Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
mambembe

Gambiarra de aterramento para PC

Recommended Posts

Sou leigo em eletricidade e estou criando este tópico somente para relatar uma experiência. Não me pareceu correto inseri-lo num tópico criado por um especialista, e menos ainda num tópico com perguntas sobre o tema. Afinal, isto não é e nem pretende ser uma "resposta". Eu nem mesmo sei se o que fiz é seguro e jamais recomendei a ninguém que fizesse o mesmo. Espero ter sido suficientemente claro a esse respeito.

Moro de aluguel num apartamento e fiz, há muitos anos, uma gambiarra para tentar adicionar um pouco mais de proteção ao meu PC. Usando um pequeno pedaço de um grosso fio de cobre (não sei a bitola, mas é realmente grosso), liguei o pino "neutro" do filtro de linha SMS à caixa metálica da tomada. Na época raciocinei assim: "isto é a coisa mais semelhante a um aterramento que posso conseguir aqui, então deve ser melhor do que nada."

Há coisa de dois anos, eu estava escutando música no PC durante uma tempestade (algo que não pretendo continuar a fazer) e houve um clarão azul muito forte nessa tomada. Meu PC continuou funcionando intacto e sem problemas. Obviamente, isso não prova nada. Aconteceu assim e estou relatando o fato.

Mas hoje eu tive uma grande surpresa. Chegaram pelo correio os novos filtros de linha APC (APC P7T e APC P6B) que comprei a partir das leituras que fiz neste e em outros fóruns. Pluguei um APC P6B na tomada da TV LCD, outro na geladeira, outro na máquinha de lavar. Esses equipamentos são todos novos e eu resolvi investir na sua proteção. Os APC P7T, com proteção para modem, estavam destinados, é claro, aos PCs.

O FL (filtro de linha) ligado no PC da minha mulher, tal como todos os outros, acendeu a luz vermelha, que indica falta de aterramento adequado (site wiring fault). O meu não. Troquei os FL de lugar e o resultado foi o mesmo, o que exclui a hipótese de um defeito no FL.

terrak.jpg

O curioso é que eu fiz a mesma gambiarra na tomada do PC de minha mulher, usando um pedaço do mesmíssimo fio de cobre. Ali a gambiarra certamente não funciona, e a prova disso é a luz vermelha do FL.

Mas eu tenho todos os motivos para acreditar que, por alguma razão, a gambiarra está funcionando na minha tomada. Tudo indica que ela "segurou" (seria melhor dizer "conduziu") as sobras de um raio, se bem que isso não passa de uma suposição. Mas o led vermelho de nenhum dos meus FL APC acende ali, e isso já não é uma suposição, é uma evidência.

Minha conclusão não poderia ser outra: é impossível dizer que essa gambiarra "funciona", mas em determinadas circunstâncias ela pode funcionar.

Isso não quer dizer que eu recomende a outros que façam o mesmo. Aliás, uma pessoa teria que ser muito da burra para deixar que um filósofo dê palpites sobre suas instalações elétricas... Como já disse, trata-se da minha experiência e nada mais.

Aproveito a oportunidade para agradecer ao fallen e a tantos outros generosos combatentes que me convenceram, depois de muitas e muitas horas de leitura árdua, a jogar fora todos os meus "estabilizadores". Ainda tenho, porém, duas dúvidas sobre o tema:

(1) Valeria a pena reservar um dos enjeitados para uso na minha TV LCD de 42 polegadas? O manual do fabricante recomenda o uso de um estabilizador mas já não sei se isso quer dizer alguma coisa. No momento ela está plugada num FL...

(2) O fogão também é novo (viva a linha branca!) e tem um grill que consome mil watts. O fabricante recomenda sua ligação direta na tomada sem nenhum tipo de intermediário, o que obviamente é para impedir o uso de um "benjamim" e de outras coisas ligadas na mesma tomada. Mas haveria problema se eu usasse também nele um FL para proteger os componentes eletrônicos?

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigo, teu aterramento pode se transformar num aterramento de verdade, 100% seguro se você trocar a tomada na qual esse fio terra de gambiarra está conectado por uma tomada de 3 pinos e então conectar esse fio ao 3º pino, ou seja, o pino de fio-terra que a tomada tem. Isso, claro, desde que a outra ponta desse fio esteja devidamente aterrada.

