Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
leumelo

Multimetro

Recommended Posts

Eu queria uma informação eu tinha um multimetro mas ele quebrou agora eu vou comprar um novo eu queria saber qual é mais recomendado um analogico (se for analogico coloquem a marca dele caso saibam) ou um digital (também coloque a marca dele) quais vocês me idicao e qual marca é melhor

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Bom, o melhor ANALÓGICO é o (FT360TRNL) além de ser bem barato,mas um TÉCNICO deve ter os dois ANALÓGICO E DIGITAL , então lá vai um ótimo digital:(MD-6130 da ICEL),pra terminar fique ciente que um multímetro exige um certo conhecimento por parte de quem o usa caso contrário o mesmo estraga com facilidade.

Editado por sauloRJ
  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Boa noite.

Esse modelo da Icel que o Saulo Indicou é o mesmo que eu tenho e me atende em tudo o que eu preciso, mas o valor de um desses está em torno dos 100,00.

Se você quer um multímetro para a vida toda, compre um Fluke, mas se estais iniciando e aprendendo a usar o multímetro e aprendendo a usá-lo, compre um daqueles amarelinhos da Hikari de 20 pilas. A Icel tem também o MD-1000, que custa 25 pilas na Sta Efigênia.

Compre tranquilamente um desses multímetros super baratinhos da Hikari que são bastante precisos e atendem ao básico muito bem. Se estais começando a usar um multímetro, não vale a pena estourar um de alto valor.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
mas um TÉCNICO deve ter os dois ANALÓGICO E DIGITAL

Eu só tenho um digital, nunca precisei de um analógico, apesar de já o ter usado algumas vezes. Quem tem preferência por analógico geralmente é o pessoal mais antigo, com mais costume de usá-lo.

Minha preferência é exclusivamente por um bom digital, que faz tudo que um analógico faz e mais um pouco, além de ser muito mais prático.

Se estais começando a usar um multímetro, não vale a pena estourar um de alto valor.

Aí é que tá a graça de um multímetro de alto valor. Ele é praticamente indestrutível.

Tenho um ET-2042D da Minipa e ele realmente suporta bastante erro, inclusive colocar em escala de continuidade (diodo) e medir sobre um capacitor carregado. Já fiz isso algumas vezes em TV onde alguns capacitores permanecem carregados por um tempo e ele ainda está firme e forte.

Para uso profissional, um desses de 20 reais não suporta. Conseguimos queimar 3 em uma semana usando na loja, depois de nos acostumarmos com o Minipa que suporta bastante coisa.

Se o uso do colega for "amador" e principalmente para baixas tensões, pode comprar um de 20 reais sem medo. Além da Minipa, a Icel é muito boa. Dessas duas marcas existem multímetros de aproximadamente 30 reais, se não menos.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Leandro dl, o pessoal da antiga prefere o analógico,pois o mesmo permite fazer teste DINÂMICO em diodos, transistor,capacitores e outros componentes ,enquanto o digital por fornecer uma corrente de teste BAIXA na maioria das vezes só faz um teste ESTÀTICO, mas para se utilizar o analógico o técnico deve ter um ótimo conhecimento em relação aos componentes que se está testando.Quanto a certos multímetros digitais serem INDESTRUTÍVEIS isso não condiz nem mesmo com os manuais dos fabricantes, que aconcelham extremo cuidado e perícia, no uso desses equipamentos.

Editado por sauloRJ
texto
  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Leandro dl, o pessoal da antiga prefere o analógico,pois o mesmo permite fazer teste DINÂMICO em diodos, transistor,capacitores e outros componentes ,enquanto o digital por fornecer uma corrente de teste BAIXA na maioria das vezes só faz um teste ESTÀTICO, mas para se utilizar o analógico o técnico deve ter um ótimo conhecimento em relação aos componentes que se está testando.Quanto a certos multímetros digitais serem INDESTRUTÍVEIS isso não condiz nem mesmo com os manuais dos fabricantes, que aconcelham extremo cuidado e perícia, no uso desses equipamentos.

Por isso não falei que são INDESTRUTÍVEIS e sim PRATICAMENTE INDESTRUTÍVEIS. Eles se estragam sim, com certeza. Mas enquanto você estraga 10 "amarelinhos" em serviços com tensões mais elevadas, nenhum multímetro mais caro é estragado. Te digo por experiência própria, pois os "amarelinhos" não duravam praticamente nada quando utilizávamos eles para medir componentes em TV assim como fazemos com o Minipa há anos.

