Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Teste do SSD Kingston A2000 de 1.000 GiB

       
 11.811 Visualizações    Testes  
 3 comentários

Testamos o Kingston A2000 de 1.000 GiB, SSD de baixo custo que utiliza formato M.2 e interface PCI Express 3.0 x4. Confira!

Teste do SSD Kingston A2000 de 1.000 GiB
Produto Recomendado

Produto Recomendado

Introdução

O A2000 é o novo SSD NVMe de entrada da Kingston, utilizando interface PCI Express 3.0 x4, formato M.2 2280 e memórias 3D NAND TLC. Testamos o modelo de 1.000 GiB e veremos como é o seu desempenho.

Já testamos os modelos de 240 GiB e 480 GiB do Kingston A1000, que se destacaram pelo bom desempenho e pela excelente relação custo-benefício. O novo A2000 vem substituir o A1000 no segmento de SSDs de baixo custo utilizando interface PCI Express e formato M.2, que é um dos mais interessantes atualmente, pois são modelos que unem o baixo custo (similar ao dos modelos de entrada com interface SATA) e o alto desempenho dos modelos com interface PCI Express, embora não sejam tão rápidos quanto modelos topo de linha. Outros representantes deste segmento são o Intel 660p, o Crucial P1 e o WD Blue SN500.

Antes de prosseguirmos com este teste, sugerimos a leitura do tutorial “Anatomia das unidades SSD”, onde você encontrará informações sobre essas unidades.

O Kingston A2000 está disponível em capacidades de 250 GiB, 500 GiB e 1.000 GiB, todos com formato M.2 2280 e interface PCI Express 3.0 x4. Seu consumo máximo é de 1,7 W durante a leitura e 4,5 W na escrita. Outra característica importante do A2000 é o seu suporte a criptografia por hardware padrão XTS-AES de 256 bits.

Como a maioria dos SSDs atuais, o A2000 utiliza memórias 3D NAND TLC, que armazena três bits por célula.

Comparamos o A2000 de 1.000 GiB a um de seus concorrentes (quase) diretos: o Intel 660p de 1.024 GiB. Como curiosidade, também incluímos no comparativo um SSD topo de linha de mesma capacidade, o WD Black de 1.000 GiB, mas lembre-se de que se trata de um modelo bem mais caro, não sendo um concorrente direto do A2000. Além disso, também incluímos o Kingston A1000 de 480 GiB, para termos ideia da diferença de desempenho entre o A2000 e seu antecessor. Porém, como o A1000 é um modelo de menor capacidade, não podemos fazer uma comparação direta entre os dois.

As unidades testadas têm, na verdade, 1.024 (ou 512) GiB de memória total, mas parte desta memória é reservada para uso interno (“overprovisioning”), usados pelos mecanismos de coleta de lixo e balanceamento de desgaste. Este recurso aumenta a vida útil do SSD.

O total de bytes gravados (TBW, que significa a quantidade de dados gravados na unidade até que a mesma possa ter problemas por desgaste) do A2000 de 1.000 GiB é de 600 TiB. Para saber mais sobre o que significa esta informação, assista ao nosso vídeo sobre durabilidade de SSDs.

Na tabela abaixo comparamos as unidades testadas. Os preços foram pesquisados no dia da publicação deste teste.

Fabricante Modelo Código do Modelo Capacidade Nominal Formato Interface Preço nos EUA Preço no Brasil
Kingston A2000 SA2000M8/1000G 1.000 GiB M.2 2280 PCI Express 3.0 x4 US$ 135 R$ 920
Intel 660p SSDPEKNW010T8X1 1.024 GiB M.2 2280 PCI Express 3.0 x4 US$ 100 R$ 780
Western Digital WD Black WDS100T2X0C 1.000 GiB M.2 2280 PCI Express 3.0 x4 US$ 203 R$ 1700
Kingston A1000 SA1000M8/480G 480 GiB M.2 2280 PCI Express 3.0 x2 US$ 85 R$ 590

Na tabela abaixo, fornecemos um comparativo de detalhes técnicos das duas unidades. TBW (Total Bytes Written) significa a quantidade de dados que podem ser gravados na unidade até que a mesma possa ter problemas por desgaste.

Modelo Controlador Buffer Memória TBW
Kingston A2000 Silicon Motion SM2263ENG

ND

4x 256 GiB Micron

 MT29F2T08EMHBFJ4-R

600 TiB
Intel 660p Silicon Motion SM2263EN 256 MiB 2x 512 GiB Intel 29F04T2ANCQH1 200 TiB
WD Black SanDisk 20-82-00700-A1 1 GiB 2x 512 GiB Sandisk 05561 600 TiB
Kingston A1000 Phison E8

512 MiB

4x 128 GiB Kingston FH12808UCT1-32 300 TiB

Compartilhar

  • Curtir 4


  Denunciar Artigo

Artigos similares


Comentários de usuários


Só não concordo com a parte que diz "baixo custo" o restante eu concordo, talvez daqui a 2 ou 3 anos vai ser de baixo custo , o preço tem caído bastante!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 28/10/2019 às 21:45, Ricardo RRY disse:

Só não concordo com a parte que diz "baixo custo" o restante eu concordo, talvez daqui a 2 ou 3 anos vai ser de baixo custo , o preço tem caído bastante!

Realmente, quase 1000 reais em um SSD, ainda não da pra chamar de baixo custo aqui no Brasil. Apesar de não saber a diferença de desempenho entre ele e o P1, o modelo da Crucial pode ser encontrado por quase 200 reais mais barato (e sinceramente, ainda acho caro). Ainda to esperando pelo dia que vou pegar um equivalente a estes por até 500 reais, seja por queda do dolar, impostos ou queda nos preços dos SSDs (creio mais na ultima opção, infelizmente)

 

obs: @Rafael Coelho, acho que tem um pequeno erro na ultima tabela da pagina 1. Está escrito Kingston A1000 duas vezes, onde uma deveria ser A2000.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
19 horas atrás, =insane= disse:

obs: @Rafael Coelho, acho que tem um pequeno erro na ultima tabela da pagina 1. Está escrito Kingston A1000 duas vezes, onde uma deveria ser A2000.

Corrigido, obrigado!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...