Ir ao conteúdo
  • Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.

antonypeople

Membros Plenos
  • Total de itens

    5.225
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

0

Sobre antonypeople

  • Data de Nascimento 26-05-1982

Informações gerais

  • Cidade e Estado
    Recife - PE
  • Sexo
    Prefiro não dizer

Outros

  • Ocupação
    Técnico em Tecnologia da Informação @ CREA-PE
  • Interesses
    GNU, Free Software, Linux, História, Filosofia e minha namorada (não necessariamente nesta ordem).
  1. Verifique se a fonte está chaveada corretamente, ou seja, se ela está conectada ao estabilizador e a saída deste é de 110V a fonte tem que estar chaveada em 110V. Se por acaso o estabilizador está ok, a fonte está funcionando (verifique se a ventoninha dela está funcionando atrás do gabinete) e está chaveada corretamente, mas quando você liga o computador ele não emite nenhum beep isso é algum problema no seu processador.
  2. NTFS-3g

    O ntfs-3g já está em sua versão estável. Pode baixar o mesmo e compilar para sua distribuição.
  3. Não gostei do RHEL (Red Hat Enterprise Linux) 5, achei muito lento, mas alguém vai dizer: "Você quer colocar ele em um 386?" e eu respondo: Não! Simplesmente achei ele muito lento em relação a outras distros. Acabei de implantar um Slackware Linux 12.0 para ser um PDC com SAMBA em uma empresa e o mesmo, funcionando a pleno vapor, consome apenas 80MB de memória. Com o RHEL 5 o servidor estaria com pelo menos metade da sua memória (que é de 1GB) consumida. O RHEL é uma distro maravilhosa e a recomendo para qualquer um e qualquer empresa séria que queira começar ou se aprofundar no mundo Linux, mas claro que para tudo existe prós e contras. O SLES (SUSE Enterprise Linux Server) também é uma opção quando se fala em Linux para servidores e ele se compara ao RHLE em muitas funções. É uma decisão difícil e cada administrador acaba escolhendo a distro com a qual tem mais afinidade e experiência. Como a empresa que prestei o serviço era pequena escolhi o Slackware justamente por este motivo (afinidade e experiência), mas em empresas maiores (e com mais capital) devemos cogitar a possibilidade de uma distro do porte da RHEL ou SLES por conta do suporte a empresas e outros serviços.
  4. Squid - redirecionamento

    Aqui dentro da rede não temos nenhum problema para resolução de nomes. Isso pode ser configuração.
  5. Xandros, alguém já ouviu falar

    Xandros é voltada para o mercado corporativo, como a Red Hat. Se você é iniciante em Linux recomendo usar o Ubuntu (a nova versão 7.10 está quase saindo), o Fedora ou o openSUSE.
  6. Como remover o grub stage?

    Se remover com o C:\>fdisk /mbr ele vai apagar a MBR completa e deixar a mesma zerada, sem nenhum boot loader e o Windows XP não vai iniciar do mesmo jeito. É preciso instalar o boot loader do Windows XP para que este consiga iniciar corretamente ou algum boot loader de terceiros (como o Lilo, GRUB ou o do Partition Magic).
  7. Problemas com "usbehci.sys"

    Você pode ir no fórum para Windows XP e perguntar a alguém que use o dito cujo.
  8. Conectividade Social / Ipchains

    Usamos ipchains aqui na empresa e tambem temos o Conectividade Social e se não me engano (no tempo em que isso foi feito eu não trabalhava aqui ainda) o acesso a ele é feito por linha discada. Mas eu realmente não sei como funciona o acesso ao Conectividade Social da Caixa e nem por que o pessoal aqui não conseguiu liberar isso. Vou dar uma olhada para tentar liberar aqui na empresa e se tiver sucesso posto aqui. Se você encontrou como liberar ele com o iptables, poste o link que a gente dá uma olhada e quem sabe portamos para o ipchains.
  9. linux - drivers

