• Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.

faller

Membros VIP
  • Total de itens

    19.648
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

9.183

Sobre faller

  • Data de Nascimento 31-01-1954

Informações gerais

  • Cidade e Estado Porto Alegre
  • Sexo Masculino

Outros

  • Ocupação Engenheiro
  • Interesses Fontes, Eletrônica em geral
  1. Se um mês parado viesse a dar problemas em um PC imagine o problemaço que as lojas que os vendem teriam... Depois de um mês teriam de voltar a fábrica se isso fosse verdade Amigo, trata-se de um equipamento. Espere poder ter problema com a bateria da BIOS após 4 a 5 anos, tanto faz de uso ou não, parado ou rodando uma vez que isso tanto faz para aquele tipo de bateria que não é recarregável... Note que nem é necessário pensar muito para se chegar a essa conclusão.. Penso sinceramente que essa última frente fria possa lhe ter afetado de algum modo.. Tente um cobertor para que o pensamento lhe volte apesar do frio... Estamos falando de um PC e não de uma cuca de banana... Essa sim não dura um mês....
  2. Tudo isso dai, no pico do pico da demanda, mal consegue usar 300 Watts e queres colocar duas fonte.. Coloque uma decente, de 400 a 450 Watts que lhe sobrará muito ainda... https://outervision.com/b/Ypl2fM
  3. Demanda de pico por volta dos 330 Watts. Uma fonte de 450 Watts lhe dá uma folga muito boa.. Confira ai o exercício de cálculo da demanda de sua config: https://outervision.com/b/9fYoyB
  4. Terá sim a proteção contra surtos do modo diferencial, os mais comuns, os de maior probabilidade de acontecer, derivados de desligamento de motores e de cargas pesadas. A proteção contra surtos no modo diferencial independe do aporte do aterramento uma vez que é estabelecida entre fase e neutro.. Quanto a encontrar os produtos da Clamper, procure-os na loja virtual existente no site da empresa... Simples..
  5. Se ele foi projetado para operar em 12 Volts o correto é colocar uma tensão pelo menos aproximada a essa.. 9 Volts representa uma redução da ordem de 25% com relação aos 12 Volts.. Experimente alimentar uma lâmpada de 110 Volts com apenas 82 Volts (25% abaixo do valor nominal) e veja que porcaria de iluminamento vais conseguir.. Tens de cuidar também da polaridade que o plug da fonte apresenta (posição do + e do - ) sob pena da danificar irremediavelmente o roteador..
  6. Um bom filtro de linha, com proteção contra surtos, ao estilo Clamper, só como exemplo ajudaria bastante..
  7. Se é uma quase explicação se pode deduzir que não é explicação, ou seja, trata-se do que não dissestes.. Se for meio certa, se pode dizer errada.. Ou seja, o que não dissestes está errado... Pode fazer sentido sim..
  8. Fontes em geral, seja para PC, seja para o que for tem a tendência, o costume, desde longa data a ser projetadas para operar em 220 Volts e em grande parte dos casos, quando ela tem de operar em 110 Volts ela necessita de mais uma transformação internamente para, a partir desses 110, conseguir os 220 volts nativos da fonte.. Já publiquei um tópico a respeito disso dai tem algum tempo. É esse dai: Devo alimentar o PC em 110 ou 220 Volts??? Esse efeito é bastante significativo em fontes sem PFC ativo que usam a topologia do velho dobrador de tensão para conseguir recuperar os 220 Volts a partir dos 110 Volts.. As fontes com PFC ativo se valem de conversores chaveados para essa função, de modo que a perda não seja tão grande.. Somado a isso tem também a influência citada pelo colega Bad Follen relativa à corrente de entrada manipulada pela fonte que em 220 Volts é a metade praticamente que aquela quando alimentada em 110 Volts. No tocante a eficiência, deixo como dica esse tópico dai: Eficiência da fonte - Tornando claro seu entendimento
