Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.
adeilton2012

Energia eletrica infinita,ventilador,alternador.

Recommended Posts

Galera vocês já viram aqueles novos inversores chamados grid tie, que pegam a energia produzida por placa solares ou geradores eólicos e os injetam na rede doméstica novamente fazendo em muitos casos o relógio do contador girar para trás, e alem disso dispenssa o uso de baterias e de outros componentes.

Pois é minha ideia é a seguinte, pegar um alternador automotivo e aclopar em ventilador faze-lo girar com ajuda de uma polia, fazer um pequeno circuito para retificar a corrente e jogar no grid tie acho que talvez funcione, estou sem condiçoes de comprar agora os componentes, mas se alguem tiver em casa e quiser fazer e puder postar o resultado fico agradecido.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tudo certo se dispuseres de bom vento, suficientemente forte para tocar teu ventilador ao contrário, driveando o alternador, e se tomares dessa energia gerada pelo alternador, e após retificada como afirmas, passe por um inversor que gere a tensão semelhante a da rede elétrica, em 60 Hz, sincronizada com essa rede elétrica e ainda controle essa inserção na rede elétrica, não pode ser "a moda Miguelão" não.. Isso tudo sai caro..

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Se a sua ideia é colocar uma hélice em um alternador, tem um pequeno problema: terá que ser uma hélice muito grande, talvez eu esteja errado, mas imagino que uma hélice de ventilador não teria um tamanho suficiente para fazer o motor girar, já que quanto mais energia o motor gerar, mais pesado fica o eixo.

Se for um projeto para aprender e estudar sobre isso é muito interessante, agora se a ideia for apenas economia, imagino que iria levar décadas para você economizar na luz o que foi pago nos equipamentos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Tudo certo se dispuseres de bom vento, suficientemente forte para tocar teu ventilador ao contrário, driveando o alternador, e se tomares dessa energia gerada pelo alternador, e após retificada como afirmas, passe por um inversor que gere a tensão semelhante a da rede elétrica, em 60 Hz, sincronizada com essa rede elétrica e ainda controle essa inserção na rede elétrica, não pode ser "a moda Miguelão" não.. Isso tudo sai caro..

    Obrigado pela resposta faller, mas este inversor que citei ele faz exatamente isto, ele já transforma instantaneamente a energia gerada pelo gerador em energia eletrica igual a da concecionária e tem um sistema que faz primeiro voce usar a energia gerada e depois se precisar ele completa com a da rede, e no meu caso não usarei a força do vento para girar o alternador usarei um ventilador ligado na tomada e com uma liga elastica amarrarei no ventilador fazendo girar junto com o alternador.

    Se a sua ideia é colocar uma hélice em um alternador, tem um pequeno problema: terá que ser uma hélice muito grande, talvez eu esteja errado, mas imagino que uma hélice de ventilador não teria um tamanho suficiente para fazer o motor girar, já que quanto mais energia o motor gerar, mais pesado fica o eixo.

    Se for um projeto para aprender e estudar sobre isso é muito interessante, agora se a ideia for apenas economia, imagino que iria levar décadas para você economizar na luz o que foi pago nos equipamentos.

    Amigo minha ideia não é colocar a hélice no ventilador e sim acoplar uma correia no ventilador ligado no alternador e fazelo girar em altisssima rotação fazendo-o

    gerar mais do que ele consome e assim jogar esta energia diretamente na rede

    atraves do inversor especial grid tie que foi desenvolvido para isto, acho que esta ideia é boa, não tenho o grid tie ainda mas quem tiver e testar postem por favor o resultado.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    ...minha ideia não é colocar a hélice no ventilador e sim acoplar uma correia no ventilador ligado no alternador e fazelo girar em altisssima rotação fazendo-o

    gerar mais do que ele consome e assim jogar esta energia diretamente na rede

    atraves do inversor especial grid tie que foi desenvolvido para isto, acho que esta ideia é boa, não tenho o grid tie ainda mas quem tiver e testar postem por favor o resultado.

    Tá bom...

    Onde você estava quando a Tia Nazinha, professora de física lá do colégio, falou sobre eficiência dos dispositivos..

    Como a eficiência dos dispositivos de transformação de energia nunca chega a 100%, sempre será demandada maior energia para acionar os mesmos do que a energia liberada pelos mesmos..

    Desse modo gastarias muito mais energia para tocar o ventilador do que seu alternador, ligado mecanicamente a esse, conseguiria gerar..

