Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Teste do SSD Kingston A2000 de 1.000 GiB

       
 13.229 Visualizações    Testes  
 3 comentários

Testamos o Kingston A2000 de 1.000 GiB, SSD de baixo custo que utiliza formato M.2 e interface PCI Express 3.0 x4. Confira!

Teste do SSD Kingston A2000 de 1.000 GiB
Produto Recomendado

Produto Recomendado

Conclusões

Em nossos testes, o A2000 apresentou desempenho de leitura e escrita com dados não-compactáveis semelhante ao obtido com dados compactáveis, o que significa que seu controlador não utiliza compactação de dados para acelerar a transferência de dados.

Em relação ao seu competidor "direto", o Intel 660p, ficou claro que o Kingston A2000 é consistentemente mais rápido (tipicamente, em torno de 20%). Aí entra o porquê de utilizarmos "direto" entre aspas: embora o preço sugerido do A2000 de 1.000 GiB nos EUA seja de US$ 99,99, o mesmo do Intel 660p, na prática o SSD da Kingston é mais caro que o modelo da Intel, tanto nas lojas dos Estados Unidos quanto nas do Brasil. Como esta diferença de preço costuma variar bastante, a escolha entre os dois modelos vai depender da diferença de preço entre eles no dia em que você for comprar seu SSD.

Já a comparação do A2000 com o WD Black mostra que ainda há uma diferença mensurável de velocidade entre um SSD de entrada e um topo de linha. Porém, esta diferença não é muito sentida no dia-a-dia e, para a imensa maioria dos usuários, um SSD PCI Express de entrada como o A2000 faz muito mais sentido do que um modelo topo de linha.

Em relação ao mdelo antecessor, o A1000, houve uma grande evolução de desempenho, o que já era esperado já que o A1000 usa interface PCI Express 3.0 x2 e o A2000 utiliza PCI Express 3.0 x4.

Assim, se você procura um SSD de 1.000 GiB com ótimo desempenho e boa relação custo-benefício, o Kingston A2000 é uma excelente opção, principalmente se você encontrá-lo por um valor próximo do Intel 660p de mesma capacidade.

Compartilhar

  • Curtir 4


  Denunciar Artigo

Artigos similares


Comentários de usuários


Só não concordo com a parte que diz "baixo custo" o restante eu concordo, talvez daqui a 2 ou 3 anos vai ser de baixo custo , o preço tem caído bastante!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 28/10/2019 às 21:45, Ricardo RRY disse:

Só não concordo com a parte que diz "baixo custo" o restante eu concordo, talvez daqui a 2 ou 3 anos vai ser de baixo custo , o preço tem caído bastante!

Realmente, quase 1000 reais em um SSD, ainda não da pra chamar de baixo custo aqui no Brasil. Apesar de não saber a diferença de desempenho entre ele e o P1, o modelo da Crucial pode ser encontrado por quase 200 reais mais barato (e sinceramente, ainda acho caro). Ainda to esperando pelo dia que vou pegar um equivalente a estes por até 500 reais, seja por queda do dolar, impostos ou queda nos preços dos SSDs (creio mais na ultima opção, infelizmente)

 

obs: @Rafael Coelho, acho que tem um pequeno erro na ultima tabela da pagina 1. Está escrito Kingston A1000 duas vezes, onde uma deveria ser A2000.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
19 horas atrás, =insane= disse:

obs: @Rafael Coelho, acho que tem um pequeno erro na ultima tabela da pagina 1. Está escrito Kingston A1000 duas vezes, onde uma deveria ser A2000.

Corrigido, obrigado!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...