• Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.

aphawk

Membros VIP
  • Total de itens

    5.242
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

2.293

Sobre aphawk

  • Data de Nascimento 07-02-1960

Informações gerais

  • Cidade e Estado São Paulo, SP
  • Sexo Masculino

Outros

  • Ocupação Hardware
  • Interesses Pescar, jogar, bons restaurantes, pesquisar novidades, andar de moto, inventar montagens, e principalmente criticar o Ensino do jeito que está sendo feito....
  1. @Reginaldo Sgorlon , Você tem de fazer funcionar semelhante a isto aqui : http://www.eleccircuit.com/efficient-flyback-driver-circuit-by-ic-555-irf510/ Repare que no 555 é possível ajustar tanto a freqüência como o duty rate, então seu programa deve prever esses dois ajustes, e apenas na bancada você conseguirá definir a melhor condição para o seu flyback. Usando um flyback de TV, a frequência a ser gerada deve ser algo entre 15Khz e 16 Khz. Paulo
  2. @HenriSp , A maioria dos displays LCDs do tipo alfanumérico possuem uma impressão com a função de cada pino.... veja aqui : Esse é o padrão que funciona no adaptador I2C-LCD , pelo menos os meus displays seguem essa pinagem. Paulo
  3. @Lucas Pereira de Souza , Não é um erro acumulativo. é um erro nos cálculos. Repare que se você começar com 0.300, vai ter o valor errado logo de cara, de 316 .... pode apostar que é algum erro de tipo de variável, ou de coisa desse tipo no compilador. Se fosse erro acumulativo, você mediria 316 na primeira leitura, e na segunda mediria um valor ainda maior, e na terceira maior ainda..... se você sempre tem 316, é erro nos cálculos, talvez tipo de variável utilizada. Se você disponibilizar o seu arquivo do Proteus, eu faço o programa com o Bascom pra testar. Paulo
  4. @HenriSp , Primeiro tenha a certeza de que seu display segue a pinagem padrão. Já comprei displays que tinham pinagem diferente, invertendo o RS com o WR . Segundo, cuidado com acender o backlite, alguns displays consomem muita corrente e podem até torrar o regulador de seu Arduino ( aconteceu comigo com um display 4X20 .... ) . Paulo
  5. Interessante... você está rindo de sua falta de habilidade em expor uma dúvida ? Infelizmente para você, as "inteligências raras" aqui estão todas muito à sua frente em conhecimento, sociabilidade, educação e vontade de ajudar a quem realmente precisa, mas nenhuma delas gosta de ser destratada. Recomendo a leitura do famoso livro "Como influenciar pessoas e conquistar amigos". Boa sorte na sua vida, pois desse jeito vai precisar de muita.... Paulo
  6. @JonasXPX , Se está consumindo os 30A da bateria, é a sua carga que está usando isso tudo ! Não adianta limitar pois vai diminuir a potência entregue à carga. Paulo
  7. @Bommu Perneta , Kkkk eu fiz faculdade e também prefiro dizer que não sei de nada ! Falta o circuito , faltam os valores de componentes e frequência envolvida, sem isso mais de 90% que lerem esse tópico vão ficar boiando..... Aguardo um post completo .... Paulo
  8. @RSelector1 , Opa, segue o link : Paulo
  9. @Matheus_Gs A saída de seu receptor não consegue fornecer a corrente necessária para um Led. Teria de usar um transistor pequeno para isso. Ao usar o transmissor / receptor sózinhos, sem os CI's, o receptor vai ficar apresentando algum sinal na saída, devido ao ruído, ou seja, você vai ver o seu Led dando umas piscadas aleatórias, mesmo sem acionar o transmissor. É normal pois o receptor fica sempre em seu ganho máximo na ausência de sinal do transmissor. Normalmente usa-se um par de CIs na transmissão / recepção, como os HT12D/E, mas acho que esse par MC que você está usando deve fazer a mesma coisa. Paulo
  10. @Amiths , Dá uma olhada aqui : http://www.clubedohardware.com.br/applications/core/interface/file/attachment.php?id=115643 Entre as páginas 11 e 14 ensino como calcular os componentes. Se tiver alguma dúvida pergunte ok ? Paulo
  11. @José Carlos de Castro Jr. , Uau... haja Mosfet ..... Vou pesquisar sobre o IGBT, quem sabe alguém saiba se ele pode ser cortado mesmo em tensão DC e poste aqui.... adicionado 24 minutos depois @José Carlos de Castro Jr. , Pelo que pesquisei pode usar sim, mas não use uma frequência muito alta de PWM. Paulo
  12. @Bruno Andrade Almeida , O problema é que justamente por não ser linear você não vai poder usar a famosa regrinha de três !!!! Lembre-se do diodo que está em série, ele causa uma queda de 0,7 Volts ( depende do diodo... ) e isso causa a não linearidade. Outra coisa para você pensar : se de uma cerca para outra mudar a largura de pulso, seu circuito vai errar a leitura na mesma proporção, pois ele é um integrador e não um detetor de picos. Paulo
  13. @Lucas Pereira de Souza , Para mim, o seu tratamento matemático está meio confuso, mas o esquema me parece correto ! O sensor para correntes de 5A possui tensão de saída de 2,5 Volts para corrente igual a 0. A saída varia 185 mV/A . Se a corrente chegar a 5A no sentido positivo, a tensão na saída será de 2.5 + 0.185 x 5 = 3.425 Volts. Eu calcularia da seguinte maneira : - leitura do conversor A/D com Vref=5V dá o valor val_medido - se val_medido > 511 então corrente é no sentido positivo; se for < 512 então é negativa. - supondo que a corrente é positiva : - X = val_medido x 1023/5 ; teremos a tensão em volts - X = X - 2.5 ; teremos o acréscimo causado pela corrente $$$$$$$$$$$$$ - X = X/0.185 ; agora X é o valor em Amperes Fácil .... se a leitura do conversor for < 511 então basta fazer X = 2.5 - X na linha marcada com os $$$$$$$$$$$$$ ! Veja se modificando seu programa resolve.... Paulo
  14. @Bruno Andrade Almeida , Pelo que você explicou no início de seu post, você quer medir a tensão. Então precisa de algum tipo de circuito que seja linear. Não vejo como ser linear um circuito desse tipo que você está usando, onde só a queda do diodo é de 0,7 Volts e ainda assim levemente exponencial. O @MOR deixou bem claro as dificuldades na medição. Paulo
  15. @RSelector1 , Essa sua ligação dos transistores está totalmente errada.... faltam resistores, meu amigo, e Q1 e Q2 estão com base - emissor em curto ! Veja o projeto da fonte do mestre Faller, aqui mesmo no Fórum, e adapte para a parte de tensão negativa, ah e também reveja o dimensionamento do resistor sensor de corrente para o seu caso. Paulo