Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Computador compacto ASRock DeskMini 310

       
 10.427 Visualizações    Primeiras Impressões  
 4 comentários

O DeskMini 310 é um kit de computador ultracompacto que suporta processadores Core i de oitava e nona geração "comuns". Vamos ver o que ele oferece!

Computador compacto ASRock DeskMini 310
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

[pagination="Introdução"]

O DeskMini 310 é um kit de computador compacto da ASRock que usa uma placa-mãe no formato 5x5 (Mini-STX), compatível com processadores Core i de oitava e nona geração de até 65 W. Vamos dar uma boa olhada nele.

O formato Mini-STX, também conhecido como 5x5, é o mais recente padrão de placas-mãe, menor do que o Mini-ITX, para uso em computadores de mesa ultra-compactos. Para saber mais sobre este novo padrão, leia nosso artigo “Tudo o que você precisa saber sobre o padrão de placas-mãe 5x5”.

O DeskMini 310 é um computador de mesa em um tamanho muito reduzido. Ele é maior do que costumamos ver em um NUC (como o Gigabyte BRIX s), mas apresenta a vantagem de utilizar um processador convencional para processadores de mesa, enquanto nos NUC o processador vem soldado na placa-mãe, por normalmente ser um modelo de baixo consumo.

O DeskMini 310 mede 155 x 155 x 80 mm, que é o tamanho aproximado de uma fonte de alimentação típica para computadores de mesa. Externamente, ele é semelhante ao DeskMini 110, que já analisamos.

Há três versões do produto: o DeskMini 310, o DeskMini 310W (que vem com uma placa de rede sem fio instalada) e o DeskMini 310/COM (que vem com uma porta serial e é o modelo que estamos analisando).

O DeskMini 310 é vendido como um kit, o que significa que ele vem com gabinete, fonte e placa-mãe, mas você precisa instalar um processador, memória (RAM) e um dispositivo de armazenamento (disco rígido ou SSD). Sua placa-mãe tem um soquete LGA1151, sendo compatível com os processadores Intel de oitava e nona geração com TDP de até 65 W. Ele tem também dois soquetes DDR4 SODIMM DDR4 (“memória de notebook”), e tem duas baias para dispositivos de 2,5 polegadas.

Na Figura 1, podemos ver a caixa do ASRock DeskMini 310.

deskmini310-01.jpg

Figura 1: embalagem do DeskMini 310

A Figura 2 mostra o conteúdo da embalagem: uma fonte externa de 19 V e 120 W, manual, dois cabos SATA, parafusos e quatro pés de borracha. Ainda há uma extensão com uma porta serial (exclusiva deste modelo) e uma extensão com duas portas USB 2.0 para instalar no gabinete (opcional). Você ainda pode adquirir um kit com uma placa Wi-Fi, bem com um kit com suporte para instalar o computador na parte traseira do seu monitor de vídeo.

deskmini310-02.jpg

Figura 2: conteúdo da embalagem

A Figura 3 revela a frente do ASRock DeskMini 310. Ele tem conectores para fones de ouvido e microfone, uma porta USB 3.0 tipo A, uma porta USB 3.0 tipo C, botão liga/desliga e LEDs de ligado e de atividade de disco.

deskmini310-03.jpg

Figure 3: o ASRock DeskMini 310

Nas próximas páginas, vamos analisar o DeskMini 310 em detalhes.

[pagination="O ASRock DeskMini 310"]

Na Figura 4, podemos ver a parte traseira do computador. No painel traseiro, há um conector para fonte de alimentação externa de 19 V, uma saída DisplayPort, uma saída HDMI, uma saída VGA, uma porta USB 3.0 tipo A, uma porta USB 2.0 e uma porta Gigabit Ethernet.

deskmini310-04.jpg

Figura 4: painel traseiro

A Figura 5 mostra um dos lados do DeskMini 310. Você pode colar os pés de borracha aqui se quiser utilizar o computador na posição vertical.

deskmini310-05.jpg

Figura 5: painel lateral

No painel inferior, há outros quatro pontos onde você pode colar os pés, caso queira utilizar o computador na horizontal. Aqui também vemos os orifícios para montagem do suporte VESA.

deskmini310-06.jpg

Figura 6: painel inferior

Na próxima página, vamos analisar o interior do DeskMini 310.

[pagination="Por dentro do ASRock DeskMini 310"]

Removendo quatro parafusos, podemos deslizar a bandeja da placa-mãe de dentro do gabinete. Há um cabo que conecta os LEDs e o botão liga/desliga.

deskmini310-07.jpg

Figura 7: removendo a bandeja da placa-mãe

A Figura 8 mostra a placa-mãe ASRock H310M-STX/COM. Ela usa o chipset H310, e oferece dois soquetes DDR4 SODIMM (“memória de notebook”), suportando o máximo de 32 GiB até DDR4-2666.

Ainda há dois slots M.2. Um deles é padrão 2230, onde você pode instalar uma placa Wi-Fi (a versão DeskMini 310W já vem com uma placa instalada aqui). Este slot também é compatível com módulos CNVi.

O outro slot M.2 é padrão 2280, suportando SSDs padrão PCI Express 3.0 x4 e SATA-600.

