Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Lepa Lança Fonte de Alimentação de 1.600 W

       
 4.222 Visualizações    21 comentários

A G1600 é a fonte de alimentação mais potente da Lepa, e possivelmente do mercado.

Lepa Lança Fonte de Alimentação de 1.600 W

A G1600 é a fonte de alimentação mais potente da Lepa, e possivelmente do mercado. Esta fera é capaz de fornecer potência contínua de 1.600 W (1.700 de pico) e tem certificação 80 Plus Gold, sistema de cabeamento modular, uma ventoinha de 135 mm com dois rolamentos de esferas, capacitores japoneses, um conversor DC-DC, seis barramentos de +12 V e proteções contra sobrecarga de potência, sobretensão, subtensão, sobrecarga de corrente, superaquecimento e curto-circuito.

Esta fonte vem com os seguintes conectores:

  • Um conector de 24 pinos para a placa-mãe
  • Dois conectores EPS12V
  • Um conector ATX12V
  • 10 conectores de alimentação para periféricos
  • 14 conectores de alimentação SATA
  • Dois conectores de alimentação para a unidade de disquete
  • 10 conectores ATX12V/EPS12V

 

 

Mais informações

Compartilhar



  Denunciar Notícia
Entre para seguir isso  

Notícias similares


Comentários de usuários


Preço? Fará o CdH um teste?

Sem chance, o SunMoon do Gabriel não chega a mais de 72A se não me engano. Se souber ler inglês, saiba que no JonnyGuru tem um review dessa fonte aí. Ela se saiu muito melhor que o esperado.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pu** que o ***** mano, 1600W de fabrica, 80Plus Gold, fabricado pela Enermax, essa é sonho de consumo na certa. Para os entusiastas, é claro rsrs.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Se for na minha cidade isto da um gasto em consumo em torno de R$ 1,50/h x10h/dia= R$ 15,00/diaX30dias=R$450,00/mêsx12meses=R$6.000,00/ano é mole, em cinco anos dá um carro zero bala só em consumo de energia. E para os que não sobrevivem sem o estabilizador, eu só queria ver a mesma espetada em algum pra ver no que ia dar.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Se souber ler inglês, saiba que no JonnyGuru tem um review dessa fonte aí. Ela se saiu muito melhor que o esperado.

Pelo que vi no teste do Jonny Guru, o máximo de ruido que ela teve foi de 25mv na linha de +5V. O resto ficou tudo abaixo disto.

Se for na minha cidade isto da um gasto em consumo em torno de R$ 1,50/h x10h/dia= R$ 15,00/diaX30dias=R$450,00/mêsx12meses=R$6.000,00/ano é mole, em cinco anos dá um carro zero bala só em consumo de energia. E para os que não sobrevivem sem o estabilizador, eu só queria ver a mesma espetada em algum pra ver no que ia dar.

Ou o estabilizador queimaria, ou a fonte desarmaria... estes estabilizadores permitem no máximo uns 150W~300W.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Qual a aplicação prática d uma fonte dessas? vocês viram q a GTX 680 foi lançada necessitando de "apenas" dois conectores auxiliares de 6 pinos, ou seja, a sede por energia está tendendo a diminuir nos novos lançamentos

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

olha.... uma fonte assim talvez para servidores, ou algo beeeem parrudo mesmo

eu ainda acho que esse lançamento foi a critério de quebrar alguma barreira... tipo "quebramos a barreira dos 1200W" algo assim, porque, a não ser entusiastas de som automotivo, com 4 baterias do volvo FH113 para carregar, não teria porque hoje tamanha necessidade

imagine, 4 fontes dessas em casa tem de ter uma rede so para elas, ou tipo, computador e chuveiro disputando espaço na rede.

Mas uma coisa me prende a atenção. Uma corsair vx550w oferece 18A na linha 12V. essa fonte tem 3 vezes mais potência, então, conta simples, uns 50A.

