Backup do BIOS
19/04/2005 às 0h31min por Gabriel Torres em Placas-Mãe

Introdução

Muitas vezes é interessante fazer um backup do BIOS do micro, especialmente antes de se fazer um upgrade de BIOS, pois assim, caso algo dê errado no processo, você poderá reprogramar o BIOS com seu conteúdo antigo e fazer o micro voltar a funcionar corretamente (Nós já publicamos um tutorial sobre como executar um upgrade de BIOS, se você perdeu, visite http://www.clubedohardware.com.br/artigos/692).

Acontece que existem vírus, e o mais famoso deles é o CIH (também conhecido como Chernobyl ou Spacefiller), que são capazes de apagar o conteúdo do BIOS do micro e a máquina torna-se inoperante, isto é, passa a não ligar mais. Com isso, não temos como carregar o sistema operacional e não temos como reprogramar o BIOS para que ela volte a funcionar. O procedimento para a recuperação do micro nesses casos envolve a remoção do circuito do BIOS e a sua reprogramação em outra placa-mãe, em processo que explicamos no tutorial ( http://www.clubedohardware.com.br/artigos/654), que não é nem um pouco simples de ser executada por usuários iniciantes.

Para realizar o backup do BIOS da sua placa-mãe você terá de rodar o programa de gravação específico do BIOS para que o seu conteúdo possa ser lido. A primeira coisa que você dever fazer é descobrir quem é o fabricante do BIOS. Existem basicamente três empresas fabricantes de BIOS: AMI (American Megatrends, Inc.), Award e Phoenix (a Award foi comprada recentemente pela Phoenix). Você pode descobrir quem é o fabricante do BIOS da sua placa-mãe pressionando a tecla Pause logo após o computador ser ligado. Como você pode ver na Figura 1, o BIOS do exemplo foi fabricado pela Award e, portanto, devemos utilizar o programa de gravação da própria Award para ler o conteúdo do BIOS.

Backup do BIOS

Figura 1: Exemplo de um computador com BIOS da Award.

Para BIOS da AMI, clique aqui para baixar o programa. Para BIOS da Award ou Phoenix, clique aqui para baixar o programa (Como a Phoenix comprou a Award, você pode utilizar o programa de gravação da Phoenix em BIOS da Award); esse link abrirá uma lista com várias versões do programa de gravação. Utilize sempre a versão mais atualizada.

Você precisará descompactar os arquivos baixados e copiá-los para um disquete de boot (formatado com Format a:/s). Você deverá mudar a seqüência de boot no setup do micro para que o mesmo seja realizado a partir do disquete, já que o programa de atualização do BIOS não funciona sobre o Windows.

Alguns fabricantes de placas-mães possuem seus próprios programas de upgrade de BIOS e que na maioria das vezes funcionam em ambiente Windows. Nesse caso, você pode usar o software de gravação do fabricante da placa-mãe em vez de usar os programas da AMI, Award ou Phoenix. Você pode utilizar os programas Hwinfo, o Sandra ou o Everest (http://www.clubedohardware.com.br/pagina/download_hardware) para descobrir o fabricante e o modelo de sua placa-mãe. Depois que você descobrir o fabricante da sua placa-mãe, visite nossa área de drivers para fazer o download da versão apropriada do BIOS.

Para realizar o backup do BIOS você terá de rodar o programa de gravação específico do BIOS para que o seu conteúdo possa ser lido para um arquivo. A forma como o backup é feito depende da versão do programa de gravação utilizada e se você está usando o programa de gravação do fabricante do BIOS ou o que foi desenvolvido pela placa-mãe.

Na próxima página mostraremos exemplos de como fazer o backup do BIOS fabricados pela AMI, Award e Phoenix. Você deve gravar o backup do BIOS em um disquete.

Fazendo o backup

Backup de BIOS da AMI

O programa de gravação da AMI é totalmente interativo, o que significa que você não precisa utilizar comandos complexos para fazer o backup do seu BIOS. Apenas informe ao programa de gravação para salvar o conteúdo do BIOS atual utilizando o menu apropriado.

 

Backup de BIOS da Award e Phoenix

awdflash a:backup.bin /sy /pn

Recuperando BIOS "destruído"

Caso o BIOS da sua máquina tenha sido corrompido, seja por causa de um vírus ou por causa de um upgrade de BIOS mal sucedido, siga as instruções apresentadas em nosso artigo Recuperando micros danificados pelo vírus CIH. Recomendamos também a leitura de nosso artigo Como fazer um upgrade de BIOS.

Como o procedimento de recuperação de BIOS apagados ou corrompidos consiste na remoção do BIOS com o computador ligado, vários fabricantes de placas-mães lançaram recentemente placas com dois BIOS, um BIOS principal e outro de backup (duas placas que usam esse recurso são a Gigabyte modelo GA-60XM7E e a Chaintech modelo CT-60JV, por exemplo). Assim, se o BIOS principal for apagado -seja acidentalmente através de um upgrade de BIOS mal sucedido ou seja intencionalmente por um vírus- você pode ligar a máquina usando o BIOS de backup e recuperar o conteúdo do BIOS principal, sem a necessidade de ter de remover qualquer tipo de circuito para programá-lo.

Backup do BIOS
Figura 2: Detalhe de uma placa-mãe da Gigabyte com dois BIOS.

Para placas-mães que não possuem dois BIOS, um solução interessante foi criada pela empresa IOSS. Trata-se do sistema de backup de BIOS RD-1, que adiciona um segundo circuito de BIOS à sua placa-mãe. O RD-1 é instalado no lugar do circuito de BIOS original da placa-mãe e o BIOS original é instalado em um soquete existente no RD-1. Do RD-1 sai uma chave que pode ser pressionada a qualquer momento para trocar o conteúdo do BIOS de backup com o conteúdo do BIOS principal. Apesar de a instalação não ser tão simples para usuários iniciantes -já que envolve a troca de circuitos da placa-mãe- ela só é necessária uma única vez. Para mais informações sobre esse produto, visite http://www.ioss.com.tw/eg/index.html. Ainda não existem distribuidores oficiais desse produto no Brasil. Se você resolver comprá-lo pela Internet, não se esqueça que o imposto de importação é de 60% sobre o seu valor, que deverá ser pago na agência do correio quando o produto chegar.

Originalmente em http://www.clubedohardware.com.br/artigos/Backup-do-BIOS/434

© 1996-2014, Clube do Hardware - Todos os direitos reservados.

É expressamente proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo e dos textos disponíveis no site principal (http://www.clubedohardware.com.br), no fórum de discussões (http://forum.clubedohardware.com.br), no boletim de notícias enviado por e-mail e em nas nossas páginas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.), seja através de mídia eletrônica, impressa ou qualquer outra forma de distribuição, mesmo citando a fonte e colocando link para o artigo original. Os infratores serão indiciados e punidos com base nas leis nº 9.610 de 19/02/1998 (Brasil), Digital Millenium Copyright Act (DMCA) (EUA) e diretiva 2001/29/EC (União Européia).

Não nos responsabilizamos por danos materiais e/ou morais de qualquer espécie promovidos pelo uso das informações contidas em nosso site, em nosso fórum de discussões, em nosso boletim de notícias ou em publicações feitas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.).

Opiniões emitidas por usuários e moderadores não necessariamente refletem a opinião do Clube do Hardware e de sua direção.

Ao acessar o nosso site ou nossa página em redes sociais, você está ciente e concorda com os termos acima.