Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Cobertura do AMD EPYC Horizon

       
 2.768 Visualizações    Artigo  
 2 comentários

Fomos ao AMD EPYC Horizon em San Francisco, onde a AMD apresentou os processadores para servidores EPYC de segunda geração. Confira!

Cobertura do AMD EPYC Horizon

O Clube do Hardware foi convidado para o AMD EPYC Horizon em San Francisco, California, evento onde a empresa apresentou os modelos da segunda geração de seu processador para servidores EPYC. Vamos contar o que aconteceu de mais importante no lançamento dessa linha de processadores que, segundo o fabricante, chegou batendo todos os recordes de desempenho para processadores padrão x86.

A presidente e CEO da AMD, Dra. Lisa Su, abriu o evento falando dos novos requisitos que os datacenters modernos têm que atender. A demanda exigida pelas tecnologias emergentes como aprendizado de máquina (machine learning), AI (inteligência artificial) e vários outros exige o uso de servidores equipados com os processadores que tenham sido projetados para atender essa demanda. A segunda geração do processador AMD EPYC é a aposta da companhia que pretende aumentar muito sua fatia do mercado de processadores para servidores.

AMD_EPYC_HORIZON_2019.jpg

Figura 1: abertura do evento

Usando um processo de fabricação de 7 nm e com dezenas de núcleos por processador, interligados pelo barramento de alta velocidade Infinity Fabric, o AMD EPYC 7742 é, segundo a AMD, o processador x86 de maior desempenho que existe no mercado atual. Com 64 núcleos, 128 threads, 128 ou mais pistas PCI Express 4.0, 3,4 GHz de clock e TDP de 225 W.

AMD_EPYC_HORIZON_2019-2.jpg

Figura 2: Lisa Su apresentando os novos processadores EPYC

Lisa mostrou que, com as tecnologias da nova família EPYC, a empresa pretende manter a liderança em desempenho por um bom tempo. Além disso, apresentou uma série de comparativos entre o EPYC 7742 da AMD e o Xeon Platinum 8280L da Intel, que é o processador para servidores mais potente disponível atualmente da empresa concorrente (o Xeon anunciado no mesmo dia do evento, 7 de agosto de 2019, ainda não está no mercado). Em todas as áreas comparadas, como computação em nuvem, computação de alto desempenho (HPC) e aplicações empresariais, o EPYC foi melhor que o Xeon. Segundo a AMD, o EPYC teve um desempenho em média duas vezes maior, com custo 50% menor.

Em seguida Lisa Su apresentou dois parceiros que já estão usando servidores equipados com o EPYC: a HPE (a parte da HP dedicada ao mercado corporativo) e o Twitter. Ambos mostraram soluções de altíssimo desempenho e com um custo total de propriedade (TCO) menor que o dos servidores Xeon.

Lisa passou a palavra para Mark Papermaster (CTO e vice-presidente executivo da AMD) que continuou a detalhar tecnicamente o EPYC. Chamou a atenção para o processo de fabricação de 7 nm, número de núcleos e o barramento Infinity Fabric. Foi uma apresentação com muitos detalhes técnicos. Esta página da AMD explica, de uma maneira rápida, cada uma dessas tecnologias. Mark também recebeu representantes de companhias que já estão usando o EPYC, como Dell e VMware. O CTO também falou bastante sobre as tecnologias de segurança embutidas no novo processador que impedem falhas de segurança como a “Meltdown”, a “Spectre” e outras.

