
    Sim, compreendo. Quis dizer que certamente o maior campo de experiência para qualquer que seja a ferramenta desenvolvida pela Microsoft serão os países mais reincidentes em ataques, SPAM e infecções, ou seja, os países com grande nº de usuários na internet.

    Ferramenta será mesmo muito bem vinda.:joia:

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Crie uma conta ou entre para comentar

    Você precisar ser um membro para fazer um comentário






    Sobre o Clube do Hardware

    No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

    Direitos autorais

    Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

    ×