    Viu o que dá faltar a aula??? Te custou o mico de proferir essa baboseira citada..

    Traduzindo, pois podes ter faltado também a aula de português...

    Se gastares digamos só como exemplo, 100 Watts para tocar o ventilador, vais poder gerar de energia no alternador ligado a ele somente algo como 30 a 40 Watts... E ai meu amigo, nessa confusão perdestes de 60 a 70 Watts que não se recuperam nem que a vaca tussa

    Elementar...

    E porque ventilador?? Para perder mais energia a tocar o vento ainda???

    Tenha paciência caro colega... Que a tia Nazinha nem saiba... Vai morrer de vergonha..

    • Curtir 2

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Esqueça esse Ventilador e Faça Construa logo um Aerogerador usando pelo menos esse alternador aí.

    Aqui mostra como montar um inclusive tem um programa online para fazer uns cálculos.

    http://www.electronica-pt.com/index.php/content/view/17/29/

    Como o faller disse, isso não é barato. para jogar na rede tem que ser uma coisa bem feita e mais Profissional possível.

    MoreOne alternador fica mais pesado a medida em que é mais solicitado e pedir mais que que pode aí fica pesado mesmo

    no carro um alternador errado pode até roubar cavalos de potencia em motor por conta desse peso.

    adeilton2012. Pesquise mais sobre Micro geração

    Agora eu não entendi essa historia de contador rodar ao contrario:wacko: porque o normal são dois, um contador de compra e outro de venda.....

    Editado por felipe236

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Esqueça esse Ventilador e Faça Construa logo um Aerogerador usando pelo menos esse alternador aí.

    Aqui mostra como montar um inclusive tem um programa online para fazer uns cálculos.

    http://www.electronica-pt.com/index.php/content/view/17/29/

    Como o faller disse, isso não é barato. para jogar na rede tem que ser uma coisa bem feita e mais Profissional possível.

    MoreOne alternador fica mais pesado a medida em que é mais solicitado e pedir mais que que pode aí fica pesado mesmo

    no carro um alternador errado pode até roubar cavalos de potencia em motor por conta desse peso.

    adeilton2012. Pesquise mais sobre Micro geração

    Agora eu não entendi essa historia de contador rodar ao contrario:wacko: porque o normal são dois, um contador de compra e outro de venda.....

    O contador ao qual me referi é o relógio de luz é a peça que citei é o inversor grid tie vou passar o link para vocês entenderem melhor o funcionamento da peça http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-237579399-inversor-grid-tie-1200w-para-aerogerador-e-painel-solar-_JM

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    O contador ao qual me referi é o relógio de luz é a peça que citei é o inversor grid tie vou passar o link para vocês entenderem melhor o funcionamento da peça http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-237579399-inversor-grid-tie-1200w-para-aerogerador-e-painel-solar-_JM

    Como é a coisa já deu para entender...Nada errado ai... Justo esse inversor é aquele que te falei lá no outro post...do início..

    Note, todo equipamento elétrico tem uma eficiência, que diz o quanto da energia aproveitas, daquela por ele tomada da rede..

    O que está errado é seu pensamento de fazer um ventilador rodar, tomando energia da rede para isso, nele ligando um alternador e logo, um desses Grid tie para devolver energoia gerada para a rede..

    Pense comigo..

    Digamos que as eficiências sejam essas ai (chute algumas realidade outras)

    Ventilador, com a tarefa de tocar um alternador: 30%

    Alternador: 60%

    Grid Tie: 90%

    Se tomares da rede 100 Watts para alimentar o ventilador, sobra na saída do mesmo 30 Watts aproveitáveis de energia cinética

    Esses 30 Watts de energia cinética rodando um alternador gerará 30W x 0,6 = 18 Watts de energia elétrica

    Esses 18 Watts de energia elétrica, se aplicados ao grid tie ele será capaz de devolver a rede algo como 18 x 0,9 = 16,2 Watts

    Grande negócio ... Tomastes 100 Watts da rede e devolves para ela 16,2 Watts.. Grande negócio hein????

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Dá para aproveitar a carcaça e construir um módulo para usar no carro... Agora falando sério, qual ventilador conseguiria tocar um alternador? Não tem como gastar energia para gerar mais energia ainda. A solução mais viável seria a construção de um gerador atômico, mas daria muito trabalho e altos custos. A outra seria a construção de um aerodínamo, mas o custo seria alto também. Ou seja, gerar mais energia usando a energia (comprada) não existe!