    Os drivers para a maioria dos dispositivos já vem no Kernel como módulos. Mas existem alguns hardwares que para funcionarem completamente precisam de seus drivers proprietários que as fabricantes disponibilizam, mas que não podem ser incluidos no Kernel por causa de suas licenças. Por exemplo: o driver para minha placa de rede Broadcom Corporation NetXtreme BCM5755 Gigabit Ethernet PCI Express é o módulo tg3 do Kernel, mas a minha placa de vídeo ATI Radeon X1600 Pro é o fornecido pela ATI que é proprietário, pois o driver que existe no Kernel não dá suporte completo a aceleração 3D.
  10. Linux mais recente...

    Recomendo você usar o Ubuntu em vez do Debian, pois ele é mais amigável com o usuário desktop. O Debian as vezes pede que se tenha um bom conhecimento prévio em Linux para se resolver alguns problemas e o Ubuntu é focado em facilidade.
  11. linux e compatibilidades

    Existe como instalar aplicativos para Windows no Linux através de programas como o Wine, Winex e o Cedega. O segundo é o melhor e é compativél com muitos jogos disponíveis para Windows como Word of War Craft, Nedd for Speed, entre outros. Não sou nenhum especialista em jogos (não é muito minha área), mas você pode encontrar muito material em português sobre este assunto. E se você usa Ubuntu fica mais fácil achar o Cedega para instalar.
  12. Qual distribuição é melhor?

    Qualquer distro é boa para isso se tiver os devidos codecs instalados, o Ubuntu não vem por padrão com estes codecs, mas eles podem ser facilmente instalados. A instalação de codecs é até mais fácil que no Windows, no arquivo de mídia que não há codec, quando você tenta executar ele pergunta se você quer que o sistema procure e instale para você, é só dizer "Sim". O Ubuntu é uma ótima escolha, mas você pode usar também o Ubuntu Studio que foi feito pensando em pessoa que trabalham na área.
  13. Compartilhar pastas, impressoras, gerenciar perfis de usuários, grupos, permissões de acesso estilo UNIX/Windows e muito mais. Basicamente tudo que você faz em um Windows Server como PDC você pode fazer no SAMBA (até perfis móveis) e ainda aliar isso as vantagens do que o Linux tem. E a integração com outros serviços, como o LDAP, é possível e deixa ele mais robusto ainda. Temos uma rede com Linux/SAMBA para 150 usuários e não temos do que reclamar. Dúvidas é só perguntar.
  14. Ter um backup da MBR é sempre bom, no caso do Windows XP, se você tiver problemas com ele e for reinstalar ele vai sobrescrever a MBR e você pode recupera-la sem problemas deste jeito, uma opção alternativa é iniciar o sistema a partir de um CD ou disquete e reinstalar o GRUB. Para fazer um backup da MBR: Backup da MBR Fonte: http://tetrixbr.blogspot.com/ A MBR consiste nos 446 primeiros setores de um disco, usada especialmente para o carregador de boot. A tabela de partições é seguida pelos próximos 66 setores. Assim temos o início de um disco consistido em MBR + Tabela de partições: 446 + 66 = 512 setores. Com o comando dd é possível fazer backup destes setores, e até mesmo salva-los em um disquete. Criando um backup: $ dd if=/dev/hda of=mbr.backup bs=512 count=1 A opção bs diz quantos bytes serão usados e a opção count diz quantos blocos. Restaurando MBR + Tabela de partições: $ dd if=mbr-backup of=/dev/hda bs=512 count=1 Restaurando MBR sem alterar a tabela de partições: $ dd if=mbr-backup of=/dev/hda bs=446 count=1 Limpando a MBR: Se você deseja limpar a MBR completamente poderá usar o comando: $ dd if=/dev/zero of=/dev/hda bs=446 count=1 Abraços.
  15. Vocês podem usar o ManDVD que tem muitas funções bem legais e é fácil de usar. No link vocês encontram vários pacotes destinados as suas respectivas distros e o código fonte caso queiram compilar.

Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×