• Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.

Gabriel Torres

Administradores
  • Total de itens

    6.836
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

4.562

Sobre Gabriel Torres

  • Data de Nascimento 07-07-1974

Informações gerais

  • Cidade e Estado Austrália
  • Sexo Masculino

Outros

  • Biografia Editor executivo do Clube do Hardware
  1. @Wesley Sidney @jeziel1 Movi os posts de vocês para este outro tópico onde já falávamos sobre este assunto, assim fica mais fácil mantermos o contexto. Sim, jeziel1, eu levo as sugestões de todos os usuários muito a sério, quando a sugestão é boa, eu sempre adoto, mesmo que demore um pouco. No caso específico dos vídeos, eu acho que encontrei o equilíbrio perfeito no momento, que é seguir esta linha de vídeos que eu tenho postado. Creio que eles satisfaçam usuários, como você, que querem mais conteúdo de qualidade em vídeo e, ao mesmo tempo, não canibaliza o nosso site. Abraços e obrigado por seus comentários!
  2. @jeziel1 Movi sua dúvida para o local correto para que o pessoal te oriente corretamente. Abraços.
  3. Pois é, quem nos dera fosse assim tão fácil! Aparentemente o pessoal só se increve em canal de assuntos mais "bobos". Hoje nosso faturamento mensal com o YouTube fica entre US$ 10 e US$ 15. O problema é que dá muito, mas muito mais trabalho e, como mencionei acima, a grana não compensa. Então preferimos continuar usando o formato tradicional. Além disso, não queremos criar uma competição com nosso próprio site, isso seria um tiro no pé. Mas como você já percebeu, estamos gerando mais vídeos sobre assuntos que verificamos ficarem interessantes em vídeos de relativa curta duração (abaixo de dez minutos). Espero que você tenha se inscrito em nosso canal. Obrigado pela força! Abraços, Gabriel
  4. @Well Bertolassi Não, a próxima "atualização" será o curso online, como você mesmo sugeriu... Mas não creio que eu vá conseguir preparar este curso para 2017, pois ainda tenho vários sobre redes para gravar e publicar na frente. Abraços.
  5. @Turco Junte as contas, por favor, e edite o post para remover o email. Obrigado.
  6. @Well Bertolassi Agradeço pela percepção sobre a necessidade deste curso! Será feito, mas apenas após eu terminar a minha programação de cursos sobre redes, então peço um pouco de paciência!
  7. Pois é, eu expliquei esta situação em outro canto, mas de forma resumida, não temos condições financeiras no momento de executarmos testes de fontes. Precisaríamos que os fabricantes de fontes anunciassem conosco, mas todos só querem propaganda grátis (para eles, pois nós temos custos executando nossos testes). Tá tranquilo porque este é assunto que eu já havia explorado em detalhes no outro vídeo que eu menciono! Além disso a calculadora dá uma margem, se não me falha a memória.
  8. Não entendi seu comentário. As placas na tabela estão organizadas por preço e as placas citadas estavam com preços diferentes no dia da pesquisa.
  9. @ajfonseca Basta entrar em contato com suporte da Adobe.
  10. Tópico para a discussão do seguinte conteúdo publicado no Clube do Hardware: Mitos do hardware #08: fontes de potência real "Derrubamos mais um mito comum no mercado brasileiro, desta vez o das fontes de alimentação de "potência real"." Comentários são bem-vindos. Atenciosamente, Equipe Clube do Hardware http://www.clubedohardware.com.br
  11. Mitos do hardware #08: fontes de potência real

    Assista também ao vídeo "Como calcular a potência da fonte de alimentação":
  12. Porque dependendo da tecnologia, o custo não é linear. Fazendo uma analogia com carros, uma Ferrari leva (digamos) 4 segundos para atingir 0 a 100 km/h, mas para atingir de 100 km/h para 200 km/h, leva mais 8 segundos (e não apenas mais 4 segundos como você poderia supor). Custo de tecnologias que não são massificadas vão pelo mesmo caminho, principalmente pelo fato justamente de não haver produção em larga escala e, portanto, não ter os benefícios de produção em escala. Abraços.
  13. @Marcos Daniel Se o seu amigo for tão estrito assim na definição, ele deverá remover o Mac OS da lista, pois por este ponto de vista o Mac OS também não é um sistema operacional e apenas uma roupagem do GNU/Linux... Sinceramente, radicalismos como este não ajudam nada... Apenas confundem ainda mais. Abraços.
  14. @Godzilla_Giroflex Limpei o cache do servidor, veja se resolveu o problema para você. Obrigado.
  15. @chrishomer Movi sua dúvida para o local correto para que outros usuários possam te auxiliar. Obrigado.