Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Mattel anuncia a impressora 3D ThingMaker para fabricação de brinquedos em casa

        4.685 Visualizações     16 comentários    

A Mattel anunciou o lançamento, em parceria com o Grupo de Manufatura Digital da empresa Autodesk, da impressora ThingMaker 3D e do aplicativo ThingMaker Design, projetados para permitir a fabricação de brinquedos em casa.

Leia mais sobre Mattel anuncia a impressora 3D ThingMaker para fabricação de brinquedos em casa
Flavia Dutra Editora de Notícias do Clube do Hardware

A Mattel anunciou o lançamento, em parceria com o Grupo de Manufatura Digital da empresa Autodesk, da impressora ThingMaker 3D e do aplicativo ThingMaker Design, projetados para permitir a fabricação de brinquedos em casa.

Através do aplicativo ThingMaker Design é possível escolher modelos fáceis de construir ou montar brinquedos com centenas de peças, como bonecas, dinossauros, robôs e acessórios, como pulseiras e colares. Depois de prontos, os brinquedos são enviados diretamente para a impressora ThingMaker 3D, que imprime peças em lotes para facilitar a montagem por encaixes.  

A impressora ThingMaker 3D estará à venda no mercado norte-americano no segundo semestre deste ano, por US$ 299,99. A Mattel oferecerá uma ampla variedade de cores de filamentos para a impressora, com conteúdo de design adicional, que será lançado posteriormente. O aplicativo ThingMaker Design é compatível com outras impressoras e já está disponível gratuitamente para dispositivos com os sistemas operacionais Android e iOS.

ThingMaker 3D

Mais informações

Compartilhar



Entre para seguir isso  
Seguidores 0

Comentários de usuários


Tem cara de que vai ser bem carinha, né!

 

Tô lendo um livro sobre o assunto... As impressoras 3D "open source" ou com projeto aberto ainda me parecem melhores opções, pois geralmente são baseadas em peças disponíveis mais livremente no mercado para reposição e a manutenção pode ser feita pelo próprio dono.

 

As impressoras bacaninhas de marcas comerciais e projetos fechados tendem a usar cartuchos de material ou bobinas específicas que tendem a prender o usuário no mesmo sistema que as impressoras jato de tinta. Venda de cartuchos. Ainda bem que no caso das impressoras 3D o processo começou de forma diferente, com opções de projeto aberto sendo bastante exploradas.

 

Mesmo assim, é bacana ver mais e mais novas ofertas nesta área. Ainda pretendo ter uma para meus projetos de prototipagem e uso com programas open source.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, qarcanjo disse:

Tem cara de que vai ser bem carinha, né!

 

Tô lendo um livro sobre o assunto... As impressoras 3D "open source" ou com projeto aberto ainda me parecem melhores opções, pois geralmente são baseadas em peças disponíveis mais livremente no mercado para reposição e a manutenção pode ser feita pelo próprio dono.

 

As impressoras bacaninhas de marcas comerciais e projetos fechados tendem a usar cartuchos de material ou bobinas específicas que tendem a prender o usuário no mesmo sistema que as impressoras jato de tinta. Venda de cartuchos. Ainda bem que no caso das impressoras 3D o processo começou de forma diferente, com opções de projeto aberto sendo bastante exploradas.

 

Mesmo assim, é bacana ver mais e mais novas ofertas nesta área. Ainda pretendo ter uma para meus projetos de prototipagem e uso com programas open source.

 

US$ 300,00, está escrito na matéria.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ah é, eu acabei não registrando o preço... :P Caí no site deles e fiquei apreciando a vista. kkkkk

 

Mas continuo curioso para saber por quanto ela chegará no Brasil... As outras ofertas do tipo chegaram muuuuiiiito caras... Custo Brasil e exageros...

 

A vantagem é que olhando mais no site, ela usa carretéis de filamento aparentemente similares aos que encontramos por aqui. Nada de cartuchos para te forçar a comprar ABS ou PLA da marca deles. Segundo um site externo são carretéis não proprietários, padrão. Não vi especificação, mas dito assim deve ser o 1.75mm. O site ainda fala que o software é compatível com outras impressoras padrão, o que é fundamental. Isso mantém parte do espírito de liberdade que envolve o início dessas impressoras 3D.

 

 

 

 

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

as vezes me assusto com como as coisas estão se desenvolvendo... logo vamos imprimir tudo o que compramos :o

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
9 horas atrás, qarcanjo disse:

Mas continuo curioso para saber por quanto ela chegará no Brasil... As outras ofertas do tipo chegaram muuuuiiiito caras... Custo Brasil e exageros...

 

Se bobear, uns R$ 5 mil.

 

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Mas será que a pessoa pode pagar 5mil e lucrar o resto depois vendendo esses brinquedos? Ou teria alguma proteção contra a venda posterior?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Juliana Sphynx desde que não infrija nenhum direitor autoral, não há problema algum. Mas se for cópia de personagens ou objetos criados por terceiros, é ilegal; você só pode vender se for você quem criou ou se o autor do arquivo/projeto autorizar a venda.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Juliana Sphynx , se você quiser saber mais sobre o assunto e ter mais ideias do que dá ou não para fazer com uma impressora 3D, recomendo a leitura de Adventures in 3D Printing: Limitless Possibilities and profit, de Christopher D. Winnan, que vai dar uma boa ideia do assunto. É um ebook beeeeemmmmm extenso.

