• Comunicados

    • Gabriel Torres

      Seja um moderador do Clube do Hardware!   12-02-2016

      Prezados membros do Clube do Hardware, Está aberto o processo de seleção de novos moderadores para diversos setores ou áreas do Clube do Hardware. Os requisitos são:   Pelo menos 500 posts e um ano de cadastro; Boa frequência de participação; Ser respeitoso, cordial e educado com os demais membros; Ter bom nível de português; Ter razoável conhecimento da área em que pretende atuar; Saber trabalhar em equipe (com os moderadores, coordenadores e administradores).   Os interessados deverão enviar uma mensagem privada para o usuário @Equipe Clube do Hardware com o título "Candidato a moderador". A mensagem deverá conter respostas às perguntas abaixo:   Qual o seu nome completo? Qual sua data de nascimento? Qual sua formação/profissão? Já atuou como moderador em algo outro fórum, se sim, qual? De forma sucinta, explique o porquê de querer ser moderador do fórum e conte-nos um pouco sobre você.   OBS: Não se trata de função remunerada. Todos que fazem parte do staff são voluntários.

Dimitriusbueno

Membros Plenos
  • Total de itens

    774
  • Registro em

  • Última visita

  • Qualificações

    0%

Reputação

336

3 Seguidores

Sobre Dimitriusbueno

  • Data de Nascimento 24-12-1983

Informações gerais

  • Cidade e Estado Porto Alegre
  • Sexo Masculino
  1. Olá @Nicolas Viana, seja bem vindo ao fórum! Aparentemente o problema está na bomba que não sugou a tinta do tanque para a cabeça de impressão, provavelmente só a tinta amarela foi corretamente levada para a cabeça já que é a única que teve o nível no tanque alterado. Eu vou lhe passar o procedimento para acionar a bomba novamente afim de forçar a tinta até os cartuchos fixos e a cabeça de impressão. Acesse o driver de impressão da L375, no Windows 10 é Menu Iniciar>Configurações Clique em Dispositivo>Epson L375 Series>Gerenciar> Preferências de Impressão Esse é o software de configuração da impressora, vá na aba Manutenção conforme a imagem. Nessa aba você encontrará algumas opções, uma delas é chamada de Eliminação Total de Tinta, no primeiro momento o usuário pode pensar que toda tinta do tanque será eliminada mas esse botão tem outra função, quando a impressora dá o aviso de que não há tinta ele aciona a bomba que forçará a ida da tinta até os cartuchos fixos e a cabeça de impressão, acione essa opção e prossiga no software até iniciar o processo, aguarde a máquina concluir e faça novamente um teste de impressão. Dê o retorno se o problema foi ou não solucionado!
  2. A Luz laranja no modelo ML-2851-ND normalmente indica papel atolado, eu sugiro que você verifique se não há um pedaço de papel preso em algum sensor, verifique na trajetória do papel, se não encontrar nada limpe os sensores e teste novamente. O toner é original? Troque o toner e veja se o problema persiste. Se não conseguir resolver com procedimentos básicos encaminhe a máquina para uma assistência especializada, também pode ser problema no fusor, unidade LSU e outros.
  3. O problema pode estar nos cartuchos que foram recarregados, a Canon tem alguns cartuchos delicados no quesito recarga, o que você pode fazer é um teste com outros cartuchos.
  4. Eu acho que eles estão permitindo a recarga em cartuchos originais ou será que nem isso? Eu acredito que o cartucho original quando recarregado é reconhecido como vazio mas da para seguir imprimindo, se até isso foi bloqueado fica difícil. A HP só é viável economicamente se for para utilizar bulk ink, compatíveis ou recarregar os originais, do contrário o sujeito é levado a falência. A Canon também tem cartuchos caros mas é liberada para instalação de bulk, dos compatíveis e para recarga de usados.
  5. Mesmo que o cartucho que recebeu a recarga permaneça no socket existem mecanismos que irão apontar que a tinta acabou no caso da HP, isso não chega a ser um problema já que você pode recarregar o cartucho e usar normalmente, veja pelo lado positivo. Você pode tentar tirar e recolocar o cartucho como o membro Henrique comentou mas a HP não aceita a ideia de reset para cartuchos de tinta, só se em alguns modelos é liberado o que eu acho difícil.