Respostas às pergunta:

1 - Esqueça o estabilizador para qualquer componente eletrônico. No caso da TV, ligue-a num bom filtro de linha.

2 - Pode ligá-lo num filtro de linha sem problemas, desde que o suporte nesses 1kW aí. Mas para esse tipo de equipamento, que se utiliza basicamente de resistências elétricas de alta potência, eu acho desnecessário o uso de um filtro de linha.

Abraços

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Amigo, teu aterramento pode se transformar num aterramento de verdade, 100% seguro se você trocar a tomada na qual esse fio terra de gambiarra está conectado por uma tomada de 3 pinos e então conectar esse fio ao 3º pino, ou seja, o pino de fio-terra que a tomada tem. Isso, claro, desde que a outra ponta desse fio esteja devidamente aterrada.

    Eu esqueci de mencionar que, quando fiz a gambiarra, troquei a tomada existente por uma de boa qualidade, com espelho de metal, e de três pinos. Mas a ideia de fazer a gambiarra por dentro (e não por fora) não me ocorreu, e me parece excelente. Por falar nisso, a tomada do PC da minha mulher jamais foi trocada. :unsure:

    1 - Esqueça o estabilizador para qualquer componente eletrônico. No caso da TV, ligue-a num bom filtro de linha.

    Então é deixar como está... Só pensei nessa possibilidade porque a fonte do meu PC é boa (PFC ativo) mas não tenho a menor ideia de como seja a fonte da TV.

    2 - Pode ligá-lo num filtro de linha sem problemas, desde que o suporte nesses 1kW aí. Mas para esse tipo de equipamento, que se utiliza basicamente de resistências elétricas de alta potência, eu acho desnecessário o uso de um filtro de linha.

    Eu compreendo que o grill nele mesmo não precise de proteção, mas o problema é que o tal fogão também tem frescuras eletrônicas (relógio, timer) que minha mulher preza muito. Embora reconheça que é um certo exagero, era isso que eu queria proteger. O mesmo vale para a máquina de lavar, que tem painel eletrônico...

    Eu só não sei se o FL agüenta toda essa carga (as especificações estão aí embaixo) e certamente não gostaria que ele esquentasse quando minha mulher ligasse o grill. :eek:

    Obrigado pela força e um abraço!

    p6b.jpg

    Editado por mambembe
    redação

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Pode ficar tranquilo que esse filtro suporta o Grill sim. Veja na parte vermelha dessa etiqueta que ele suporta até 15A sem desarmar, ou seja, suporta uma carga máxima de 15 x 127 = 1905W.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Seria a tubulação, além da caixa, também metálica? Se for, a própria tubulação estaria "funcionando" ou servindo como eletrodo de terra.....e dependendo de como é a instalação e interligação com os demais apartamentos e o solo ou quadro de entrada, realmente, isso pode ter "ajudado" a dissipar a descarga, maaaaaassssss, continua sendo uma gambiarra perigosa!!!!!:D

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Pode ficar tranquilo que esse filtro suporta o Grill sim. Veja na parte vermelha dessa etiqueta que ele suporta até 15A sem desarmar, ou seja, suporta uma carga máxima de 15 x 127 = 1905W.

    Que ótima notícia... :)

    Mais uma vez, obrigado!

    Seria a tubulação, além da caixa, também metálica? Se for, a própria tubulação estaria "funcionando" ou servindo como eletrodo de terra.....e dependendo de como é a instalação e interligação com os demais apartamentos e o solo ou quadro de entrada, realmente, isso pode ter "ajudado" a dissipar a descarga,

    Não saberia responder... De qualquer modo, é muito estranho que a mesma gambiarra funcione na tomada do meu quarto mas não na tomada da sala. Se uma tubulação é metálica, a outra também deveria ser... A única coisa certa nisso tudo é que há alguma peculiaridade no meu quarto que faz com que o meu "aterramento" improvisado funcione. :huh:

    maaaaaassssss, continua sendo uma gambiarra perigosa!!!!!:D
    Eu me considero um cara bastante responsável e é por isso que jamais recomendei a ninguém o meu "método". O cuidado com que eu postei minha experiência aqui demonstra isso.

