Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

AMD Anuncia Núcleo de 10ª Geração

       
 16.362 Visualizações    19 comentários

A AMD anunciou oficialmente seu núcleo de 10ª geração, o K10.

AMD Anuncia Núcleo de 10ª Geração

A AMD anunciou oficialmente seu núcleo de 10ª geração, o K10. Entre eles estão os tão falados "Barcelona", nome-código para Opteron de 65 nm. Esses se caracterizam por ter quatro núcleos, 512KB de cache L2, 2 MB cache de L3.

A AMD incorpora diversas novas tecnologias, como freqüência independente por núcleo (Independent Dynamic Core Technology), voltagem independente para núcleos e controladores de memória (Dual Dynamic Power Management) e redutor de consumo de energia (CoolCore).

Na mesma leva, a AMD anuncia os AMD Opteron de 90 nm (com modelos de um e dois núcleos) e cache L2 de 1 MB. Já os chips de nome-código "Shangai" tem modelos de dois e quatro núcleos, cache L2 de 512 KB e cache L3 de 6 MB.

A AMD também anunciou novidades para a o mercado "caseiro" (ou seja, para desktops), com destaque para os processadores de nome-código "Agena", de 65 nm, com dois modelos: o Agena FX ou Phenom Fx (quatro núcleos, DDR2, L3 de 2 MB, L2 de 512 K e HT 3.0) e o Agena ou Phenom X4 (com quatro núcleos, DDR2, L3 de 2 MB, L2 de 512 K e HT 3.0).

Vale lembrar que a AMD chega com seus processadores de quatro-núcleos bem depois da Intel. Porém a empresa garante que o seu "quad-core" é mais "puro" que o da rival, uma vez que os produtos AMD trazem um "verdadeiro" quatro-núcleos, enquanto a Intel une dois chips de dois núcleos cada em um único processador.

Mais informações

Compartilhar



  Denunciar Notícia
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


freqüência independente por núcleo (Independent Dynamic Core Technology)

isso significa que poderemos"manipullar" a frequencia de cada núcleo independente do outro?

tipo um "overclock em apenas um núcleo"?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
freqüência independente por núcleo (Independent Dynamic Core Technology)

isso significa que poderemos"manipullar" a frequencia de cada núcleo independente do outro?

tipo um "overclock em apenas um núcleo"?

Acho que é exatamente isso. Uma tecnologia muito interessante se realmente for essa sua função.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

A tecnologia está mudando muito rápido, já não dá mais pra acompanhar...

Daqui a pouco teremos em nossos Desktops processadores de 16 núcleos e trabalharemos com pelo menos 24GB de RAM... (e tudo isso só pra brincar em Orkut e MSN...)

O P&D de empresas como Intel e AMD deveriam focar no mercado onde isso é realmente necessário, que é o mercado de servidores High-End, mas de qualquer forma, a ideia de Overclock por núcleo é realmente interessante, mas não consigo imaginar onde eu aplicaria isso.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
A tecnologia está mudando muito rápido, já não dá mais pra acompanhar...

Daqui a pouco teremos em nossos Desktops processadores de 16 núcleos e trabalharemos com pelo menos 24GB de RAM... (e tudo isso só pra brincar em Orkut e MSN...)

O P&D de empresas como Intel e AMD deveriam focar no mercado onde isso é realmente necessário, que é o mercado de servidores High-End, mas de qualquer forma, a ideia de Overclock por núcleo é realmente interessante, mas não consigo imaginar onde eu aplicaria isso.

poderia-se baixa o clock dos cores que não estiverem sendo utilizados para economizar energia.

acho que fazendo overclock em apenas 2 núcleos pox exemplo, a possibilidade de sucesso em altos valores é maior.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Thiagomagalhaes....

Acho que em breve a estrutura dos desktops vai mudar radicalmente, processadores com motor grafico... caches cada vez maiores... núcleos e mais núcleos...

