Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Thermaltake Amplia Oferta de Fontes de Alimentação

       
 3.434 Visualizações    1 comentário

A Thermaltake está expandindo sua oferta de fontes de alimentação com o lançamento dos modelos Toughpower de 550 W, 650 W e 750 W, e modelos Smart de 750 W e 850 W.

Thermaltake Amplia Oferta de Fontes de Alimentação

A Thermaltake está expandindo sua oferta de fontes de alimentação com o lançamento dos modelos Toughpower de 550 W, 650 W e 750 W, e modelos Smart de 750 W e 850 W.

As fontes Toughpower possuem certificação 80 Plus Gold, circuito PFC ativo, capacitores japoneses, uma ventoinha de 140 mm com rolamento de fluido dinâmico, sistema de cabeamento modular e proteções contra sobrecarga de corrente, sobretensão, subtensão, sobrecarga de potência, superaquecimento e curto-circuito.

As fontes Smart possuem certificação 80 Plus Bronze, circuito PFC ativo, capacitores japoneses (nos modelos de 750 W e 850 W), uma ventoinha de 140 mm, sistema de cabeamento modular e proteções contra sobrecarga de corrente, sobretensão, subtensão, sobrecarga de potência e curto-circuito.

Ambas as séries são compatíveis com os padrões Intel ATX 12V 2.3 e EPS12V 2.92.

Mais informações

Compartilhar



  Denunciar Notícia
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


É bom esclarecer que a Thermaltake tem duas séries Smart. As Smart não-modulares (430, 530, 630 e 730) são fabricadas pela HEC, fontes medianas como o teste do CDH acabou de constatar. Já a série modular é toda da CWT, dividida nas primeiras versões, que são CWT DSAII (450, 550, 650) e nessas novas versões de 750 e 850 que são aparentemente da plataforma DSG, pela presença do conversor DC-DC. As fontes da CWT parecem ser de boa qualidade, principalmente as versões de 750 e de 850, já que o projeto DSG é o mesmo das ótimas Thermaltake ToughPower XT 575, 675, 775 e 875 e das Corsair HX (tirando a de 650).

Já a série Toughpower está sendo meio que emendada aí. Como são fontes da plataforma Aurum da FSP, prometem ir para o mercado de entrada. Só espero que os capacitadores sejam realmente 100% japoneses, pois já vi um monte de CapXon (tá bom, eles tem melhorado) em fontes Aurum. Espero também que os níveis de ripple sejam estáveis também, será que a FSP aprende? Sinto mais animado com as Smart Modular que essas Toughpower Gold.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×