  6. Eu te agradeço por ter dado o retorno, infelizmente a Inktec provavelmente é a marca mais visada pelos falsificadores, é uma realidade que qualquer um está sujeito.
  7. O sensor desse modelo fica localizado na placa lógica, é uma peça móvel de plástico na cor branca, o movimento de abrir e fechar a tampa do scanner faz com que essa espécie de alavanca envie um comando: tampa aberta / fechada. Em alguns modelos essa peça acabava soltando da placa e caindo no interior da própria impressora, abra a tampa do scanner e observe se você consegui encontrá-la, embora ela esteja fixada na placa lógica é possível visualizá-la se a tampa estiver aberta, se ela estiver no local veja se você consegui movimentá-la simulando o acionamento do mecanismo quando a tampa do scanner é aberta.
  8. A HP já bloqueou o uso de bulk ink nos modelos mais recentes, também está impedindo o uso de compatíveis, o único interesse da HP é fazer os usuários adquirirem cartuchos novos, esses que ela comercializa a preço de ouro. No seu caso resta agradecer por ainda poder usar cartuchos recarregados, a maior fonte de receitas da HP no segmento de impressão vem da venda de consumíveis, é uma empresa cuja cretinice é tamanha que os cartuchos que acompanham a impressora tem pouquíssima quantidade de tinta para acabar logo e fazer o sujeito comprar um novo.
  9. Eu li algumas postagens desse tópico e fiquei tentado em comentar sobre um ponto divergente que é a placa de vídeo no forno, eu não diria que as placas que voltaram a funcionar foram recuperadas, essa sensação de reconforto ao ver a placa funcionando novamente tem prazo de validade, para a maioria dos aventureiros perdurará por poucos dias, talvez algumas semanas ou horas. O problema de toda placa de vídeo que ganha uma sobrevida ao ser submetida a "técnica" do forno caseiro é a solda BGA. A solda lead free seguramente responde por uma parcela significativa das falhas observadas nesse tipo de hardware, sem a presença do chumbo na composição da solda atualmente empregada na manufatura de eletrônicos a incidência de defeitos aumentou muito, o chumbo proporcionava flexibilidade evitando as microfissuras nos pontos em que a BGA é aplicada, por força de normas ambientais o uso do chumbo foi abolido e isso trouxe implicações, quando a placa de vídeo superaquece a solda empregada no PCB da placa sofre dilatação, a expansão da solda provocada pelo calor excessivo volta ao "normal" quando a temperatura é reduzida, entretanto essa condição pode provocar com o tempo o surgimento de pequenas fissuras, essas trincas serão as responsáveis pelo surgimento dos artefatos, listas coloridas, tela preta e outros defeitos comumente relatados. E o forno caseiro? O forno entra como paliativo já que o calor gerado não é suficiente para provocar a plena fusão da solda, o que nós temos é uma reacomodação dos pontos comprometidos e para o defeito reaparecer é uma questão de tempo. O reparo que pode oferecer alguma garantia de durabilidade nesses casos é o reballing, nessa técnica o chipset ( GPU ) é novamente soldado mas dessa vez utilizando solda com chumbo, nessa condição nós minimizamos a reincidência do problema. Esferas BGA O calor do forno não é capaz de recuperar nenhuma placa, ela pode voltar a funcionar em razão da reacomodação momentânea das microfissuras presentes na solda, o problema vai reaparecer com o tempo, geralmente em um curto prazo ou algumas horas. Se o forno aquecesse a tal ponto de fazer a solda entrar novamente em fusão teríamos o dano a outros componentes da placa. A questão de recuperação de placas de vídeo no forno é um mito! Alguns irão protestar dizendo que tiveram placas ressuscitadas, a esses eu pergunto: Por quanto tempo?
  10. Isso irá ocorrer com qualquer cartucho que tenha sido recarregado, não vai interferir em nada já que você pode seguir imprimindo, o nível do cartucho só estará preenchido se você utilizar um cartucho original novo.