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    lol 1000 conto só para aproveitar a carcaça em um módulo. Essas caixa tem para vender:D

    se fosse possível gerar mais energia usando a energia da mesma fonte, já tinha feito aqui uma estação de geração de energia com uns 1000 desses e até melhor a muito tempo.

    Posto aqui um projeto de gerador vertical a vantagem dessa forma é que vai girar não importando o sentido do vento. veja é bem simples de fazer

    acredito que com um conjunto de polias uma grande para o gerador junto com do alternador pode melhorar ainda mais. lembrando que tem que ser maior que o do video para conseguir rodar esse alternador na velociade ideal e óbvio vento no minimo 3m/s^_^

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    só lembrando um princípio que estamos esquecendo também, e acho que o Faller tentou dizer

    SEMPRE haverá perdas. Então elas terão de ser dimensionadas. Uma polia grande tu terás perda que o ventilador terá de ter mais velocidade, ou força, para tocar ela.....

    A polia, a correia, e o alternador, todos tem perdas. O alternador pesa, a polia também, a correia tem o atrito..... então terá de tudo ser muito bem dimensionado

    só lembrando um princípio que estamos esquecendo também, e acho que o Faller tentou dizer

    SEMPRE haverá perdas. Então elas terão de ser dimensionadas. Uma polia grande tu terás perda que o ventilador terá de ter mais velocidade, ou força, para tocar ela.....

    A polia, a correia, e o alternador, todos tem perdas. O alternador pesa, a polia também, a correia tem o atrito..... então terá de tudo ser muito bem dimensionado

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    heheHe!

    Não é a primeira vez (e provavelmente nem a última) que me deparo com tópicos para geração de "energia infinita", "moto-contínuo", etc.

    Mesmo que não houvesse perdas no sistema, o máximo que você conseguiria é armazenar energia, e não "criar" energia do nada.

    Agora se mudar de ideia e pensar em uma forma de converter energia solar ou eólica em energia elétrica, é uma boa ideia!

    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • heheHe!

    Não é a primeira vez (e provavelmente nem a última) que me deparo com tópicos para geração de "energia infinita", "moto-contínuo", etc.

    Mesmo que não houvesse perdas no sistema, o máximo que você conseguiria é armazenar energia, e não "criar" energia do nada.

    Agora se mudar de ideia e pensar em uma forma de converter energia solar ou eólica em energia elétrica, é uma boa ideia!

    tem alguns videos no you tube ensinando a modificar motores de ventiladores de teto, vou tentar fazer um gerador eolico mesmo.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Se for seguir o teu princípio, esqueça, pelo seguinte motivo:

    Vamos supor que teu ventilador e teu altenador tivessem um índice de 100% de eficiencia. Toda a potência gerada pelo ventilador iria girar o altenador, que iria fazer o mesmo girar novamente.

    Agora algo um pouco mais real, se o seu alternador gerasse 99,99W para cada 100W de potencia do ventilador, você precisaria injetar 0,01W para manter o sistema funcionando, sem aproveitar nada, ou seja, por mais perfeito que seja o sistema não tem como deixar um alimentando o outro e ainda extrair energia, se você conseguir fazer isso, de brinde vai um prêmio nobel xD.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Cês qué gerá energia com um alternador?

    Vai aqui uma sugestão de visita a um fórum que só trata disso. Talvez abra a cuca do pessoal mais entusiasmado.

    http://novaenergia.pt/forum/viewtopic.php?f=79&t=8127&start=40

    No mínimo, interessante.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
  • Autor do tópico
  • Galera através de modificações no rotor e estator de um ventilador caseiro consegui fazer um aerogerador, só que medi as tensões do mesmo e ele esta gerando cerca de 50 a 65 volts dc, quero carregar uma bateria de 12 volts o que devo fazer agora, pois tenho pouco conhecimento em eletronica.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Uma pergunta, só por desencargo de consciencia, mas você está usando o vento do ambiente mesmo, ou um vento gerado por outro ventilador?

    Se for o vento utilizado por outro ventilador esqueça, você está perdendo energia apenas, se for o do ambiente aí está OK.