12V por 50A não começa a ser perigoso não? tipo, risco de choques?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Uma corsair vx550w oferece 18A na linha 12V. essa fonte tem 3 vezes mais potência, então, conta simples, uns 50A.

12V por 50A não começa a ser perigoso não? tipo, risco de choques?

Na verdade, pela etiqueta da fonte, ela oferece no máximo 133A em todas as saídas +12V juntas, resultando em 1596W, mas não entendi o que você quis dizer com perigoso, o fato de a corrente ser grande não significa que há perigo.

Editado por chaingunmaster

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

A tendência das placas atualmente é diminuir o consumo de watts. Além de ninguém conseguir aproveitar a potência desse monstro por inteiro, como o amigo de cima disse, daria pra comprar um carro só com a conta de luz hahaha :D

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Na verdade, pela etiqueta da fonte, ela oferece no máximo 133A em todas as saídas +12V juntas, resultando em 1596W, mas não entendi o que você quis dizer com perigoso, o fato de a corrente ser grande não significa que há perigo.

Eu não achei mais chaingun. Mas eu tinha lido em algum lugar que, conforme as fontes, seus fabricantes, eles separam as linhas de 12V em duas virtuais (a metade de uma normal) para evitar riscos de choque.....

por isso que postei. Eu li isso em algum lugar, mas.... não achei o link

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
olha.... uma fonte assim talvez para servidores, ou algo beeeem parrudo mesmo

eu ainda acho que esse lançamento foi a critério de quebrar alguma barreira... tipo "quebramos a barreira dos 1200W" algo assim, porque, a não ser entusiastas de som automotivo, com 4 baterias do volvo FH113 para carregar, não teria porque hoje tamanha necessidade

imagine, 4 fontes dessas em casa tem de ter uma rede so para elas, ou tipo, computador e chuveiro disputando espaço na rede.

Mas uma coisa me prende a atenção. Uma corsair vx550w oferece 18A na linha 12V. essa fonte tem 3 vezes mais potência, então, conta simples, uns 50A.

12V por 50A não começa a ser perigoso não? tipo, risco de choques?

KKKKKKKKKKK, mítico. Mas tu tá errado em falar FH 113, ou é FH 12 ou Scania 113H.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

hmmm

uma ou duas dessas devem dar segurança para uma

EVGA Classified SR-X

+ 2x process Intel Xeon E5 Socket 2011

+ 7 pci-express 3.0

+ 96GB of DDR3 1600MHz++

etc etc

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

:@ fraquinha....

haters gonna hate... kkkk...

HD6990.png

acho q é por isso q nunca ouvi falar de quad crossfirex de hd6990... claro nem deve ser possivel... obviamente a HD6990 consome energia demais pra se fazer crossfirex... o que me impressiona é q as novas tão consumindo menos kkk...

PNVH.png

=)

Editado por KarymidoN

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

cara... acho que vou comprar uma dessas.....

vou poder reativar um projeto antigo

pronto, tá aí..... já sei..... acho que tenho um uso para ela.

como diria um cara aqui no RS

300px-Paulo_Brito_3.JPG feeeeeitoooooooooooooo....

já achei uma baita serventia nela. problema será controlar a velocidade. Vou ter de fazer uma mega gambiarra para isso, com uns 9 TIP42.

Mas uma pergunta... será que essa "módica fonte" não é encomenda de algum fabricante não? tipo... lança "mundialmente" para saber que é público, mas com endereço certo? hoje em dia nada se dá para duvidar

e outra coisa... se eu usar uma fonte assim num computador que não demanda toda essa potência, salvo o desperdício de dinheiro, eu não tenho perdas, análogas àquelas de energia reativa excedente?

pergunto porque, a exemplo, eu tenho meu pc, que deve demandar uns 400W. Isso daria, tecnicamente 25% da capacidade dela.

Gente, não tenho sequer "dilmas" para comprá-la....mas suponhamos, eu não tenho uma perda pelo baixo uso da capacidade dela?

Editado por ilkyest

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×