Ir ao conteúdo
Entre para seguir isso  

PIC: O Computador Popular da AMD

       
 53.610 Visualizações    Artigos  
 6 comentários

Veja como anda a iniciativa 50x15 e o projeto de computador popular da AMD.

PIC: O Computador Popular da AMD
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

Introdução

Há seis meses atrás, durante o Fórum Econômico Mundial, a AMD lançou uma iniciativa chamada 50x15, cuja meta é ter 50% da população do mundo conectada à Internet até o ano 2015. Atualmente estima-se que cerca de 12% da população mundial tenha acesso à rede. Para isso, a AMD está liderando a indústria no lançamento de um computador popular, chamado PIC (Personal Internet Communicator), que custará na faixa de US$ 185 sem os impostos e sem o monitor.

PIC: O Computador Popular da AMD
Figura 1: Gerente da AMD para a América Latina, Gustavo Arenas, presidente mundial da AMD, Hector Ruiz, e presidente da AMD Brasil, José Scodiero.

O presidente da AMD, Hector Ruiz, esteve recentemente no Brasil para falar sobre esta iniciativa. Nesta oportunidade, além de vermos o PIC de perto, fomos atualizados em relação ao progresso dessa iniciativa. O PIC já está sendo efetivamente vendido na Índia e em alguns países do Caribe, como a Jamaica. A sua entrada no Brasil depende de uma série de fatores, tais como a localização de parceiros e a habitual burocracia governamental, seja para importar o PIC, seja para fabricá-lo localmente. O modelo que vimos foi fabricado no México pela Solectron, empresa que possui filial no Brasil.

PIC: O Computador Popular da AMD
Figura 2: Demonstração do PIC.

A maneira com que o PIC é vendido varia de país para país. No caso do Brasil, de acordo com o presidente da AMD no Brasil, José Escodiero, este PC popular provavelmente não será vendido em lojas como um produto avulso; possivelmente será vendido por provedores de Internet, que venderão o PIC juntamente com um plano de acesso.

PIC: O Computador Popular da AMD
Figura 3: Frente do protótipo, duas portas USB e conectores do áudio. Note que ele não tinha rede on-board, necessitando de uma placa de rede USB (peça azul).

PIC: O Computador Popular da AMD
Figura 4: Costas do protótipo, duas portas USB, modem analógico, vídeo e entrada da fonte.

Compartilhar



  Denunciar Artigo
Entre para seguir isso  

Artigos similares


Comentários de usuários


Este processador do PIC o Geode é de qual fabricante, a AMD? Poderia ser um núcleo de um AXP rodando a 300MHz. Só não gostei do esquema de vender pelos provedores de internet, mais um item para ficar preso a eles.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Se o assunto do desbloqueio do FIC Conectado não for proibido aqui, desejo obter informações em português de como "tirar" o Windows CE e instalar outro sistema operacional.

Já que a conexão por telefone é extremamente difícil de se conseguir, tenho que tentar pelo menos por trinta vezes, sempre obtendo a resposta de que a linha está ocupada.

Quando tentei usar o adaptador ZyXEL G-220, para banda larga, ele não o reconheceu apesar de constar como sendo compatível.

Também não consigo usar o messenger, o qual acusa algum problema de conexão.

Acho que se tiver outro sistema operacional vou poder usar webcam, banda larga etc.

Sem ofensa ao fabricante, o nome desta máquina deveria ser "FIC tentando se conectar" e não como foi vendido "FIC Conectado".

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário






Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×