Como Usar o Conector SPDIF Disponível nas Placas de Vídeo GeForce
11/08/2008 às 17h23min por Gabriel Torres em Áudio

Introdução

Algumas placas de vídeo baseadas nos chips gráficos da NVIDIA têm uma entrada SPDIF. Neste tutorial ensinaremos a você quando e como usar este conector..

Este pequeno conector presente em algumas placas de vídeo GeForce permite a você usar apenas um em vez de dois cabos para conectar seu micro ao seu “home theater” de alta definição. Se você não for conectar seu micro em uma TV de alta de definição ou se o uso de dois cabos separados não lhe incomoda, você não precisa fazer a conexão que explicaremos neste tutorial e pode tranquilamente parar a leitura deste tutorial por aqui.

SPDIF é um padrão usado para a transmissão de áudio digital.

O objetivo deste pequeno conector é muito simples: ele é usado para permitir que o áudio digital seja direcionado para a saída HDMI. Todas as placas de vídeo têm um ou dois conectores DVI, e qualquer um deles pode ser convertido em um conector HDMI através do uso de um simples adaptador. O problema é que o conector DVI não transmite sinais de áudio, apenas vídeo, enquanto que o HDMI pode transmitir tanto áudio quanto vídeo. Se você não tem ideia do que estamos falando, leia nosso tutorial Conectores de Vídeo.

Portanto se você converter um conector DVI para HDMI e conectar sua placa de vídeo em uma TV de alta definição você verá a imagem sem som: o áudio precisa ser transmitido por um caminho diferente. A maneira mais comum para conectar o micro a uma TV de alta definição é converter o conector DVI para HDMI e então usar as caixas de som analógicas do micro como saída de áudio ou conectar seu micro a um receiver de home theater através de um cabo SPDIF, fazendo com que o áudio saia nas caixas de som do seu “home theater”. Em outras palavras, você precisará de pelo menos dois cabos: um para conectar o vídeo (DVI-para-HDMI) e outro para conectar o áudio (saída SPDIF do seu micro conectada à entrada SPDIF do seu receiver de home theater). Veja na Figura 1.


Figura 1: Como um micro é tipicamente conectado a uma TV de alta definição.

Se você quiser que a saída HDMI do seu micro transmita o áudio que esteja sendo gerado pelo micro (por exemplo, o áudio de um vídeo que você esteja rodando), você precisará conectar um cabo da saída SPDIF da sua placa de som (normalmente um conector na placa-mãe) à entrada SPDIF localizada em sua placa de vídeo GeForce. É importante notar que a AMD afirma que as placas de vídeo baseadas nos chips gráficos Radeon já oferecem suporte para áudio no conector DVI/HDMI, dispensando assim a conexão de qualquer cabo (esta conexão é feita através do barramento PCI Express e é invisível ao usuário).

Você precisará fazer esta conexão apenas em dois cenários. Primeiro, se você quer conectar seu micro a uma TV de alta definição e por alguma razão quer que o áudio saia das caixas de som da TV. Note que a maioria das pessoas que tem uma TV de alta definição também tem um receiver de home theater com som surround 5.1 ou 7.1; se este for o seu caso, você não vair querer que o áudio saia das caixas de som da TV, mas sim das caixas do seu sistema surround.


Figura 2: Primeiro cenário.

O segundo cenário é aquele onde você tem um receiver de home theater ou uma TV de alta definição com um chaveador de áudio/vídeo embutido capaz de separar o áudio da conexão HDMI.

Normalmente em casa nós temos mais de uma fonte de vídeo. Por exemplo, a maioria das pessoas tem pelo menos duas fontes de vídeo: um decodificador de TV a cabo/satélite e um aparelho de DVD/Blu-Ray/HD-DVD. Se você conectá-los em entradas separadas em sua TV e conectar suas saídas de áudio ao seu receiver de home theater, você terá de fazer duas coisas toda vez que quiser mudar a fonte de vídeo: você terá de selecionar a entrada de vídeo em sua TV para obter a imagem correta e selecionar a entrada de áudio em seu receiver de home theater para obter o áudio correto.

Uma solução que a maioria da TVs de alta definição usa para impedir que você tenha de chavear entradas de áudio em seu receiver é ter uma saída SPDIF. Esta saída é então conectada na entrada SPDIF do receiver e a TV automaticamente enviará para esta saída a fonte de áudio correta de acordo com a seleção que você fizer. Neste caso a seleção de vídeo é feita no aparelho de TV. Nós ilustramos este caso na Figura 3.


Figura 3: Aparelho de TV de alta definição com saída SPDIF.