    Por que e até que ponto é perigoso? Até aqui minha gambiarra jamais me trouxe problemas. :wub: Mas se me você me der uma razão suficientemente forte, eu posso até mudar de ideia e renunciar a ela. ^_^

    Editado por Pierre C.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Pelo que pude ver você realizou um aterramento em TN-C vide:

    http://forum.clubedohardware.com.br/aterramento-aterra/659241

    Esse esquema de aterramento é condenável porque pode criar um perigo de choque na carcaça do equipamento em algumas condições adversas da rede elétrica.

    O esquema TN-C, onde o pino de aterramento é ligado dentro do neutro da caixa da tomada é proibido em toda Europa e no Brasil e EUA são condenáveis, apesar de não ser terminantemente proibido, pelas normas locais destes paises.

    Neutro e Terra (ou fio terra e condutor de proteção como tb são chamados) são quase a mesma coisa, eu diria que eles são primos ou seja, não são nem irmãos, muito menos gemeos! Explico:

    O neutro é um condutor de corrente que é aterrado por motivos de segurança do funcionamento da rede elétrica de distribuição. Já o terra não possui corrente considerável trafegando por ele em condição normal e está ali apenas pra transportar correntes de faltas que devem tão logo ser sanada.

    Em condições normais o neutro ele não constuma apresentar tensão, como o terra tb não, mas em alguns casos e acidentes na rede elétrica ou uma sobrecarga do neutro interno da construção, ele poderá apresentar uma tensão que pode vir a ser perigosa pro usuário que vier a tocar na carcaça metalica do equipamento, que é diretamente atada ao fio terra.

    Outro problema que pode ocorrer é a inversão do neutro com fase em algum ponto da instalação elétrica da construção, seja numa reforma, seja algum eletricista mexendo numa caixa de passagem de fios do prédio e inverter as posições, daí onde era pra ir neutro, vai Fase, ai já viu a *****! você terá 110 ou 220V em todas as carcaças metalicas dos equipamentos.

    Bem, sobre o filtro APC, o LED vai apagar mesmo, porque o LED que indica falta do aterramento apenas identifica se ele tá ligado ou não, como o neutro é aterrado, ele automaticamente "achará" que o fio terra tá ligado, mas nada vai dizer sobre a eficiência e qualidade do mesmo. Vale lembrar que esse LED tb indica inversão de "polaridade" na tomada e neutro sobrecarregado - condição essa que pode criar um potencial (tensão) no neutro. Nesse ultimo caso o LED só vai atuar quando houver uma DDP entre Neutro e Terra, o que não aconteceria nunca na forma que você realizou esse aterramento aí.

    Ah se aterramento fosse uma coisa tão simples assim de apenas ligar o pino terra no neutro, seria bom demais... :)

    Editado por _rau_

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Pelo que pude ver você realizou um aterramento em TN-C

    ...

    Ah se aterramento fosse uma coisa tão simples assim de apenas ligar o pino terra no neutro, seria bom demais... :)

    Amigo _rau_, mais uma vez obrigado - pela atenção e pela preocupação implícitos em sua resposta.

    Nos últimos cinco dias, e embora minha área de formação seja inteiramente diferente, eu tenho estudado com afinco as informações sobre fontes e energia postadas em vários fóruns, sobretudo neste, e tenho visto especialistas de uma área aprendendo com os especialistas de outra, e isso é um espetáculo muito bonito de se ver. E entre os documentos que li está o seu artigo sobre aterramento, e também o documento da Procobre.

    Qualquer leigo como eu, quando faz uma gambiarra sem possuir os necessários conhecimentos técnicos, está se expondo a riscos. Mas há gambiarras e gambiarras, assim como há riscos e riscos. Eu não questiono aqueles que, com conhecimento técnico e plena consciência dos riscos envolvidos, ligam o fio terra ao neutro. Mas se eu, com um conhecimento puramente "de ouvir dizer", fizesse o mesmo, estaria me comportando como um estúpido sem remissão.