Na minha visão, eu vejo assim, com a chegada dos "hard disks" solidos somados aos caches cada vez mais altos.. creio que o acesso do processador ao hd será tão rápido que não precisaremos mais de memoria ram... no maximo por causa do motor grafico embutidos nos futuros processadores teremos slots de memoria vga... mas isso é só especulação da minha cabeça... não é noticia!

mas creio que mudanças drasticas virão... em breve...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

realmente interessante... mas acho q AMD e INTEL estão acelerados demais... com suas tecnologias.... não tem nem rivalidade de preços, q logo uma quer lançar um produto melhor q outra... eu hein !!! quem paga o pato dessa guerra somos nós....!

embora máquinas espetaculares... mas nem sempre o bolso anda junto com a tecnologia.....

abraço

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Na verdade, frequencia independente por núcleo quer dizer que o processador pode reduzir o consumo dos núcleos que não estão sendo utilizados, e até mesmo desligar os controladores de memória que serão independentes pra cada núcleo.

Pelo menos essa corrida toda pode trazer economia de energia, diferente da antiga corrida aos GIGAHERTZ

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
poderia-se baixa o clock dos cores que não estiverem sendo utilizados para economizar energia.

acho que fazendo overclock em apenas 2 núcleos pox exemplo, a possibilidade de sucesso em altos valores é maior.

exatamente como eu havia dito

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
exatamente como eu havia dito

em nenhum momento foi publicado que será possível "manipular" a frequência dos cores independentemente. Essa notícia de baixar o clock de um núcleo e aumentar o do outro é da Intel.E, pra quem não visitou ainda, o hotsite da AMD é TODO direcionado ao mercado de TI (http://multicore.amd.com/us-en/quadcore/). Além disso, as mobos atuais não estão prontas pra essa manipulação, talvez nem poderão. Resumindo: nada de overclocks, pelo menos por enquanto.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
realmente interessante... mas acho q AMD e INTEL estão acelerados demais... com suas tecnologias.... não tem nem rivalidade de preços, q logo uma quer lançar um produto melhor q outra... eu hein !!! quem paga o pato dessa guerra somos nós....!

embora máquinas espetaculares... mas nem sempre o bolso anda junto com a tecnologia.....

abraço

veja o lado bom teremos cada vez mais cometição entre AMDxINTEL então cada vez promoções e ofertas

e essa cometição ainda faz um drastico avanço na tecnologia

pra mim ta beleza nao preciso de tanta coisa mesmo mas se eu pudesse pagar

essas coisas sao assim mt caras para nos brasileiros mas um americano ou europeu nao tem dificuldades

eu xuto q seria uns 600 dolares um processador desse

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
veja o lado bom teremos cada vez mais cometição entre AMDxINTEL então cada vez promoções e ofertas

e essa cometição ainda faz um drastico avanço na tecnologia

pra mim ta beleza nao preciso de tanta coisa mesmo mas se eu pudesse pagar

essas coisas sao assim mt caras para nos brasileiros mas um americano ou europeu nao tem dificuldades

eu xuto q seria uns 600 dolares um processador desse

Negativo... eu paguei 499 US$ no meu FX dificilmente seriam esse preço... chuto lá na casa de 1,889US$

abraço

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

como sempre a Amd esta tomando partido,e acoplando tecnologia diferente em seus processadores , no caso, o verdadeiro quad-core consegue acessar dados no cache de um núcleo diferente na velocidade total do processador ao contrario do intel que ,unindo dois dou-core e fez o seu "quad".

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Vi num site sobre o K10, que era pra ser "K9", que entretanto não foi usado para evitar trocadilhos...

Bao mesmo era o K6... era um cassête de ruim..:angry:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
estranho né

e eles tem uma sessão falando do sobre aparelhos moveis, e nós não, o site em inglês é bem mais completo.

é mesmo..... uncomplicating the complicated.. descomplicando o complicado...

bem mais explicado e completo... pra quem sabe ler inglês... uma mao na roda.

t+

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×