Outra situação é o uso de um receiver com um chaveador embutido. Nesse caso, tudo é conectado no receiver e ele fica responsável por enviar para a TV o sinal de vídeo apropriado, enquanto trata do sinal de áudio correto. Neste caso a seleção de áudio/vídeo é feita no receiver e a TV é configurada para usar sempre a mesma entrada de vídeo, proveniente do receiver. Nós ilustramos este caso na Figura 4.


Figura 4: Receiver de home theater com chaveador de áudio/vídeo.

Como mencionamos, se o seu micro não oferece sinal de áudio na saída HDMI, você precisará de dois cabos: um cabo para o sinal de vídeo e outro para o sinal de áudio. Se a sua TV de alta definição (primeira configuração) ou receiver de home theater (segunda configuração) forem capazes de extrair áudio da conexão HDMI então em vez de dois cabos você pode ter apenas um cabo HDMI conectando o micro ao seu aparelho de home theater, se você fizer a conexão que descreveremos na próxima página.

Na primeira configuração (Figura 3), a TV de alta definição obteria o vídeo do cabo HDMI e desviaria o áudio do cabo HDMI para sua saída SPDIF, enquanto que na segunda configuração (Figura 4) o receiver de home theater obteria o áudio do cabo HDMI e desviaria o vídeo para sua TV de alta definição.

Note que se a sua TV de alta definição ou receiver não forem capazes de extrair o áudio da conexão HDMI para desviá-lo para uma saída diferente você continuará precisando usar dois cabos para conectar seu micro ao seu “home theater”.

Como mencionamos, se você não for conectar seu micro a uma TV de alta definição ou se o uso de dois cabos separados não lhe incomoda, você não precisará fazer a conexão que descreveremos na próxima página.

Conectando o Cabo

Você pode ver a entrada SPDIF em uma placa de vídeo GeForce na Figura 5..


Figura 5: Detalhe da entrada SPDIF em uma GeForce 9800 GT.

Para usar este conector você precisará de duas coisas: um pequeno cabo que será usado para ligar o conector de saída SPDIF da sua placa de som ou placa-mãe à placa de vídeo, e um adaptador DVI-para-HDMI para converter um dos conectores DVI da sua placa de som em HDMI.


Figura 6: O que você precisará.

Primeiro você precisará localizar em sua placa-mãe ou placa de som um conector chamado “SPDIF Out” ou similar, veja na Figura 7.


Figura 7: Conector de saída SPDIF em uma placa-mãe.

Feito isso, conecte o cabo. O cabo tem dois fios, um preto (terra) e outro com uma cor diferente (vermelho, em nosso caso), que é usado para transmitir os dados SPDIF. Conecte cada fio ao pino correspondente. Esta informação pode ser vista no manual da placa ou escrita na própria placa. Se você prestar atenção no conector da Figura 7 verá que o pino 1 é chamado “VCC”, o pino 2 é chamado “SPDO” (o que significa “SPDIF out” ou “saída SPDIF”) e o pino 3 é chamado “GND”. Portanto em nosso caso você precisa conectar o fio vermelho no pino 2 e o fio preto no pino 3. Preste atenção porque o significado de cada pino pode mudar de acordo com a placa.


Figura 8: Cabo corretamente conectado na saída SPDIF da placa-mãe.

O próximo passo é simples: conecte a outra ponta do cabo em sua placa de vídeo e seu micro enviará o áudio digital para o conector HDMI.


Figura 9: Cabo conectado corretamente na entrada SPDIF da placa de vídeo.

Originalmente em http://www.clubedohardware.com.br/artigos/Como-Usar-o-Conector-SPDIF-Disponivel-nas-Placas-de-Video-GeForce/1543

© 1996-2013, Clube do Hardware - Todos os direitos reservados.

É expressamente proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo e dos textos disponíveis no site principal (http://www.clubedohardware.com.br), no fórum de discussões (http://forum.clubedohardware.com.br), no boletim de notícias enviado por e-mail e em nas nossas páginas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.), seja através de mídia eletrônica, impressa ou qualquer outra forma de distribuição, mesmo citando a fonte e colocando link para o artigo original. Os infratores serão indiciados e punidos com base nas leis nº 9.610 de 19/02/1998 (Brasil), Digital Millenium Copyright Act (DMCA) (EUA) e diretiva 2001/29/EC (União Européia).

Não nos responsabilizamos por danos materiais e/ou morais de qualquer espécie promovidos pelo uso das informações contidas em nosso site, em nosso fórum de discussões, em nosso boletim de notícias ou em publicações feitas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.).

Opiniões emitidas por usuários e moderadores não necessariamente refletem a opinião do Clube do Hardware e de sua direção.

Ao acessar o nosso site ou nossa página em redes sociais, você está ciente e concorda com os termos acima.