Placa-Mãe ECS P4M800PRO-M
17/08/2006 às 14h05min por Rafael Otto Coelho em Placas-Mãe Soquete LGA775 (Intel)

Introdução

Demos uma olhada na P4M800PRO-M, placa-mãe de baixo custo da ECS para processadores Intel soquete LGA775, fabricada no Brasil pela Flex Industries em Manaus. Essa placa usa a ponte norte VIA P4M800 Pro e a ponte sul VIA VT8237R+, suportando tanto memórias DDR quanto DDR2..


Figura 1: A ECS P4M800PRO-M.

A placa tem vídeo on-board mas traz um slot AGP 8X, o que permite a instalação de uma placa de vídeo "de verdade", indispensável para poder jogar os últimos lançamentos da indústria de games.


Figura 2: Visão geral.

A P4M800PRO-M tem quatro slots para módulos de memória, aceitando tanto memórias DDR quanto DDR2.
A ponte norte do chipset é resfriada por um grande dissipador passivo (isto é, sem ventoinha), enquanto a ponte sul não possui dissipador.


Figura 3: Outro ângulo.

Mais detalhes

A P4M800PRO-M aceita processadores Pentium 4, Celeron D e Pentium D com barramento externo de até 1.066 MHz. A versão 2.0 da placa aceita também os novos processadores Core 2 Duo. A placa que examinamos, infelizmente, trazia um adesivo sobre a versão da placa, e como esta placa nos foi emprestada por um distribuidor amigo, não pudemos remover a etiqueta, impedindo-nos de descobrir se tínhamos em mãos a versão 1.0, 1.0A ou 2.0..


Figura 4: Soquete do processador e regulador de tensão.

Infelizmente a placa não tem controladora de memória dual channel, o que limita bastante o desempenho de memória do computador. Nos processadores Pentium 4 e Celeron isso é um grave problema, pois essa plataforma é bastante dependente do desempenho da memória. À primeira vista o consumidor pode ser iludido achando que a placa suporta dual channel, por causa da presença de quatro soquetes para módulos de memória, sendo dois na cor azul e dois em lilás. Os soquetes coloridos existem, porém, para diferenciar os tipos de memória aceitos pela placa: DDR (333 ou 400) ou DDR2 (400 ou 533). Como os dois tipos não podem ser usados ao mesmo tempo e a placa aceita módulos de até 1 GB, o máximo de memória suportada pela P4M800PRO-M é de 2 GB.


Figura 5: Slots de memória, conectores ATA e de alimentação.

A P4M800PRO-M usa conector de alimentação ATX 2.0, de 24 pinos. Isso é bastante raro de se ver numa placa ainda baseada no barramento AGP, visto que é bem mais comum esse tipo de conector nas placas mais atuais, com barramento PCI Express. Mas pode-se usar uma fonte com conector de 20 pinos sem problemas.

Na figura 5 ainda notamos os dois conectores ATA-133, que permitem a ligação de até quatro unidades de disco rígido, CD ou DVD. Tanto o conector da fonte quanto os ATA-133 estão numa excelente localização, de forma que os cabos não precisam ficar passando por cima da placa, atrapalhando a ventilação dos componentes.


Figura 6: Painel traseiro.

O painel traseiro da P4M800PRO-M é bastante conservador: temos os conectores de teclado e mouse, uma porta paralela e uma serial, conector VGA do vídeo on-board, quatro portas USB 2.0 (mais quatro estão disponíveis na placa), porta Ethernet (com LEDs de indicação de conexão e trânsito de informações, sempre muito úteis), e os conectores de áudio de seis canais (infelizmente, compartilhados).

Mais detalhes (continuação)

No canto da placa, temos o conector do painel frontal, que não tem código de cores e nem sequer uma marcação em serigrafia sobre a sua pinagem. Só resta ao usuário consultar o manual. Também vemos o chip do BIOS, um buzzer, a bateria do CMOS/RTC e os conectores USB 2.0, que podem ser usados por portas frontais no gabinete ou conectores a serem colocados numa das ranhuras dos slots do gabinete..

Também pode-se notar os dois conectores para discos rígidos SATA 150, capazes de formar arranjos RAID 0 e 1.


Figura 7: Conectores SATA e do painel dianteiro.

A P4M800PRO-M possui um slot AGP 8X para ligação de uma placa de vídeo "de verdade", além de três slots PCI. Na figura 8 vemos também o conector para unidades de disquete, numa posição não muito prática.


Figura 8: Slots de expansão.

Sendo uma placa básica para o mercado de baixo custo, o conjunto de acessórios que acompanha a placa é composto apenas do essencial: manual do usuário, CD com drivers, espelho traseiro, cabo para disco rígido SATA (com adaptador de alimentação para esse tipo de unidade) e cabos para unidades ATA.


Figura 9: Acessórios.

Um detalhe interessante dessa placa-mãe é o fato de ela ter sido fabricada no Brasil, mais especificamente na Zona Franca de Manaus, pela Flex Industries.


Figura 10: Adesivo do fabricante.

Principais Especificações

As principais características da P4M800PRO-M são:.

Overclock

A P4M800PRO-M tem opções básicas de overclock, como aumento da frequência do barramento externo do processador de um em um megahertz, ajustes de tensão do processador, da memória e do barramento AGP. Não há, entretanto, ajuste separado para a frequência de operação dos barramentos PCI e AGP, o que pode complicar uma tentativa de um overclock mais agressivo. Também há ajustes básicos de temporização das memórias..

Conclusões

A P4M800PRO-M é uma placa bastante básica, com recursos simples, para processadores Intel. Apesar de certas vantagens, como a possibilidade de usar memórias DDR ou DDR2 e o suporte a processadores com barramento de 1.066 MHz e de dois núcleos, a falta do dual channel é um grande entrave ao bom desempenho de um computador.

O fato de ser uma placa baseada no barramento AGP é outro complicador, pois num futuro bem próximo, placas de vídeo atuais baseadas nesse tipo de slot serão bastante raras, o que reduz a capacidade de atualização futura.

O único atrativo dessa placa é realmente seu preço, mais baixo do que outras alternativas equivalentes, como as ASUS P5S800-VM ou P5RD1-VM.

Originalmente em http://www.clubedohardware.com.br/artigos/Placa-Mae-ECS-P4M800PRO-M/1260

© 1996-2013, Clube do Hardware - Todos os direitos reservados.

É expressamente proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo e dos textos disponíveis no site principal (http://www.clubedohardware.com.br), no fórum de discussões (http://forum.clubedohardware.com.br), no boletim de notícias enviado por e-mail e em nas nossas páginas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.), seja através de mídia eletrônica, impressa ou qualquer outra forma de distribuição, mesmo citando a fonte e colocando link para o artigo original. Os infratores serão indiciados e punidos com base nas leis nº 9.610 de 19/02/1998 (Brasil), Digital Millenium Copyright Act (DMCA) (EUA) e diretiva 2001/29/EC (União Européia).

Não nos responsabilizamos por danos materiais e/ou morais de qualquer espécie promovidos pelo uso das informações contidas em nosso site, em nosso fórum de discussões, em nosso boletim de notícias ou em publicações feitas em redes sociais (Facebook, Twitter, YouTube etc.).

Opiniões emitidas por usuários e moderadores não necessariamente refletem a opinião do Clube do Hardware e de sua direção.

Ao acessar o nosso site ou nossa página em redes sociais, você está ciente e concorda com os termos acima.