Qualquer engano cometido com o "amarelinho" era certeza de o ter estragado.

Quanto a analógicos e digitais, não acho que para medir componentes um seja melhor que outro. Até hoje não tive provas disso. Acredito que vá mais do gosto de quem o utiliza, de estar mais familiarizado com um modelo ou com outro.

Isso é uma opinião minha, posso estar errado, mas já utilizei os 2 e não vi diferença que justificasse que um é melhor ou pior que outro.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tudo que postei nesse tópico acerca de multímetros, foi baseado em anos de estudo,pesquisa e trabalho em bancada e com o único intuito de ajudar, pois é para isso que serve a tecnologia.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Tudo que postei nesse tópico acerca de multímetros, foi baseado em anos de estudo,pesquisa e trabalho em bancada e com o único intuito de ajudar, pois é para isso que serve a tecnologia.

Me explique então, por favor, a diferença entre um teste Estático e um teste Dinâmico.

Não estou sendo irônico, estou falando sério. Não sei a diferença entre eles.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Basicamente o multímetro analógico tem resposta rápida a uma variação de tensão ou corrente(existe alicates amperímetro analógicos bastante procurados).

Um uso tipico para o analógico seria medir capacitores, no analógico ejeta uma pequena tensão para medir resistência que você usa para capacitores, não tem como fazer no multímetro digital. Antigamente tinha mais uso o analógico devido a falta de instrumentos para um técnico (frequencímetro, capacitimetro, osciloscópio), hoje em dia se tem multímetros digitas com muitas funções.

O multímetro digital leva tempo pra mostrar o valor, por esse motivo os digitais mais caros tem escala analógica, o proposito é você enxergar uma variação por isso uma barra, em vez de display numérico.

Editado por rafael.luc
  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Primeiro eu recomendo a todos que gostam de multímetro lerêm este excelente livro do professor NYLTOM BRAGA:(TUDO SOBRE MULTÍMETROS), da editora saber.Agora o que é um teste DINÂMICO:Um multímetro analógico simula o funcionamento de vários componentes diferentes,simplesmente por causa da corrente e tensão elevada que o mesmo aplica sobre o componente que é (3volts)/(150miliampéres),na scala Rx1 tipicamente,,, um exemplo prático é que você pode retirar as pilhas pequenas de um controle remoto e ligar as ponteiras do meter que o aparelho funcionará, outro exemplo é no teste de leds, você consegue fazelo acender nítidamente,em teste de motor de dvd, videogames você visualiza o movimento dos mesmos.AGORA TESTE ESTÁTICO:os meters digitais na sua maioria geram em sua scala de diodo 2.8volts/1miliampéres por isso não fazem um teste dinâmico pois a corrente é muito baixa.Não estou desqualificando o meter digital pois tenho 2 um minipa e outro icel, só estou tentando mostrar a diferença entre eles.

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Está claro que ambos têm seu lugar na elétrica e eletrônica.

Com um meter analógico, para se medir um capacitor de uns 100 microFarads, bastava ver se o ponteiro fosse até o fim da escala e retornasse ele todo. Se o ponteiro ficasse no caminho, o capacitor tinha alguma fuga. Assim meu pai media capacitores na oficina.

Também tenho os dois.

Alguém já viu algum V.U. Meter em aparelhos de som que mostre valores, aliás, os melhores e mais agradáveis V.U.s são os de ponteiro.

Medir corrente com um Meter Analógico é interessante porque vemos em tempo real as variações da corrente, já que o ponteiro se mexe a cada variaçãozinha na medição.

Entretanto, ambos realizam, praticamente, qualquer medição. O meter digital já mostra em números claros a medição enquanto o analógico, deve-se calcular a escala algumas vezes.

Ainda assim bato na mesma tecla de que um iniciante deve começar seu caminho iônico com um multímetro muito baratinho. Quantas foram as vezes que medi corrente e logo depois fui medir tensão e ....

Hoje temos muita variedade e muita opção, graças ao oriente. Antigamente as opções eram ou um multímetro analógico e caro ou um multitester caríssimo digital com botões na lateral (quando eu era criança queria ter um desse).

  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Está claro que ambos têm seu lugar na elétrica e eletrônica.

Com um meter analógico, para se medir um capacitor de uns 100 microFarads, bastava ver se o ponteiro fosse até o fim da escala e retornasse ele todo. Se o ponteiro ficasse no caminho, o capacitor tinha alguma fuga. Assim meu pai media capacitores na oficina.