  9. Surtos de tensão podem adentrar seu PC de duas maneiras: Via rede elétrica ou via qualquer rede de cabos que chegue da rua e nela seja suportada a internet de sua casa. Tipicamente a internet pode aportar na sua casa suportada por 3 redes distintas a saber: - Rede telefônica - Rede da tv a cabo - Rede própria Todas elas sofrem de um mesmo problema que é andar por quilômetros e quilômetros na via pública, sujeitas a indução de raios em tempestades elétricas, sujeitas a queda da fiação elétrica por sobre as mesmas em podas de árvores ou em acidentes de trânsito com queda de postes. Todas nada incomuns.. Isso pode carrear esse surto, coletado na rua, para uma porta lan de sua placa-mãe, e dai se espalhando geralmente em busca da fonte de seu PC, por onde bem entender. Os danos podem ser grandes. Isso pode ser evitado se o último trecho dai não for físico metálico, por exemplo se sua distribuição em casa for via WiFi, uma vez que a radiofrequência não transfere, não transporta esses surtos.. Para proteger esse caminho se tem inúmeras vias, como por exemplo usar das proteções adicionais que os filtros de linha tais como o Clamper Multiproteção, ou o Upsai FHT-1200 tem, ou usar proteções específicas para cabo lan, que o mercado oferece. OBS: Quando a distribuição da internet é feita exclusivamente por fibra e na topologia FTTH (fibra até dentro de sua casa) o risco de trazer surtos via essa rede diminui drasticamente uma vez que a fibra ótica não propaga surto de tensão..
  10. Mal eu amigo.. Fiz a maior confusão por ter respondido na pressa, lido na pressa, pensado ter entendido na pressa.. Você está certo e por isso lhe peço mil desculpas.. Eu estou errado.. Obrigado por me corrigir.
  11. Acho interessante que o colega sequer sabe porque fazer a ultima conexão com o PC via RF (WiFi) em vez de cabo físico (cabo lan ) mas se espanta que todo mundo paga pau para a Clamper e seus produtos, meio que criticando.. Verdadeiro exemplo de um mar de conhecimento com dois milímetros de profundidade... O que preferes, pagar menos para uma dessas extensões de tomada se proteção adequada ou pagar pouco mais por alguma que seja eficaz, realmente proteja seus equipamentos???? Dica: Por que adotar proteção adicional na linha telefônica e de TV a cabo? Como escolher adequado filtro de linha para proteger seus equipamentos
  12. Sempre é tempo, nunca é tarde para uma sábia decisão...
  13. Só pequenas correções para o bem da física.. Para sobrecarregar um equipamento qualquer que seja tem de se ultrapassar sua capacidade de manipular potência. Esse filtro dai, conforme o site do fabricante, tolera oferecer até 1270 Watts em 127 e 2200 Watts se alimentado em 220 Volts. Com uma demanda da ordem de: Fonte de 430 Watts: demanda de pico de 500 Watts se muito Monitor típico: 40 Watts se muito Router: 20 Watts se muito.. Somando 500+40+20 = 560 Watts. Daria de ligar de duas a quatro dessas suas configs no filtro de linha sem sobrecarregar nada.. No-break nunca foi pensado para dar maior segurança aos seus equipamentos e inúmeros vídeos e tópicos já apareceram por aqui no fórum acerca disso. Quanto a esses no-breaks que podem estar bem em conta, cuide.... Podem bem ser os malditos short-breaks, erroneamente denominados de no-break, com geração de onda retangular, verdadeiros estabilizadores adaptados. Bem poderias ter comprado um filtro de linha pouco mais decente que essa enganação ai da Force line. Um iClamper com cinco tomadas faria o mesmo trabalho com bem maior qualidade. Um Multiproteção da Clamper protegeria inclusive sua possível entrada da internet, ai na sua casa, evitando ou atenuando uma descarga elétrica vindo pelo cabo da internet (pode entrar e bagunçar sua placa-mãe, placa de rede, placa de vídeo e todo o demais)
  14. Veja ai ou olhe lá na sua fonte: Olhe lá onde diz AC input, (entrada AC) que é onde é usado o cabo de alimentação e verás que a máxima corrente que ela pede é de 6,3 Amperes. Qualquer cabo que garanta isso ou mais de corrente irá servir...
  15. Raciocine com a cabeça agora... Se no-break fosse pensado para corrigir oscilação de energia, claro, tirano energia das baterias a cada necessidade de correção, logo, com meia hora a uma hora essas baterias ficariam descarregadas e seus equipamentos parariam de operar... No-break não foi feito para isso.. Uma boa fonte com entrada Full Range sim resolve isso dai com as duas mãos nas costas. As mesmas operam com tensões de 90 a 264 Volts e mesmo variando entre esses valores. Prá que melhor que isso???? Remédio certo para doença característica, ou você está procurando quimioterapia para prevenir câncer.... Sua fonte Corsair VS600 como já é equipada com PFC ativo também tem entrada Full Range e pode operar de 90 a 264 Volts sem ter de trocar chave alguma... Pode ligá-la na tomada e nenhuma oscilação normal de rede elétrica vai atrapalhar a mesma nem tampouco o funcionamento de seu PC.. Veja ai uma experiência que fiz com uma fonte com PFC ativo.. Fonte com PFC ativo - Matando a cobra e mostrando o PAU