    O circuito teria de ser algo parecido com os carregadores de baterias de sistemas de painéis solares, também não sei se pode ser bateria automotiva ou teria que ser bateria estacionária para esse caso.

    você precisa também estipular o quanto o ventilador gera de potência, ligue uma lâmpada de 100W ou mais na saída e monitore a corrente e a tensão, pois dependendo de quanto isso gere, a menos que seja com intuito educacional, você vai levar décadas para que o que você gastou com o sistema seja igual ao que você economizou na energia elétrica.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    Galera através de modificações no rotor e estator de um ventilador caseiro consegui fazer um aerogerador, só que medi as tensões do mesmo e ele esta gerando cerca de 50 a 65 volts dc, quero carregar uma bateria de 12 volts o que devo fazer agora, pois tenho pouco conhecimento em eletronica.

    Quais modificações? Fiquei curioso...:confused:

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    também entrei na onda de energia infinita, mais pelas leis de Lavoisier na natureza nada se cria nada se perde tudo se transforma, nao a possibilidades de tirar energia do nada,

    mas a videos no youtube de movimentos providos de ima, que em escala maior poderia girar um gerador para alimentar uma casa,

    o grande problema que vi é que com tempo, os imas, podem se imantar e "perder a força magnetica"

    sempre brinco com meu professor de maquinas eletricas de "criar" energia com imã e ele fala que nao se cria energia do nada e eu respondo não é energia do nada e sim do magnetimos.

    esse aqui é um link bem curioso e me fez entra na onda. como disse o problema seria os ima imanta mais fora isso

    ps: a coisas no video que é impossivel, mais a do americano com as rodas e ima creio ser bem verdadeira e quando tiver dinheiro farei o projeto e com mais ainda farei o ultima da maquina toda de metal que esta aos 27 minutos de video

    Editado por cpexpert

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    tá bom...

    Onde você estava quando a tia nazinha, professora de física lá do colégio, falou sobre eficiência dos dispositivos..

    Como a eficiência dos dispositivos de transformação de energia nunca chega a 100%, sempre será demandada maior energia para acionar os mesmos do que a energia liberada pelos mesmos..

    Desse modo gastarias muito mais energia para tocar o ventilador do que seu alternador, ligado mecanicamente a esse, conseguiria gerar..

    Viu o que dá faltar a aula??? Te custou o mico de proferir essa baboseira citada..

    Traduzindo, pois podes ter faltado também a aula de português...

    Se gastares digamos só como exemplo, 100 watts para tocar o ventilador, vais poder gerar de energia no alternador ligado a ele somente algo como 30 a 40 watts... E ai meu amigo, nessa confusão perdestes de 60 a 70 watts que não se recuperam nem que a vaca tussa

    elementar...

    E porque ventilador?? Para perder mais energia a tocar o vento ainda???

    Tenha paciência caro colega... Que a tia nazinha nem saiba... Vai morrer de vergonha..

    - no verÃo o ventilador fica ligado praticamente o dia todo, jogando vento e energia fora, essa energia desperdisada pode sim ser aproveitada. Pode se carregar bateria de varios amperes, alguem ja ouviram falar em tranformador de energia, de 110 para 220 e vice e versa. Obraigado, aceito elogios ofensa nÃo.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    - no verÃo o ventilador fica ligado praticamente o dia todo, jogando vento e energia fora, essa energia desperdisada pode sim ser aproveitada. Pode se carregar bateria de varios amperes, alguem ja ouviram falar em tranformador de energia, de 110 para 220 e vice e versa. Obraigado, aceito elogios ofensa nÃo.

    Mas o ventilador foi feito pra isso mesmo, ventilar, isso não é jogar energia fora.

    E esse transformador de 110-220v, não cria energia nenhuma. Ele eleva a tensão, no caso deste dobra a tensão e divide a corrente pela metade.E vice versa.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Me desculpe não estou acompanhando o tópico, mas na questão de energia infinita com a tecnologia de hoje creio que seja impossível, pois também temos a lei da conservação de energia e para um caso ideal um gerador infinito funcionaria, mas pra realidade tempos vários tipos de eventos que consomem ou mesmo retiram energia de um gerador, por exemplo, atrito mecânico, temperatura ambiente, temperatura do gerador, você poderia criar um gerador com 99,9% de eficiência mas não 101%. E mesmo com 99,9% uma hora esse gerador vai parar....

