Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Club 3D Anuncia GeForce GTX 560Ti Green Edition

       
 4.837 Visualizações    7 comentários

A Club 3D acaba de lançar a GeForce GTX 560Ti Green Edition, uma placa de vídeo que de acordo com o fabricante é até 10% mais eficiente em termos de energia do que o modelo de referência da GeForce GTX 560Ti.

Club 3D Anuncia GeForce GTX 560Ti Green Edition

A Club 3D acaba de lançar a GeForce GTX 560Ti Green Edition, uma placa de vídeo que de acordo com o fabricante é até 10% mais eficiente em termos de energia do que o modelo de referência da GeForce GTX 560Ti.

A nova GeForce GTX 560Ti Green Edition trabalha internamente a 822 MHz, tem 1 GB de memória GDDR5 acessada a 4.008 MHz através de uma interface de 256 bits e vem com dois conectores DVI e um conector mini-HDMI. Esta placa deverá chegar ao mercado norte-americano no final do mês. O seu preço não foi divulgado.

Mais informações

Compartilhar



  Denunciar Notícia
Entre para seguir isso  

Notícias similares


Comentários de usuários


Uma placa de vídeo que consome 140W não poderia ficar sem alimentação direta da fonte. Isso é consumo demais para uma placa-mãe fornecer. Mas não deixa de ser uma bela opção para um HTPC.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Uma placa de vídeo que consome 140W não poderia ficar sem alimentação direta da fonte. Isso é consumo demais para uma placa-mãe fornecer. Mas não deixa de ser uma bela opção para um HTPC.

Pra HTPC uma HD 6450 já dá e sobra..

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Digo, para um PC compacto, como para gabinetes que não são tão caros quanto aquele da SilverStone que foi recentemente testado aqui... HTPC é mais basicão.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Pra HTPC uma HD 6450 já dá e sobra..

Aí depende da pessoa que fez o HTPC... Se eu fosse montar um HTPC pra substituir DVD player, home e BD player, colocaria da seguinte forma: gabinete compacto tipo desktop, vídeo onboard (provavelmente de um E-350 ou Llano da vida para ver vídeos em Bluray, FullHD e navegação), HD de no mínimo de 1TB para armazenamento dos filmes, placa de rede wi-fi pegando sinal do roteador (evitando acúmulo de fios) , controle remoto (compatível com o OS) e/ou teclado e mouse sem fio, além de manter o máximo de componentes com dissipação passiva (silêncio absoluto). Mas se esse HTPC fosse para subtituir os itens acima, além de um videogame, colocaria uma VGA off com capacidade de rodar jogos 1080p lisos e um processador mais forte, porém eficiente energéticamente, e um gabinete tipo torre compacto também (para não sacrificar o espaço e manter os componentes arejados) e manteria os demais itens. Neste caso acho que essa placa me atenderia, pois por ser NVIDIA tem 3D e seria um diferencial a mais na integração PC/TV/Hometheater.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Aí depende da pessoa que fez o HTPC... Se eu fosse montar um HTPC pra substituir DVD player, home e BD player, colocaria da seguinte forma: gabinete compacto tipo desktop, vídeo onboard (provavelmente de um E-350 ou Llano da vida para ver vídeos em Bluray, FullHD e navegação), HD de no mínimo de 1TB para armazenamento dos filmes, placa de rede wi-fi pegando sinal do roteador (evitando acúmulo de fios) , controle remoto (compatível com o OS) e/ou teclado e mouse sem fio, além de manter o máximo de componentes com dissipação passiva (silêncio absoluto). Mas se esse HTPC fosse para subtituir os itens acima, além de um videogame, colocaria uma VGA off com capacidade de rodar jogos 1080p lisos e um processador mais forte, porém eficiente energéticamente, e um gabinete tipo torre compacto também (para não sacrificar o espaço e manter os componentes arejados) e manteria os demais itens. Neste caso acho que essa placa me atenderia, pois por ser NVIDIA tem 3D e seria um diferencial a mais na integração PC/TV/Hometheater.

Concordo com o começo, mas se vai colocar o micro pra jogar então ele não é HTPC, ademais, já faz mais de um ano (desde o Catalyst 10.3) que a ATI dá suporte ao 3D de terceiros, não é só porque ela não fez uma abordagem igual a da NVIDIA no efeito pra jogos que não existe 3D pra ATIs.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Concordo com o começo, mas se vai colocar o micro pra jogar então ele não é HTPC, ademais, já faz mais de um ano (desde o Catalyst 10.3) que a ATI dá suporte ao 3D de terceiros, não é só porque ela não fez uma abordagem igual a da NVIDIA no efeito pra jogos que não existe 3D pra ATIs.

Concordo com você Evandro, mas acho que o legal do HTPC na minha opinião é que com essas novas placas mini-ITX e micro-ATX podemos ter o melhor dos dois mundos. Logo PC com CPU forte, somente para não gargalar com a VGA, e esta pode ser mais forte (uma MID ou Mid-high como esta). Conheço o 3D da AMD, o tal do HD3D, sou até fã das Radeons Mid, pelo o que elas podem entregar a um consumo mais baixo, mas ainda assim vejo que o 3D da NVIDIA tem um suporte maior por parte dela e dos próprios fabricantes de TVs, Monitores e etc.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×