    Eu não liguei o terra ao neutro. Eu fiz uma coisa muito mais ingênua e, até onde posso ver, muito menos perigosa: liguei, por meio de um fio de cobre, o terra da tomada do filtro de linha à caixa metálica que sustenta a tomada. Meu piso é de madeira, mau condutor, e essa caixa metálica, incrustrada na parede de tijolo, é a coisa mais semelhante à "terra" que eu tenho no meu quarto. Por isso tive essa ideia, que nem mesmo é nova como eu pensava, e que pode ser motivo de riso para muita gente.

    Como já disse, jamais recomendei o procedimento a ninguém. E só resolvi postar o relato de minha experiência porque agora eu tenho uma prova concreta, fornecida por um equipamento confiável, de que por alguma estranha razão a gambiarra funcionou neste caso. Eu mesmo já comprovei que ela não funciona sempre. Entre os seis filtros de linha APC que espalhei pela casa, cinco indicam a falta de aterramento adequado. A tomada do outro lado do quarto (TV) indica isso. A tomada do PC da minha mulher, onde fiz exatamente a mesma gambiarra com o mesmo material, indica isso.

    Mas a tomada do meu PC indica o contrário. Por alguma razão, certamente ligada à condutividade da minha parede (que fica entre um quarto e outro e onde não existe nenhuma infiltração), a gambiarra funcionou. Ora, isso é no mínimo curioso. Já vi especialistas rindo dessa "solução" e compreendo que eles o façam, pois já tenho uma prova concreta de que ela não funciona em todos os casos. Parece, de fato, lenda urbana. Mas o caso da minha tomada, a meu ver, força o pensamento a pensar.

    Na pior das hipóteses, temos aí uma anomalia que raramente se repete. Se for esse o caso, eu fui agraciado com uma espécie de prêmio de loteria. E na melhor das hipóteses, temos aí uma possibilidade de aterramento (ou melhor, uma gambiarra de aterramento, venho insistindo nisso o tempo todo) cuja eficácia pode ser testada com um simples filtro de linha. Essa discussão eu deixo para os especialistas. Só estou aqui para apresentar um fato que é no mínimo curioso.

    Agora, a pergunta: existe algum perigo na ligação do fio terra com a caixa metalica que sustenta a tomada?

    Abraços

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Ah, agora entendi o que você fez!

    A única explicação pra isso é que a carcaça da caixa metálica está aterrada de alguma forma. Pode ser tanto um neutro tocando na parte metalica, como os conduítes que passam os fios serem de metal e estarem em contato com algum ponto aterrado. Geralmente conduites metalicos de uma instalação predial é aterrada por motivos de segurança. A carcaça de metal da caixa da tomada pode estar tb fazendo contato com as vigas e colunas de metal da estrutura do prédio, que é aterrada naturalmente.

    Pra esse LED apagar apenas com a caixa em contato com a parede de tijolo, ela teria que tá muito molhada e em contato com o solo e mesmo assim, não seria um bom aterramento...

    O perigo que existe em fazer isso aí que você fez é não ter um terra bom o suficiente pra proteção das pessoas, principalmente. Se de fato essas caixinhas metalicas estão em contato direto com o solo por meio de um condutor metalico, esse aterramento provavelmente seguirá o esquema TT que um filtro APC dá uma proteção contra surtos entre Neutro-Terra, mas não é um aterramento bom para a proteção das pessoas sem ser tomadas outras medidas, como a instalação de um dispositivo que detecta fugas pro aterramento ou choques elétricos - o Dispositivo DR.

    Enfim, tenta ligar uma lâmpada de 100W entre Fase e esse terra meia boca aí e veja se a luminosidade dela se mantem igual ao liga-la entre Fase-Neutro. Se nem acender ou acender bem fraquinho ou mesmo varia a intensidade de luminosidade, esqueça que esse terra daí pra nada serve.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Ah, agora entendi o que você fez!

    A única explicação pra isso é que a carcaça da caixa metálica está aterrada de alguma forma. Pode ser tanto um neutro tocando na parte metalica, como os conduítes que passam os fios serem de metal e estarem em contato com algum ponto aterrado. Geralmente conduites metalicos de uma instalação predial é aterrada por motivos de segurança. A carcaça de metal da caixa da tomada pode estar tb fazendo contato com as vigas e colunas de metal da estrutura do prédio, que é aterrada naturalmente.