  11. O volume de impressões mensal é uma estimativa do fabricante para dimensionar o tempo de vida útil do equipamento, se um modelo foi projetado para durar até 100.000 cópias e o fabricante recomenda até 1000 impressões mês sabemos que essa máquina deve durar até 4 anos, um pouco mais ou um pouco menos, poderá durar apenas 1 ano se for submetida a alta demanda. Na faixa de valor que você quer gastar fica difícil indicar um modelo jato de tinta para 12.000 cópias mês ( 3 mil p/semana ), pague R$1,700 e compre uma Canon Maxify MB5310, essa máquina é robusta, rápida e aceita Bulk ink, a Mundo Collor tem modelos MB5310 que ultrapassaram 200.000 cópias, hoje com mais de 500 contratos de locação eles tem clientes imprimindo alto volume de cópias/mês em máquinas como essa. http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-837927879-multifuncional-canon-maxify-mb5310-completa-nova-na-caixa-_JM Bulk Ink: Bulk Ink Maxify MB5310 Canon Maxify MB5310 A Canon lançou recentemente a Maxify 5110 mas eu não sei se já existe bulk para esse modelo.
  12. O mercado está em uma fase complicada Fabio, nós temos o bloqueio da HP nas 8210, 8610 e outros modelos, o atraso da chegada da nova linha Maxify da Canon, os novos modelos que chegaram ao varejo estão com uma cotação absurda dando indícios de que a linha irá se reposicionar no segmento de impressoras para escritórios. Nessa faixa de preço você pode optar pela HP Officejet Pro 6830, você consegui comprá-la na faixa de R$680,00 - R$850,00. HP 6830 Opção 2 HP 6830 A Officejet Pro 6830 aceita bulk ink e quem faz uma adaptação com excelente qualidade e acabamento nessas máquinas é a Mundo Collor que trabalha no segmento de outsourcing de impressão. Eu sugiro que você veja o vídeo e entre em contato com eles, seja para adquirir o bulk ink para esse modelo ou tirar outra dúvida. Apresentação HP 6830 com Bulk
  13. Olá Kleyber, se você não estiver com os drivers da multifuncional o software de reset pode interpretar que não há uma L365 instalada, no mínimo você vai precisar dos drivers para testar o equipamento ou pensa em devolvê-la sem ao menos fazer um teste após resetá-la? Os drivers para a L365 podem ser baixados no site da Epson, entre no link abaixo, selecione o sistema operacional em que o driver será instalado e clique em Drivers para descarregar o driver de impressora V2.22. Driver Ecotank L365 O reset para a L365 pode ser obtido no tópico postado abaixo, nele em mantenho uma lista com resets de vários modelos de impressoras com tanque de tinta, inclusive da L365.
  14. Você mencionou o modelo G31VSS2-M é isso? Esse modelo é da Philtronics? É uma placa que tem uma série de limitações, a maioria das fabricantes deixaram de fabricar plataformas baseadas no socket 775 mas no Mercado Livre você ainda localiza muitos modelos novos, você citou o processador E5400 que é um modelo bem defasado e essas informações parecem ter passado batido pelo pessoal, esse processador reduzirá bastante o desempenho das placas de vídeo que você citou, você vai conseguir jogar e existem vários vídeos no Youtube demonstrando o gameplay do GTA V em um Dual Core E5400 e uma placa de vídeo inferior a GTX 750 TI mas é bom salientar esses detalhes. Eu compreendo que você está com orçamento limitado mas as vezes se consegui mexer em alguns detalhes.
  15. Reset compatível Epson L1300 ( ESP/EPIL ): L1300 Reset compatível Epson L1300 ( ECC ): L1300 Reset compatível Epson L1800: L1800 Reset compatível com Epson L805: L805 Reset compatível com Epson L810 e L850: L810, L850 Reset compatível com Epson L565: L565 Reset compatível com Epson L500, L510, L520, L540, L550: L500, L510, L520, L540, L550 Reset compatível com Epson L120: L120 OBS: Todos os resets são gratuitos e ilimitados, livres de travas e do comércio imoral de vendedores inescrupulosos que lucram descaradamente com um comércio de programas que recebem gratuitamente.