Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Microsol Apresenta Estabilizadores Sol NG3

       
 8.859 Visualizações    6 comentários

O novo estabilizador Microsol, o Sol NG3, pode ser usado para proteger DVDs, telefones sem fio, impressoras jato de tinta e matriciais, scanners e computadores.

Microsol Apresenta Estabilizadores Sol NG3

O novo estabilizador Microsol, o Sol NG3, pode ser usado para proteger DVDs, telefones sem fio, impressoras jato de tinta e matriciais, scanners e computadores. Com quatro estágios de regulação, o estabilizador é microprocessado, fazendo com que as falhas da rede elétrica sejam identificadas e corrigidas, segundo o fabricante, em milisegundos. O produto conta, ainda, com análise TRUE RMS, que regula automaticamente a tensão do circuito elétrico. Sua carcaça é feita de plástico anti-chamas. Possui quatro tomadas de alimentação, e um LED que exibe a qualidade da tensão de rede: baixa, normal ou alta. Disponível em duas versões, com potências de 300 e 500 Watts. O primeiro tem o preço sugerido de R$ 35; e o segundo, de R$ 47.

estabilizador microsol

 

Mais informações

Compartilhar



  Denunciar Notícia
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Hum,

é uma porcaria, porcaria mesmo, mesmo sendo rápido ele ainda não consegue acompanha a fonte, fazendo ela ter que corrigir potência duas vezes.

além de todas as proteções presentes serem inúteis, pois já existem na fonte(fonte de qualidae).

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Colegas mais lembre-se muitos usam como transformador de tensão, não sejam tão insensatos. Os colegas moram em locais que a tensão deve ser 110V, se vierem para o nordeste vão ter um certo probleminha concordam? Mesmo que a grande maioria dos equipamentos sejam chaveados ou bivolt mas, tem sempre aquele que não é. Aí entram os estabilizadores, o cara não vai procurar um transformador. Mesmo sabendo que a função deles é de estabilizar a corrente e muitos não fazem isso + é o que o mercado tem por culpa da nossa cultura brasileira, o mercado esta cheio daquilo que os outros descartam.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×