Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação Super Flower Golden King 650 W

       
 21.179 Visualizações    Testes  
 5 comentários

Vamos ver como este modelo de 650 W com certificação 80 Plus Platinum, sistema de cabeamento modular e barramento único de +12 V se saiu em nossos testes.

Teste da Fonte de Alimentação Super Flower Golden King 650 W
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Análise do Secundário

Como era de se esperar em uma fonte de alimentação de alta eficiência, a Super Flower Golden King 650 W usa um projeto síncrono, onde os retificadores Schottky foram substituídos por transistores MOSFET. Além disso, esta fonte também utiliza um projeto DC-DC no seu secundário, o que significa que ela é basicamente uma fonte de +12 V com as saídas de +5 V e +3,3 V sendo produzidas por duas fontes de alimentação menores conectadas ao barramento de +12 V principal. Ambos os projetos são usados para aumentar a eficiência da fonte.

A saída de +12 V usa quatro transistores MOSFET IPP041N04N G, cada um suportando até 80 A a 100° C em modo contínuo ou até 400 A a 25° C em modo pulsante com uma RDS(on) máximo de apenas 4,1 mΩ. A versão de 750 W utiliza transistores mais potentes aqui (90 A a 100° C).

Super Flower Golden King 750w
Figura 15: Os transistores de +12 V

Como foi explicado, as saídas de +5 V e de +3,3 V são produzidas por dois conversores DC-DC, que estão localizados em uma única placa do circuito impresso que fica no secundário desta fonte. Cada conversor é controlado por um circuito integrado NCP1587A e usa quatro transistores MOSFET IPD040N03L, cada um até 76 A a 100° C em modo continuo ou até 400 A a 25° C em modo pulsante com, um RDS(on) máximo de 4 mΩ.

Super Flower Golden King 750w
Figura 16: Os conversores DC-DC

Super Flower Golden King 750w
Figura 17: Os conversores DC-DC

Nós não encontramos um circuito integrado para monitoramento das saídas desta fonte de alimentação. Já que o fio Power Good e os sensores estão conectados à placa do circuito impresso menor onde o controlador ressonante está conectado, nós supomos que o enigmático controlador SF29601 com ajuda de quatro amplificadores operacionais provenientes do circuito integrado LM324 sejam os responsáveis pelo monitoramento.

Os capacitores eletrolíticos disponíveis no secundário também são japoneses, da Chemi-Com, e são rotulados a 105° C, como de costume.

Super Flower Golden King 750w
Figura 18: Capacitores

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Artigos similares


Comentários de usuários


Realmente o tempo passou um pouco, e os preços de fontes ficaram bem mais competitivos, compensa pagar $60, $70 a mais para levar 1-2% e eficiência a mais, sendo que a qualidade das Rosewill Capstone 650M, Lepa G-Series 650 e Seasonic G-Series 650 é semelhante? Bom, aí realmente não pode recomendar a fonte.

Bom, sobre a qualidade, não tenho dúvidas que é uma das melhores do mercado, e a falha da linha de +5VSB é da unidade testada em questão, pois no teste da TechPowerUp! uma outra unidade se saiu bem.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Considerando resultados diversos obtidos em testes da Azza Platinum, da Kingwin Lazer e mesmo da SuperFlower Golden King 650W no site TechPower Up, devia ter sido solicitado à SuperFlower uma segunda unidade para ser testada.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Bem que o gabriel torres poderia,montar uma lojinha lá nos states, e importar essas belezuras para a gente aqui no Brasil,ia unir o útil ao agradavél.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Bem que o gabriel torres poderia,montar uma lojinha lá nos states, e importar essas belezuras para a gente aqui no Brasil,ia unir o útil ao agradavél.

É mesmo ia vender igual agua, Faria as outras lojas abaixarem o preço.:cool:

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Bem que o gabriel torres poderia,montar uma lojinha lá nos states, e importar essas belezuras para a gente aqui no Brasil,ia unir o útil ao agradavél.

Concordo e assino em baixo :P

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×