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    você pode ate usar um alternador.mas escolha um mais antigo como o do CORCEL I ou II que geram na alta e baixa rotacao( os mais modernos so geram a partir de 1000rpm). Pode usar a polia de uma maquina de lavar para gerar força ou velocidade. mas nao esqueça faça uma turbina eolica( caseira mesmo),e magnetize o seu alternador com imas de alto falantes mesmo. ou use um ventilador de teto que é mais leve. boa sorte.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites
    você pode ate usar um alternador.mas escolha um mais antigo como o do CORCEL I ou II que geram na alta e baixa rotacao( os mais modernos so geram a partir de 1000rpm). Pode usar a polia de uma maquina de lavar para gerar força ou velocidade. mas nao esqueça faça uma turbina eolica( caseira mesmo),e magnetize o seu alternador com imas de alto falantes mesmo. ou use um ventilador de teto que é mais leve. boa sorte.

    Acredito que não adianta fazer armengues.

    Estas coisas para funcionar com o mínimo de eficiência aceitável, precisam de cálculos avançados de engenharia eletro-mecânica. São muitos detalhes.

    Precisam de peças dedicadas que forneçam a mais alta eficiência.

    Peças como estas teriam que ser fabricadas por encomenda, o que sairia extremamente caro para apenas uma unidade.

    As hélices precisam de um ajuste bem preciso cuja eficiência não é igual em todas as velocidades de vento. É calculada para dar eficiência máxima numa velocidade de vento que gere perto da potência máxima.

    Trazendo o entendimento para a nossa área, é como se fosse uma espécie de impedância entre o vento e o rotor e a hélice. Se estiverem fora de ajuste não dá rendimento adequado.

    Outra coisa é que só é viável onde tem ventos constantes e fortes.

    Tendo vento suficiente, é mais viável comprar uma pronta.

    Um aerogerador que gera 400 watts com ventos de 10 metros por segundo, está por aproximadamente R$ 2.000,00.

    É um produto feito com materiais de qualidade elevada, e tem vida útil entre 15 a 20 anos. por isso o preço é justo.

    Você pode conecta-lo a um inversor Grind tie e conectar o inversor à rede elétrica. Se existir vento suficiente para gerar pelo menos uma média 240 watts, o investimento será pago em pouco tempo.

    Calculo que 250 watts custe aproximadamente R$ 50,00 por mês na conta de energia. Com 250 watts sendo injetados na rede elétrica, a conta de energia viria com 250 watts a menos, aproximadamente 50 reais a menos todos os meses.

    Depois de 3 anos e meio você terá 250 watts de graça.

    Não é só uma energia renovável, é também um investimento maravilhoso tendo em vista que nos próximos 3 anos e meio seguintes, você lucraria aproximadamente 2.000,00 referente aos constantes abatimentos na conta de energia.

    Investimento muito melhor que poupança, mas veja que depende muito de um estudo dos ventos para ver a viabilidade.

    Editado por albert_emule
    • Curtir 1

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Li o tópico todo e a ideia do colega que o criou é absurda.

    Mas sempre tive umas dúvidas sobre a geração de energia com Imãs como o colega cpexpert disse.

    Alguém já ouviu falar dos imãs feitos de Neodímio Ferro-Boro?

    Eu comprei alguns, eles são menores que uma moeda e não tem marombado que consegue coloca-los juntos (os mesmos polos).

    Eu tentei empurrar um contra o outro, eles simplesmente não encostam!! Por maior que seja a força aplicada.

    Essa força de repulsão pode ser aplicada para movimentar algo (eu acho) rsrs

    São muito fortes e segundo o fabricante não perde suas propriedades magnéticas. Só não pode aquecê-los acima de 85°C, ai eles perdem suas propriedades magnéticas.

    Comprei esses:

    pl252789-neodymium_iron_boron_magnetic_rods_for_electrical_machinery_n40.jpg

    Eu pensei em coloca-los em um eixo num dínamo e fazer uma outra estrutura pra ver se mantem a rotação. Só preciso é dimensionar a posição dos imãs para mante-los sempre em repulsão e em um único sentido.

    Acho que se conseguisse gerar pelo menos 12V com 1 A de corrente já dava pra fazer alguma coisa..

    Pelos testes que eu fiz aqui, o problema é dimensionar a polia que ficará presa no dínamo com os imãs que ficaram ao redor fazendo eles girarem, em constante repulsão e num sentido só.

    Por que a força pra empurrar eu garanto, o Neodímio Ferro-Boro tem.

    Compartilhar este post


    Link para o post
    Compartilhar em outros sites

    Crie uma conta ou entre para comentar

    Você precisar ser um membro para fazer um comentário






    Sobre o Clube do Hardware

    No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

    Direitos autorais

    Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

    ×