A placa-mãe traz um controlador de rede Intel i219V, e o codec utilizado é o Realtek ALC233, que suporta dois canais de áudio analógico, de forma que se você quiser utilizar mais canais, precisa utilizar o sinal digital presente nas saídas HDMI e DisplayPort.

deskmini310-08.jpg

Figura 8: placa-mãe ASRock H310-STX

Sob a bandeja da placa-mãe há duas baias de 2,5 polegadas, para a instalação de SSDs ou discos rígidos deste formato. Há dois conectores do lado da solda da placa-mãe, onde você liga os cabos que levam dados e alimentação para as unidades SATA.

deskmini310-09.jpg

Figura 9: baias das unidades de armazenamento

Na Figura 10 vemos um slot para cartões de memória microSD. Há versões de Linux que podem rodar diretamente em um cartão destes, de forma que você pode até montar uma configuração sem SSD nem disco rígido, o que pode ser uma boa ideia em terminais de consulta e outras aplicações comerciais.

deskmini310-10.jpg

Figura 10: slot microSD

A Figura 11 mostra o kit Wi-Fi que recebemos junto com o DeskMini 310, que traz uma placa Intel 3168NGW, os suportes de antena e as antenas. Esta placa fornece conectividade 802.11ac de até 433 Mb/s, bem como Bluetooth 4.2. Este kit está disponível em separado.

deskmini310-11.jpg

Figura 11: kit Wi-Fi

Na Figura 12 vemos o DeskMini 310 com um processador, memória e SSD M.2 instalados. Um detalhe interessante deste produto é que ele suporta o cooler padrão dos processadores Intel, o que facilita bastante a montagem pois você não precisa correr atrás de um cooler específico para gabinetes compactos. Graças ao limite de 65 W, você pode instalar, por exemplo, um Core i7-8700, mas não o Core i5-9600K.

deskmini310-12.jpg

Figura 12: disco rígido instalado

[pagination="Principais especificações"]

As principais especificações do ASRock DeskMini 310 que nós analisamos incluem:

  • Dimensões: 155 x 155 x 80 mm
  • Processador: suporta processadores LGA1151 "Coffee Lake" de até 65 W
  • Chipset: Intel H310
  • Memória: máximo de 32 GiB, DDR4-2666 SODIMM
  • Chip gráfico: integrado ao processador
  • Rede com fio: Gigabit Ethernet, Intel i219V
  • Rede sem fio: não incluída neste modelo
  • Áudio: produzido pelo chipset em conjunto com um codec Realtek ALC233
  • Portas: três portas USB 3.0 (sendo uma tipo C), uma porta USB 2.0, HDMI, DisplayPort, Gigabit Ethernet
  • Leitor de cartões de memória: sim, microSD (não acessível externamente)
  • Outros recursos: compatibilidade com dispositivo anti-furto padrão Kensington
  • Mais informações: http://www.asrock.com
  • Preço nos EUA*: US$ 162,00

* Pesquisado na Newegg.com no dia da publicação deste artigo.

[pagination="Conclusões"]

Não faz sentido analisar o desempenho do DeskMini 310, por causa de sua principal característica: seu desempenho vai depender de que componentes você vai utilizar ao montá-lo. Se você for utilizá-lo em automação comercial, terminais de consulta, caixas (com impressora fiscal), ou para serviços simples de escritório (digitação de textos e tabelas), pode utilizar um processador de baixo custo como o Pentium Gold G5400 (ou mesmo o Celeron G4900, ainda mais barato), 4 GiB de RAM e um SSD básico de 120 GiB, obtendo um computador de baixo custo, ou pode transformá-lo em um computador de alto desempenho com um Core i7-8700, 32 GiB de RAM e três SSDs (um M.2 e dois de 2,5 polegadas). Seu desempenho será equivalente ao de um computador de tamanho “normal” montado com os mesmos componentes.

A principal limitação do DeskMini 310 é que não há como instalar uma placa de vídeo, de forma que você não pode utilizá-lo para um PC para jogos. Assim, ele não pode ser utilizado com os recentes processadores Intel com sufixo "F", como o Core i5-8400F, já que estes processadores não trazem o vídeo integrado.

De qualquer forma, ele é excelente para montar um HTPC (Home Theater PC), um computador para escritório, ou mesmo uma estação de trabalho potente e muito compacta.

Pontos fortes

  • Extremamente compacto para um computador de mesa
  • Suporta processadores comuns para computadores de mesa, com o cooler padrão
  • Facilmente e altamente atualizável
  • Suporta um SSD M.2 e mais duas unidades de armazenamento de 2,5 polegadas
  • Traz uma porta USB 3.0 tipo C

Pontos fracos

  • Necessita montagem por um profissional, ou pelo menos um usuário experiente
  • Não aceita placas de vídeo independentes
  • Não oferece saídas de áudio traseiras

Compartilhar

  • Curtir 5


  Denunciar Artigo

Artigos similares


Comentários de usuários


E eu pensando que esse padrão era coisa nova, mas é de 2015...

 

Mas é interessante, será que só fizeram para intel?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Muito interessante por suportar processadores com o TDP padrão de desktop. Aqui no brasil, será que já disponibilizaram para compra? 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Por este preço vai naufragar; está cheio de minicomputadores chineses rodando 8a geração a metade do preço desse aí.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Junte-se à conversa

Você pode postar agora e cadastrar-se depois. Se você tem uma conta, faça o login para postar.

Visitante
Adicionar um comentário

×   Você colou conteúdo com formatação.   Restore formatting

  Só é possível ter até 75 emoticons.

×   O link foi automaticamente convertido para mostrar o conteúdo.   Clique aqui para mostrá-lo como link comum

×   Seu texto anterior foi restaurado.   Limpar o editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!