Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  

Teste da Fonte de Alimentação Thermal Power TX500

       
 65.625 Visualizações    Testes  
 8 comentários

Testamos mais uma fonte de alimentação da marca nacional, desta vez a Thermal Power TX500 de “500 W”. Confira o nosso teste.

Teste da Fonte de Alimentação Thermal Power TX500
Produto Bomba

Produto Bomba

Conclusões

Achamos engraçado essa coisa de “potência real”, termo que só existe no Brasil e que não quer dizer absolutamente nada. Veja o caso da Thermal Power TX500, que é rotulada como sendo uma “fonte potência real” (sic) (frase presente na caixa do produto), mas “explodiu” quando tentamos puxar esta potência dela.

Aliás, pouca gente se dá conta que é ilegal vender fontes de alimentação que não conseguem entregar sua potência rotulada, pois são cometidos os crimes de fraude (artigo 171 do Código Penal) e propaganda enganosa (artigo 66 do Código de Defesa do Consumidor). Infelizmente no Brasil ninguém faz nada para coibir este tipo de coisa. Resta, para nós, continuarmos desmascarando fontes deste tipo e esperar que o mercado mude por consciência do consumidor.

Sinceramente, nós esperamos que, através dos nossos testes e tutoriais, a mentalidade do consumidor brasileiro e, mais importante, desses importadores que cismam em trazer lixo tecnológico para o nosso país, mude. É mais do que hora para mudarmos essa fixação por potência!

O caso da Thermal Power TX500 é bastante didático. Ela é rotulada como sendo de 500 W e é possível que ela até entregue esta potência em condições de teste diferentes dos nossos (temperatura mais baixa e diferente distribuição de carga). Porém, no teste em que conseguimos puxar a potência máxima da fonte (469,4 W a 49,6° C) a eficiência estava a 68,2% e a tensão de +12 V estava abaixo do limite mínimo permitido, claramente indicando que a fonte esta operando acima de seus limites.

Falando em eficiência, nós vimos uma eficiência máxima de 81,0% com esta fonte, raro de se ver em fontes com arquitetura meia-ponte. Ademais, a variação de 81,0% para 68,2% foi a maior variação de eficiência que já vimos em uma fonte até hoje.

Como fontes de alimentação atingem sua eficiência máxima normalmente quando estão entregando 50% da carga máxima suportada, e como vimos a eficiência máxima desta fonte com a fonte puxando 180 W, é fácil de deduzir que fabricantes decentes teriam rotulado esta fonte como sendo de 360 W.

Só para enfatizar, não é tecnicamente correto rotular uma fonte com a sua potência máxima. Por exemplo, só porque uma fonte consegue entregar 500 W isso não significa que ela seja uma fonte de 500 W. É necessário deixar uma margem de segurança, verificar se as saídas estão com suas tensões e níveis de oscilação e ruído dentro da faixa permitida, e verificar se a eficiência está em um patamar aceitável. Nenhuma dessas condições é verdadeira para a Thermal Power TX500.

Em resumo, se esta fonte fosse rotulada como sendo de 360 W ou mesmo de 400 W, estaríamos diante de uma boa alternativa de baixo custo. Porém, sendo rotulada como sendo de 500 W e tendo escrito “fonte potência real” (sic) em sua caixa, ela é uma “bomba” que oferece risco de uso. Mantenha distância.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Artigos similares


Comentários de usuários


A conclusão e as observações feitas durante o teste foram perfeitas, mais um lixo desmascarado.

E, como dito, esperemos que isso mude. O consumidor é quem tem a maior possibilidade de mudar isso.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Tem que renomear para Diabo Series, usando uma dessas corre um serio risco de mandar seu pc para o inferno

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Além da fonte ser ruim, é demonstrada uma grande falta de vergonha ao ser vendida pela empresa que a fabrica.

E ainda tem a coragem de nomear a fonte de Thermal Power, que provavelmente é um comparativo com a grande marca Thermaltake (que ser uma marca parecida com coisa grande... HA HA ah tá bom), mas nem sequer chega no dedo 'nindinho' da TT.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Que lixo,legal quando ela queimar você dizer: Ah morre,diabo.

Colocaram a série como "TX" como a corsair,poderiam pelo menos botar outra coisa,o pessoal pesquisa corsair tx aparece esse lixo ai junto nos resultados haha.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Como já disseram, parece que até o nome dela tenta induzir a erro o consumidor menos atento/informado. Esse Thermal realmente lembra a marca Thermaltake e esse TX remete aos modelos da Corsair.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Além da fonte ser ruim, é demonstrada uma grande falta de vergonha ao ser vendida pela empresa que a fabrica.

E ainda tem a coragem de nomear a fonte de Thermal Power, que provavelmente é um comparativo com a grande marca Thermaltake (que ser uma marca parecida com coisa grande... HA HA ah tá bom), mas nem sequer chega no dedo 'nindinho' da TT.

Depende...

https://www.clubedohardware.com.br/artigos/Teste-da-Fonte-de-Alimentacao-Thermaltake-Purepower-500-W/1979

https://www.clubedohardware.com.br/artigos/Teste-da-Fonte-de-Alimentacao-Thermaltake-TR2-RX-750-W/1869

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ultimamente eu já estava ficando saudoso dos testes de algumas bombas. Essa fonte não seria de todo ruim se tivesse sido marcada corretamente como 340W com seus 25A na linha +12V. Ficaria aprovada. Ainda assim teria de ter preço compatível. Com Seasonic 350W custando uns 120 contos, essa teria de custar uns 70 reais no máximo.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Esta fonte está sendo exibida na categoria "Entrada" da pagina inicial, junto com mouses, teclados, etc.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda_a_Ler_Resistores_e_Capacitores-capa-3d-newsletter.jpg

ebook grátis "Aprenda a ler resistores e capacitores", de Gabriel Torres

GRÁTIS! BAIXE AGORA MESMO!