    Pra esse LED apagar apenas com a caixa em contato com a parede de tijolo, ela teria que tá muito molhada e em contato com o solo e mesmo assim, não seria um bom aterramento...

    O perigo que existe em fazer isso aí que você fez é não ter um terra bom o suficiente pra proteção das pessoas, principalmente. Se de fato essas caixinhas metalicas estão em contato direto com o solo por meio de um condutor metalico, esse aterramento provavelmente seguirá o esquema TT que um filtro APC dá uma proteção contra surtos entre Neutro-Terra, mas não é um aterramento bom para a proteção das pessoas sem ser tomadas outras medidas, como a instalação de um dispositivo que detecta fugas pro aterramento ou choques elétricos - o Dispositivo DR.

    Enfim, tenta ligar uma lâmpada de 100W entre Fase e esse terra meia boca aí e veja se a luminosidade dela se mantem igual ao liga-la entre Fase-Neutro. Se nem acender ou acender bem fraquinho ou mesmo varia a intensidade de luminosidade, esqueça que esse terra daí pra nada serve.

    Não é improvável que os conduítes sejam de metal, já que todo o encanamento (água, esgoto), até pouco tempo atrás, também era de metal. Aos poucos ele está sendo substituído por PVC. Mas também pode haver uma viga ou coluna ali, foi isso que eu havia imaginado como explicação.

    A tomada fica atrás da escrivaninha e não temos crianças ou animais em casa, e assim a probabilidade de alguém mexer naquela tomada é zero. Local de difícil acesso, eu diria. O clarão azul que eu vi dois anos atrás pode ter sido uma dessas "fugas pro aterramento" que você mencionou, causada por um raio. :unsure:

    Enfim... Esse é o tipo de teste que até um leigo como eu se sente capaz de fazer. Um bocal, dois fios, uma lâmpada incandescente... Por incrível que pareça, eu tenho o bocal com os fios, o que eu não tenho é uma lâmpada dessas. Vou providenciar e depois postar aqui o resultado.

    Mas se o terra não servir pra nada, então nosso heróico APC pode ser enganado facilmente. Dê uma banana que ele pensará que é maçã... :huh:

    Mais uma vez, obrigado!

    Editado por mambembe
    gramática...

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Sim, o teste do filtro APC é muito simplório, mais do que esse da lâmpada, que tb é simples. O teste do APC apenas diz se tem algo ligado no fio terra ou não, mas nada diz como se comportaria esse terra quando jogassemos digamos, 20 Amperes nele ou seja sua impedância. Você pode medir normalmente 220 ou 110V entre Fase-Terra sem carga nenhuma, mas quando colocamos carga, um consumo, a medição pode cair bastante o que indica um terra bem ruim, alta resistência / impedância. O teste do filtro APC apenas faz esse teste pra saber se há uma tensão "normal" entre Fase-Terra, na verdade os componentes que fazem isso internamente estão sintonizados pra acender ou apagar o LED a partir de certo valor de tensão, mas nada diz se o terra aguenta transportar uma corrente alta sem cair a tensão demais, o que não pode acontecer. Vale lembrar que o teste da lâmpada tb não vai nos dizer se esse terra é de todo eficiente, vai apenas confirmar a capacidade desse terra pra transportar 100W apenas, e se ocorresse um curto entre Fase-Terra, o disjuntor deveria cair instantaneamente, o que só ocorreria se a impedância do terra fosse bem baixa, o que indicairia que ele é capaz de transportar alguns Kiloamperes, corrente suficiente pra disparar um disjuntor rapidamente. Na verdade, a queda de tensão entre Fase-Neutro e Fase-Terra com uma lampada de 100W ligada nas duas posições, deve ser irrisória e igual em ambas medições.

    PS1: Quem tem Disjuntor/Interruptor DR em casa não deve fazer o teste da lampada ou o DR irá desarmar no mesmo instante.