AMD_EPYC_HORIZON_2019-3.jpg

Figura 3: Mark Papermaster

Na sequência, Forrest Norrod (vice-presidente sênior e gerente da área de datacenter e soluções para empresas) apresentou mais alguns detalhes dos processadores EPYC. Mostrou que, na maioria das vezes, sistemas com apenas um processador EPYC têm desempenho melhor e custo menor que os equivalentes com dois processadores Xeon. Em sistemas com dois processadores EPYC, a diferença é ainda mais gritante, tanto em desempenho quanto em preço, de acordo com o executivo. Forrest conversou com os representantes da CRAY (fabricante de supercomputadores) e da Universidade de Indiana, que mostraram os resultados de um supercomputador da CRAY baseado no EPYC. Na parte final de sua exposição, recebeu ainda representantes da Lenovo e da Microsoft Azzure, que mostraram os seus produtos. Em seguida apresentou um quadro comparando o EPYC 7742 de 64 núcleos com o Xeon Platinum de 28 núcleos.

AMD_EPYC_HORIZON_2019-4.jpg

Figura 4: apresentação do desempenho do EPYC

Lisa Su voltou ao palco para apresentar a “surpresa” do dia: o Google vai usar servidores com processadores EPYC em seus datacenters para a nuvem. É o resultado de uma demorada negociação que finalmente deu certo para a AMD. Bart Sano, vice-presidente de engenharia, subiu ao palco para detalhar a parceria.

Finalmente, Lisa fechou o evento lembrando que a terceira geração do EPYC (codinome “Milan”) já está com todo o seu projeto pronto e que a quarta geração (codinome “Genoa”) já começou a ser projetada. E destacou as principais características da segunda geração de processadores AMD EPYC, como a quebra de mais de 80 recordes mundiais de desempenho, o custo total de propriedade (TCO) de 25 a 50% menor que o da concorrência, e o fato de já estar disponível a partir da data do evento.

AMD_EPYC_HORIZON_2019-5.jpg

Figura 5: encerramento do evento

Compartilhar

  • Curtir 4
  • Amei 2


  Denunciar Artigo

Artigos similares


Comentários de usuários


Parabéns ao CDH por receber tal convite e obrigado pela matéria!
Muito legal saber que a AMD está realmente no caminho certo e com parcerias de fazer inveja na concorrência (leia-se Intel).

Vale lembrar que a AMD também está participando dos projetos dos novos consoles (mais uma vez e deixando a Intel "a ver navios").
Sabemos que a Intel ainda é maior (e será por um bom tempo) mas acredito que a AMD já esteja incomodando sua "supremacia".

A AMD está fazendo o seu dever de casa, entregando ao consumidor o que a tecnologia tem a oferecer enquanto a Intel, em seu trono, está (ou estava) na mesmice empurrando guela abaixo dos consumidores os famigerados quadcores.

 

 

{

       Humor: ..."tecnologias de segurança embutidas no novo processador que impedem falhas de segurança como a “Meltdown”, a “Spectre” e outras"...

 

       Enquanto isso, no lado obscuro da Internet... "alguém" lê isso e fala:

       - hold my beer!

       :-BEER

}

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 13/08/2019 às 10:52, ThiagoLuiz disse:

Parabéns ao CDH por receber tal convite e obrigado pela matéria!
Muito legal saber que a AMD está realmente no caminho certo e com parcerias de fazer inveja na concorrência (leia-se Intel).

Vale lembrar que a AMD também está participando dos projetos dos novos consoles (mais uma vez e deixando a Intel "a ver navios").
Sabemos que a Intel ainda é maior (e será por um bom tempo) mas acredito que a AMD já esteja incomodando sua "supremacia".

A AMD está fazendo o seu dever de casa, entregando ao consumidor o que a tecnologia tem a oferecer enquanto a Intel, em seu trono, está (ou estava) na mesmice empurrando guela abaixo dos consumidores os famigerados quadcores.

 

 

{

       Humor: ..."tecnologias de segurança embutidas no novo processador que impedem falhas de segurança como a “Meltdown”, a “Spectre” e outras"...

 

       Enquanto isso, no lado obscuro da Internet... "alguém" lê isso e fala:

       - hold my beer!

       :-BEER

}

👏👏👏👏👏👏👏👏

Quad Core é coisa do passado...

E logo mais, sem HT/SMT também...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!