Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Microsol Lança Estabilizador Hexux Power

       
 9.721 Visualizações    10 comentários

A Microsol lança o Hexus Power, estabilizador disponível em 2 versões: básica (sem USB) e completa (com USB).

Microsol Lança Estabilizador Hexux Power

A Microsol lança o Hexus Power, estabilizador disponível em 2 versões: básica (sem USB) e completa (com USB). Segundo o fabricante, o produto filtra interferências indesejadas e transforma a tensão, dando mais proteção e durabilidade aos equipamentos.

Entre os recursos opcionais,  está o carregador com porta USB (versão completa), que permite carregar dispositivos móveis como palm tops, MP3players, câmeras e celulares, mesmo com o computador desligado.

O Hexus Power está disponível nas potências de 400, 500 e 600 Watts. Os preços variam de R$ 105,00 a R$ 139,00, de acordo com os modelos e as potências.

Mais informações

Compartilhar



  Denunciar Notícia
Entre para seguir isso  

Notícias similares


Comentários de usuários


É XITA.

Pena que muitos são ruins e quase sempre inúteis.

Tava vendo uma nova norma de estabilizador estranha que se chegar uma margem a mais abaixo ele desliga, agora virou inútil.

Como o pessoal diz, se seu refrigerador na hora que ele tem que funcionar estiver funcionando, você não precisa de um estabilizador, e sim de bons protetores.

O faller tava falando e veja:

Na Newegg tem vários protetores bons, mas tente achar um estabilizador desses que se vê aqui:

http://www.newegg.com/Store/Category.aspx?Category=314&name=Power-Protection

Mas para quem tem PFC ativo é gastar dinheiro fora, podendo apenas pegar um DPS, anti-surto e filtros de linha bons.

Dependendo nem pra quebrar Gálio serve :lol:

Editado por João Gorilão

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Sim eu sei, e esse é o problema, mas não podemos generalizar.

E se considerando que muitas redes elétricas são mal feitas o estabilizador pode ajudar em alguns casos.

Ma claro que um nobreak é melhor.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Está falando, tipo ligações que um chuveiro tava "junto" com a tomada do PC ?

Será que ajuda mesmo, pois com essa nova norma, se a tensão cair mais do permitido, ele desliga, sendo que uma fonte com PFC pode funcionar até 90V e dito o faller que já viu funcionando com 80V.

Nobreak, depende também, tem muitos que são estabilizadores com baterias (na maioria dos casos), exceto aqueles muito bons e carissímos ou tipo aqueles de empresas grandesm, aquilo lá sim.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Amigos

Não há como "impedir" que se usem estabilizadores e em inúmeros casos, seu uso será necessário! Lembrem-se que estamos no Brasil, terceiro mundo, pais continental e com adversidades das mais variadas.....

Dos milhões que usam PC no país, pouquíssimos são ou estão preocupados com PFC, RAID, Dual Cahnel, fonte modular, 80plus e por ai vai....querem mesmo é que o bicho funcione!

Vejo um certo radicalismo quando o assunto é estabilizador e nobreak! Pra mim, realmente, não uso e nunca tive necessidade de estabilizador, mas do nobreak, não abro mão.....nenhuma fonte hyper moderna consegue segurar o PC numa falta de energia, mesmo que seja uma vez no ano......tá, e se estou bem no meio de uma fase de um game(eheheh) ou trabalhando em algo sério e que não posso perder.....vai que ao desligar-se, o PC sofre um pire pack e fico a ver navios! Um nobreak que funcione, manterá o PC funcionando até desligar com segurança.

O que ocorre em muitos casos são pessoas com idéias equivocadas sobre a finalidade dos equipamentos. Cada caso deverá ser avaliado, como por exemplo, se a questão é proteção contra surtos(tão falados) ou oscilaçôes causadas por uma instalação deficiente....

É só por enquanto.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

É Meiraneto.

Cada povo com o que merece mesmo, concordo com você.

Pelo o que eu vi a faixa até desarmar de cair a tensão é de 89,1V.

Uma fonte com PFC consegue tolerancia de até 90V para cair.

Eu jamais pegaria um estabilizador visto a fonte que tenho com PFC e tenho DPSs em minha casa, mas como dito por você e concordo o pessoal não liga para isso e poder pegar esses estabilizadores.

Mas na minha opinião e para mim esses estabilizador seria úteis se conseguissem uma margem de tensão de entrada maior.

Se o filtro de linha dele e os varistores (anti-surto) seria uma boa.

Abraço.

Editado por João Gorilão

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Descupe a ignorância, mas não entendo bem a discussão de vocês.

Sei que estabilizadores em geral não estabilizam nada, mas pelo menos servem como transformadores.

Se não tiver estabilizador, usa-se o que para transformar os 220v (no caso do interior do RS onde moro) para os 110 requeridos por caixas acúscticas, impressoras e o escambau?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Descupe a ignorância, mas não entendo bem a discussão de vocês.

Sei que estabilizadores em geral não estabilizam nada, mas pelo menos servem como transformadores.

Se não tiver estabilizador, usa-se o que para transformar os 220v (no caso do interior do RS onde moro) para os 110 requeridos por caixas acúscticas, impressoras e o escambau?

É uma boa opção sim amigo, pois muitas coisas aqui são 127V e quando vão para cidades 220V complica a coisa.

Mas dependendo do estabilizador se for desses muito caros aí compensa mais comprar um transformador mesmo.

Abraço.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×