    PS2: Essa história que vemos por aí em certos "manuais" de aterramento de que a queda de tensão medida com uma carga de 100W entre Fase-Neutro e Fase-Terra não deveria ser maior do que 10 ou 20V é uma balela! Se com míseros 100W, o que dá 0,45 Amperes em 220V há uma queda enorme de 10Volts, só indica uma coisa, aterramento ruim. Com o dobro dessa corrente a tensão cairia 20V, com o quadruplo, 1,8A, provavelmente daria 80Volts de queda, o que na prática nos diz uma coisa, esse terra nunca seria capaz de escoar uma corrente alta em fuga pro fio terra com o disjuntor incapaz de cortar essa falha já que a corrente não seria capaz de chegar nem próximo do seu valor máximo, e as carcaças poderiam elevar seu potencial pra tensões perigosas nesse momento.

    Editado por _rau_

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Sim, o teste do filtro APC é muito simplório, mais do que esse da lâmpada, que tb é simples. O teste do APC apenas diz se tem algo ligado no fio terra ou não, mas nada diz como se comportaria esse terra quando jogassemos digamos, 20 Amperes nele ou seja sua impedância. Você pode medir normalmente 220 ou 110V entre Fase-Terra sem carga nenhuma, mas quando colocamos carga, um consumo, a medição pode cair bastante o que indica um terra bem ruim, alta resistência / impedância. O teste do filtro APC apenas faz esse teste pra saber se há uma tensão "normal" entre Fase-Terra, na verdade os componentes que fazem isso internamente estão sintonizados pra acender ou apagar o LED a partir de certo valor de tensão, mas nada diz se o terra aguenta transportar uma corrente alta sem cair a tensão demais, o que não pode acontecer. Vale lembrar que o teste da lâmpada tb não vai nos dizer se esse terra é de todo eficiente, vai apenas confirmar a capacidade desse terra pra transportar 100W apenas, e se ocorresse um curto entre Fase-Terra, o disjuntor deveria cair instantaneamente, o que só ocorreria se a impedância do terra fosse bem baixa, o que indicairia que ele é capaz de transportar alguns Kiloamperes, corrente suficiente pra disparar um disjuntor rapidamente. Na verdade, a queda de tensão entre Fase-Neutro e Fase-Terra com uma lampada de 100W ligada nas duas posições, deve ser irrisória e igual em ambas medições.

    Demorei a responder porque preciso digerir seu texto. Já catei na estante um livro soviético da década de 80 onde vou estudar as noções básicas de eletricidade...

    PS1: Quem tem Disjuntor/Interruptor DR em casa não deve fazer o teste da lampada ou o DR irá desarmar no mesmo instante.

    Aí a porca torceu o rabo. Desarmar um disjuntor não me parece ser nenhum desastre (eles são feitos para isso) mas, por via das dúvidas, vou cancelar o teste.

    PS2: Essa história que vemos por aí em certos "manuais" de aterramento de que a queda de tensão medida com uma carga de 100W entre Fase-Neutro e Fase-Terra não deveria ser maior do que 10 ou 20V é uma balela! Se com míseros 100W, o que dá 0,45 Amperes em 220V há uma queda enorme de 10Volts, só indica uma coisa, aterramento ruim. Com o dobro dessa corrente a tensão cairia 20V, com o quadruplo, 1,8A, provavelmente daria 80Volts de queda, o que na prática nos diz uma coisa, esse terra nunca seria capaz de escoar uma corrente alta em fuga pro fio terra com o disjuntor incapaz de cortar essa falha já que a corrente não seria capaz de chegar nem próximo do seu valor máximo, e as carcaças poderiam elevar seu potencial pra tensões perigosas nesse momento.

    Se eu entendi bem, o clarão azul na parede é a prova disso.

    Parabéns, _rau_. Sem nenhum confronto ou arrogância - ao contrário, "me conduzindo pela mão" - você me convenceu de que o meu "terra" é fajuto e não serve para quase nada. Vou deixá-lo onde está, mas no dia em que eu comprar meu próprio apartamento, vou contratar um profissional e cuidar desses problemas da forma mais rigorosa possível.

    :)

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Crie uma conta ou entre para comentar

    Você precisar ser um membro para fazer um comentário






    Sobre o Clube do Hardware

    No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

    Direitos autorais

    Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

    ×