Também tenho os dois.

Alguém já viu algum V.U. Meter em aparelhos de som que mostre valores, aliás, os melhores e mais agradáveis V.U.s são os de ponteiro.

Medir corrente com um Meter Analógico é interessante porque vemos em tempo real as variações da corrente, já que o ponteiro se mexe a cada variaçãozinha na medição.

Entretanto, ambos realizam, praticamente, qualquer medição. O meter digital já mostra em números claros a medição enquanto o analógico, deve-se calcular a escala algumas vezes.

Ainda assim bato na mesma tecla de que um iniciante deve começar seu caminho iônico com um multímetro muito baratinho. Quantas foram as vezes que medi corrente e logo depois fui medir tensão e ....

Hoje temos muita variedade e muita opção, graças ao oriente. Antigamente as opções eram ou um multímetro analógico e caro ou um multitester caríssimo digital com botões na lateral (quando eu era criança queria ter um desse).

Sobre as variações mais rápidas do ponteiro é notável, mas nunca foi algo que me atraiu até porque nunca (falo apenas por mim) precisei de um aparelho que fizesse essas pequenas medições de forma rápida.

Quanto a capacitores, eu comprei um maravilhoso CAPACÍMETRO que já me foi útil inúmeras vezes. Apesar de não medir ESR, apenas Capacitância, ajuda muito e vai desde 1pF até 20000uF.

Sobre medir corrente e logo após medir tensão, já fiz isso também e acho que todo mundo já fez alguma bobeira parecida. Eu mesmo já coloquei em escala de continuidade para medir um componente e logo em seguida fui verificar um fusível de um aparelho que havia ligado à rede tempos antes. O coitado do multímetro apitou tipo "pi...pi...pi...pi...pi" e mesmo assim ainda funciona.

Essa é a vantagem de um multímetro mais caro, mas caso seja para aprendizado, um multímetro de 20 reais serve para aprender e ainda dá para trabalhar com ele. Eu mesmo já trabalhei com um, porém certas "bobeiras" ele não suporta. Conheço quem trabalhe com esses multímetros amarelinhos e a única manutenção é a bateria.

Por fim, acho que o multímetro a ser escolhido, analógico ou digital, depende da PREFERÊNCIA do técnico e do trabalho e ser realizado. Não cheguei ao ponto ainda de precisar de um analógico, mas quem sabe um dia...

Por enquanto, o múltímetro digital, capacímetro e osciloscópio me foram muito úteis, apesar desse último só ser necessário em poucos casos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Leandro dl, digitais tenho 3, analógico no momento nem tenho, mas não dispenso um FTR360NL, analógico.

post-970332-13884962862438_thumb.jpg

Editado por sauloRJ
foto

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Quanto a capacitores, eu comprei um maravilhoso CAPACÍMETRO que já me foi útil inúmeras vezes. Apesar de não medir ESR, apenas Capacitância, ajuda muito e vai desde 1pF até 20000uF.

.

pode me falar qual capacímetro é este? Preciso de um mas so acho aqui que vai ate 100uf.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ele falou tanto em minipa, que talvez seja esse que eu tenho (MC-152 da MINIPA), mede (1pf) a (20000micro farads). além de que a marca é ótima.

post-970332-13884962860476_thumb.jpg

Editado por sauloRJ
foto
  • Curtir 1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

achei aqui este http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-231518526-mc-153-minipa-capacimetro-digital-novo-nfiscal-e-garantia-_JM

tava pensando em este multímetro aqui que vem com capacímetro e indutimetro

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-233674172-multiteste-digital-impac-c-capacimetro-e-indutimetro-nota-_JM

agora to em duvida rs.

so pra não desviar o topico do colega ai, com um multímetro analógico fica melhor pra ver as variações de corrente em um transistor pois é melhor ver o ponteiro indo e vindo do que números. eu tenho aqui um analógico e 4 digital kkkk tudo amarelim

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

...além de ser boa, ela tem uma assistência técnica que realmente repara os meters, ao contrário da Icel, que não repara os aparelhos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O minipa todo técnico conhece e elogia, já esse IMPAC é a primeira vez que ouço falar.

