Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Teste do SSD WD Black SN750 de 500 GiB

       
 12.840 Visualizações    Testes  
 3 comentários

O SN750 é a versão mais recente do SSD topo de linha da Western Digital, o WD Black, usando formato M.2 e interface PCI Express 3.0 x4. Testamos a versão de 500 GiB e vamos ver como é o seu desempenho.

Teste do SSD WD Black SN750 de 500 GiB
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Introdução

O SN750 é a versão mais recente da linha de SSDs topo de linha da Western Digital, a WD Black, em formato M.2 e utilizando interface PCI Express 3.0 x4 e protocolo NVMe, com opção de vir com dissipador de calor. Testamos o modelo de 500 GiB e vamos ver se ele é uma boa opção.

O WD Black SN750 pode ser encontrado em capacidades de 250 GiB, 500 GiB, 1.000 GiB e 2.000 GiB, sem dissipador de calor, ou de 500 GiB, 1.000 GiB e 2.000 GiB com dissipador de calor. O dissipador pode ser uma vantagem, pois permite ao SSD trabalhar mais frio, porém tem a desvantagem de deixar o produto com 8,1 mm de altura, tornando-o incompatível com algumas placas-mãe e com a grande maioria dos notebooks.

O código do produto do modelo testado, de 500 GiB com dissipador de calor, é WDS500G3XHC-00SJG0.

A linha WD Black de SSDs topo de linha está em sua terceira geração. A primeira geração do WD Black foi lançada em 2017, enquanto a segunda foi lançada em 2018 (Já testamos o modelo de 1.000 GiB da segunda geração; clique aqui para ler o teste). Ambas utilizavam apenas a nomenclatura WD Black. Já a terceira geração foi batizada de WD Black SN750 para diferenciar-se das anteriores, mas os componentes usados nos modelos de terceira geração são praticamente idênticos aos usados na segunda geração; a diferença parece estar apenas no firmware mais atual.

Antes de prosseguirmos com este teste, sugerimos a leitura do tutorial “Anatomia das unidades SSD”, onde você encontrará informações sobre essas unidades.

O WD Black SN750 utiliza memórias 3D NAND TLC, que armazena três bits por célula, interface PCI Express 3.0 x4 e protocolo NVMe. Esta interface tem uma largura de banda máxima de 4.000 MiB/s, enquanto a interface SATA-600 suporta transferência de dados a, no máximo, 600 MiB/s. Assim, modelos que utilizam conexão PCI Express têm o potencial de serem bem mais rápidos do que os que utilizam interface SATA.

Comparamos o WD Black SN750 a três modelos de capacidade semelhante: o Samsung 960 EVO de 500 GiB, o Kingston A1000 de 480 GiB e o HyperX Fury RGB de 480 GiB. Note, porém, que são modelos que não concorrem diretamente com o WD Black SN750, pois o Samsung 960 EVO já foi substituído pelo 970 EVO Plus (este sim, concorrente direto), o Kingston A1000 é considerado um modelo NVMe de entrada (utiliza PCI Express 3.0 x2) e o HyperX Fury RGB utiliza interface SATA-600.

Todas as unidades testadas têm, na verdade, 512 GiB de memória total, mas nos modelos com menor capacidade nominal, a diferença é reservada para uso interno (“overprovisioning”), usados pelos mecanismos de coleta de lixo e balanceamento de desgaste.

O total de bytes gravados (TBW, que significa a quantidade de dados gravados na unidade até que a mesma possa ter problemas por desgaste) do WD Black SN750 de 500 GiB é de 300 TiB, e sua garantia é de 5 anos. Para saber mais sobre o que significa esta informação, assista ao nosso vídeo sobre durabilidade de SSDs.

Na tabela abaixo comparamos as unidades testadas. Os preços foram pesquisados no dia da publicação deste teste.

Fabricante Modelo Código do Modelo Capacidade Nominal Formato Interface Preço nos EUA
Western Digital WD Black SN750 WDS500G3XHC-00SJG0 500 GiB M.2 com dissipador PCI Express 3.0 x4 US$ 130
Samsung 960 EVO MZ-V6E500 500 GiB M.2 PCI Express 3.0 x4 US$ 230
Kingston A1000 SA1000M8/480G 480 GiB M.2 PCI Express 3.0 x2 US$ 70
HyperX Fury RGB SHFR200/480G 480 GiB 2,5 polegadas SATA-600 US$ 104

Na tabela abaixo, fornecemos um comparativo de detalhes técnicos das duas unidades. TBW (Total Bytes Written) significa a quantidade de dados que podem ser gravados na unidade até que a mesma possa ter problemas por desgaste. "ND" significa que o fabricante não disponibiliza esta informação.

Modelo Controlador Buffer Memória TBW
WD Black SN750 Sandisk  20-82-00700

ND

2x 256 GiB TLC 3D NAND 300 TiB
Samsung 960 EVO Samsung Polaris

512 MiB

2x 256 GiB Samsung V-NAND 200 TiB
Kingston A1000 Phison E8

512 MiB

4x 128 GiB Kingston FH12808UCT1-32 300 TiB
HyperX Fury RGB Phison S10

512 MiB

16x 32 GiB Kingston FQ32B08UCT11-C0 416 TiB

Editado por Rafael Coelho

Compartilhar

  • Curtir 4


  Denunciar Artigo

Artigos similares


Comentários de usuários


Desempenho muito bom, mas ainda perde para o Samsung 970 PRO 512GB que uso aqui. Mas sem dúvidas é um belíssimo SSD.

 

Ótimo artigo, parabéns à equipe Clube do Hardware!!!!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Belo teste.

 

Pequeno erro na conclusão:

 

Durante nossos testes, a temperatura máxima atingida pelo WD Black SN750 foi de 46 graus Celcius

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, mick 07 disse:

Belo teste.

 

Pequeno erro na conclusão:

 

Durante nossos testes, a temperatura máxima atingida pelo WD Black SN750 foi de 46 graus Celcius

Erro de digitação corrigido, obrigado por avisar.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!