 

Não tenho ainda outras leituras para recomendar, mas tô achando esse livro bem completo e bacana, apesar de ter umas opiniões bem polêmicas e ideológicas sobre direitos autorais.

 

@Gabriel Torres , desculpa a indicação assim descarada, mas não é propaganda não, viu! kkkkk:lol:. É que o livro é massa mesmo.

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

não consigo imaginar... uma fabricante de brinquedos vendendo uma fábrica de brinquedos???

se fosse assim, eu nunca mais compraria brinquedos... faria tudo em casa... me parece um grande "tiro no pé"

Me parece que de alguma forma ela vai tentar atrelar a compra de suprimentos com ela...

por exemplo: se o fiozinho que é derretido para fazer os brinquedos tiver uma bitola específica, o consumidor será obrigado a comprar este suprimento com a mattel, e neste caso" não compra mais brinquedos, mas compra a matéria prima ao custo de um brinquedo... "e neste caso dá no mesmo".... e se for assim, será melhor comprar uma impressora de outra marca mas com suprimentos  de modelo padrão.

 

 

Em 16/02/2016 às 21:20, Juliana Sphynx disse:

Mas será que a pessoa pode pagar 5mil e lucrar o resto depois vendendo esses brinquedos? Ou teria alguma proteção contra a venda posterior?

desenhe seus próprios modelos de personagens, e se ficar lega busque a patente para registrar, e acho que não terá problemas

Editado por RED ICE
1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@qarcanjo Isso eu tenho noção, vi que ja tem impressora para madeira, metal e remédios! só não sei como ficaria a parte autoral dos brinquedos, se são criados ok, mas se nao são e o cara decide sair vendendo? sempre tem lojas e lojas né...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Juliana Sphynx China in a printer... :lol: A visão ideológica que te falei do livro. Tem havido muitos problemas com relação a uso indevido de figuras patenteadas no exterior, com fechamento de repositórios de modelos, ações judiciais, remoção de itens comercializados no e-bay. A visão do povo que comercializa esses modelos assim é no mínimo curiosa.

 

@RED ICE , isso do tiro no pé tem um pouco a ver com a comercialização de modelos. O filamento deles é padrão e compatível com outras impressoras. Aliás, foi o aspecto mais interessante que notei nesse lançamento. Tanto suprimentos quanto os programas são compatíveis com soluções abertas. Mas a Mattel deve estar interessada em popularizar a tecnologia, e se fazer presente em um mercado futuro, que ela acredita que ameaçará seus produtos ou algo assim.

 

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@qarcanjo, tem muita gente tambem imprimindo modelos feitos em 3d em casa de réplicas lindas paleontológicas e vendendo por uma bela nota... Mas nem todos desenharam o projeto que estão imprimindo, mas basta ter o acesso a esse tipo de impressora que começa a "china in printer" mesmo! Vai acabar que nem no camelódromo da minha cidade que tem o pacote de bonecos Avenger contendo Capitão América, Shrek, Ranger Azul, Leonardo (tartarugas ninja), Thor e Super Homem... Totalmente "original"

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

 

8 horas atrás, Juliana Sphynx disse:

Vai acabar que nem no camelódromo da minha cidade que tem o pacote de bonecos Avenger contendo Capitão América, Shrek, Ranger Azul, Leonardo (tartarugas ninja), Thor e Super Homem... Totalmente "original"

Pois é, é bem esse o cenário mesmo.

 

Agora, tem muita gente fazendo objetos diferentes também. Tava vendo cortadores de biscoitos, por exemplo. E com sites de compartilhamento de modelos, no estilo open source, surgem muitas possibilidades de produtos para venda, que não seja reprodução de material protegido. Muita gente lá fora imprimi réplicas de mobiliário, por exemplo. Só que o apelo do material protegido é pesado...

 

Mas se uma impressora assim chegasse para a garotada com um valor acessível, seria muito legal as crianças começarem a brincar com criação de objetos com engrenagens, peças de montagem e conexões no melhor estilo LEGO.

:thumbsup: Acho que a chance de desenvolvimento cognitivo é muito boa num "brinquedo" assim, especialmente a depender do tipo de modelos que a Mattel disponibilizasse.

 

 

 

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 18/02/2016 às 07:46, qarcanjo disse:

Mas se uma impressora assim chegasse para a garotada com um valor acessível, seria muito legal as crianças começarem a brincar com criação de objetos com engrenagens, peças de montagem e conexões no melhor estilo LEGO.

:thumbsup: Acho que a chance de desenvolvimento cognitivo é muito boa num "brinquedo" assim, especialmente a depender do tipo de modelos que a Mattel disponibilizasse.

 

 

 

 

Já vejo nos grupos e paleontologia a impressão de réplicas de fósseis, estão cada vez melhores.

 

O bom nisso tudo é a grande quantidade de gente perdendo o medo de lidar com programas 3d :D

1 pessoa curtiu isso

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar agora