Editado por sauloRJ
texto

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
achei aqui este http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-231518526-mc-153-minipa-capacimetro-digital-novo-nfiscal-e-garantia-_JM

tava pensando em este multímetro aqui que vem com capacímetro e indutimetro

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-233674172-multiteste-digital-impac-c-capacimetro-e-indutimetro-nota-_JM

agora to em duvida rs.

so pra não desviar o topico do colega ai, com um multímetro analógico fica melhor pra ver as variações de corrente em um transistor pois é melhor ver o ponteiro indo e vindo do que números. eu tenho aqui um analógico e 4 digital kkkk tudo amarelim

É exatamente esse capacímetro aí do primeiro link, o que tenho. Muito bom, compensa o valor investido.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os multímetros multi medidas, quando vem com capacitimetros raramente passa dos 200uF, o range esta das descrição, não sei porque sua duvida?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Também não entendi o (arh), primeiro ele queria um capacímetro que medice até 20000micro-farad, e depois ficou em "dúvida" entre o minipa e o EMPAC?, e esse empac nem é capacímetro é multi-test, kkkkk... que apenas consegue medir no máximo 200micro-farad, kkkkk...e eu ainda perdi meu tempo tentanto ajudalo, ou ele não sabe nada ou......?

Editado por sauloRJ

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Os multímetros multi medidas, quando vem com capacitimetros raramente passa dos 200uF, o range esta das descrição, não sei porque sua duvida?

opa, minha duvida nao era em relaçao ao capacimetro do multimetro, minha duvida era se investia em um multimetro melhor que os meus aqui, com um capacimetro fraco mas que ja ajudaria um pouco e vem com um indultimetro que tambem me ajudaria aqui, ou um capacimetro bom e continuaria com meus amarelinhos, e depois comprar um multi melhor. abraço.

e depois ficou em "dúvida" entre o minipa e o EMPAC?, e esse empac nem é capacímetro é multi-test,

Se voce aprender a ler direito o que as pessoas escreve iria ver que coloquei la " OU ESTE MULTIMETRO"
kkkkk...e eu ainda perdi meu tempo tentanto ajudalo

nao pedi pra tu me ajudar, perguntei para o colega leandro dl, se tu achas que ajudar os outros é perca de tempo é so nao ajudar.

Editado por arh

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
opa, minha duvida nao era em relaçao ao capacimetro do multimetro, minha duvida era se investia em um multimetro melhor que os meus aqui, com um capacimetro fraco mas que ja ajudaria um pouco e vem com um indultimetro que tambem me ajudaria aqui, ou um capacimetro bom e continuaria com meus amarelinhos, e depois comprar um multi melhor. abraço.

Entendi agora, esse multi função que citou não tem nada de especial.

Na minha opiniao, veja esse aqui:

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-425998075-capacimetro-indutimetro-icel-lc-301-_JM

OBS: Tem uns dois modelos ICEL com esse codico, não são iguais precisa pesquisar..

Alternativa para seus amarelinhos:

Não mede corrente AC:

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-425998075-capacimetro-indutimetro-icel-lc-301-_JM

Corrente AC (200mA max) e frequencímetro (Ótimo range por sinal)

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-235636339-multimetro-portatil-de-bolso-minipa-et-1700-pocket-mini-slim-_JM

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

tava olhando com calma aquele multimetro que postei e nao tem muita coisa mesmo nao, mas rafael agora tu me deu uma dica muito boa, esse multimetro Portátil De Bolso Minipa Et-1700 ta otimo pra mim, e o preço tambem, e ainda poderia comprar esse Capacímetro Indutímetro por ti mencionado haha. vou pesquisar um lugar onde vende os 2 pra so ter que pagar um frete.

OBS: Tem uns dois modelos ICEL com esse codico, não são iguais precisa pesquisar..

Beleza irei pesquisar direitinho sim.

valeu ai vei, agora ate me animei, pois a grana ta curta rs. valeu mesmo velhinho ...

obs:

http://produto.mercadolivre.com.br/M...cel-lc-301-_JM

OBS: Tem uns dois modelos ICEL com esse codico, não são iguais precisa pesquisar..

Alternativa para seus amarelinhos:

Não mede corrente AC:

http://produto.mercadolivre.com.br/M...cel-lc-301-_JM

é o mesmo link amigo

Editado por arh

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Postado por (arh):

so pra não desviar o topico do colega ai, com um multímetro analógico fica melhor pra ver as variações de corrente em um transistor pois é melhor ver o ponteiro indo e vindo do que números. eu tenho aqui um analógico e 4 digital kkkk tudo amarelim

Editado por sauloRJ
texto

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×