Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Placa-mãe ASRock B450 Steel Legend

       
 8.889 Visualizações    Primeiras Impressões  
 11 comentários

Vamos analisar em detalhes a ASRock B450 Steel Legend, placa-mãe intermediária para processadores AMD soquete AM4, com foco na durabilidade. Confira!

Placa-mãe ASRock B450 Steel Legend
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Conclusões

O chipset B450 é quase tão completo quanto o modelo topo de linha, o X470. Sua principal limitação é não permitir a configuração de slots PCI Express x16 em x8/x8, e não ser compatível com SLI. Mas, como atualmente não é aconselhável utilizar arranjos com mais de uma placa de vídeo, isto é praticamente irrelevante e o chipset B450 pode ser utiliza em placas-mãe bem completas.

A ASRock B450 Steel Legend é a típica placa-mãe intermediária com foco em durabilidade, inclusive daí vem seu nome, pensado para invocar a durabilidade do aço ("steel", em inglês). Ela traz todos os recursos importantes atualmente, como dois slots M.2 (um deles com dissipador), seis portas USB 3.0, duas portas USB 3.1 (uma delas tipo C), seis portas SATA-600, suporte a RAID, etc. O circuito de áudio e o regulador de tensão são intermediários, mas com capacitores de alta qualidade.

A iluminação RGB ao redor do dissipador do chipset e na proteção plástica próxima ao painel traseiro, bem como os bons recursos de overclock, são outros pontos de destaque desta placa-mãe.

Assim, para quem procura uma placa-mãe intermediária, robusta e com excelentes recursos, e busca um modelo com boa relação custo-benefício, a ASRock B450 Steel Legend é uma ótima escolha.

Compartilhar

  • Curtir 6


  Denunciar Artigo

Artigos similares


Comentários de usuários


"O circuito regulador de tensão da ASRock B450 Steel Legend tem seis fases para o processador."

 

Essa parte podia ter ficado mais bem explicada, dizendo que é um 4+2; na real o processador no sentido de "CPU sem o chip gráfico" acaba sendo um 4 fases, igual a outras placas mãe "7 fases" que na realidade são 4+3, e portanto teriam as mesmas características, ignorando os outros fatores. Não só isso, se fosse um 6+0 (meio estranho, mas...), essa placa teria certo mérito para overclock, mas não suportaria vídeo integrado ao usar iGPU, então seria um ponto bem importante na hora da compra.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, Imakuni disse:

"O circuito regulador de tensão da ASRock B450 Steel Legend tem seis fases para o processador."

 

Essa parte podia ter ficado mais bem explicada, dizendo que é um 4+2; na real o processador no sentido de "CPU sem o chip gráfico" acaba sendo um 4 fases, igual a outras placas mãe "7 fases" que na realidade são 4+3, e portanto teriam as mesmas características, ignorando os outros fatores. Não só isso, se fosse um 6+0 (meio estranho, mas...), essa placa teria certo mérito para overclock, mas não suportaria vídeo integrado ao usar iGPU, então seria um ponto bem importante na hora da compra.

Preferimos deixar que são 6 fases (para todos os circuitos incluídos dentro do encapsulamento do processador) para evitar confusões, principalmente entre o grande público. Na verdade, essas 2 (do 4+2) normalmente não são apenas para o chip gráfico, mas para a "ponte norte" embutida no processador, como controlador de memória e demais controladores. Lembre-se que os processadores AMD são, na verdade, chips tipo "SoC", já que incluem todo o necessário para o computador funcionar, como portas USB e SATA. Como os fabricantes não especificam exatamente quais circuitos do processador são alimentados por cada fase, preferimos não discriminar.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

"A configuração dos slots PCI Express x16 depende do processador instalado: se for um Ryzen sem vídeo integrado, eles trabalharão a x16/x4; com um Ryzen com vídeo integrado, a configuração será x8/x4, e com um processador Athlon 2xxGE, será x4/x2."

 

E é por isso que NÃO é recomendado montar um computador com Ryzen com vídeo integrado pra depois instalar uma placa de vídeo dedicada. Pros processadores da Intel, não faz diferença.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
7 horas atrás, Tiago Leão disse:

E é por isso que NÃO é recomendado montar um computador com Ryzen com vídeo integrado pra depois instalar uma placa de vídeo dedicada. Pros processadores da Intel, não faz diferença.

 

OK, mas, isso não vai fazer diferença no desempenho da máquina se for um Ryzen G, e, na maioria dos casos, nem no Athlon.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 03/04/2019 às 11:24, Tiago Leão disse:

"A configuração dos slots PCI Express x16 depende do processador instalado: se for um Ryzen sem vídeo integrado, eles trabalharão a x16/x4; com um Ryzen com vídeo integrado, a configuração será x8/x4, e com um processador Athlon 2xxGE, será x4/x2."

 

E é por isso que NÃO é recomendado montar um computador com Ryzen com vídeo integrado pra depois instalar uma placa de vídeo dedicada. Pros processadores da Intel, não faz diferença.

a diferença de desempenho só será sentida em placas high-end e em situações bem específicas, maioria das placas de vídeo não conseguem saturar uma conexão PCI-Express x16, quem vai comprar esses processadores com certeza não pretende usar em combinação com uma RTX-2070.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

De qualquer forma, tem gente que não sabe que ficará limitado a x8 com esse tipo de Ryzen. São discussões diferentes.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

No terceiro paragrafo tem um erro: 

 

"Além disso, o B450 traz ..., menos portas SATA (seis, contra oito do X470)"

 

O chipset B450 tem apenas 4 SATA assim com seu antecessor B350, os CPUs ryzen trazem ate 2 portas SATA integrada, e o X470 tem apenas 6 SATA + 2 do CPU

adicionado 2 minutos depois

No terceiro paragrafo tem um erro: 

 

"Além disso, o B450 traz ..., menos portas SATA (seis, contra oito do X470)"

 

O chipset B450 tem apenas 4 SATA assim com seu antecessor B350, os CPUs ryzen trazem ate 2 portas SATA integrada, e o X470 tem apenas 6 SATA + 2 do CPU

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
47 minutos atrás, F4b10 disse:

No terceiro paragrafo tem um erro: 

 

"Além disso, o B450 traz ..., menos portas SATA (seis, contra oito do X470)"

 

O chipset B450 tem apenas 4 SATA assim com seu antecessor B350, os CPUs ryzen trazem ate 2 portas SATA integrada, e o X470 tem apenas 6 SATA + 2 do CPU

adicionado 2 minutos depois

No terceiro paragrafo tem um erro: 

 

"Além disso, o B450 traz ..., menos portas SATA (seis, contra oito do X470)"

 

O chipset B450 tem apenas 4 SATA assim com seu antecessor B350, os CPUs ryzen trazem ate 2 portas SATA integrada, e o X470 tem apenas 6 SATA + 2 do CPU

 

Não há erro. O B450 traz seis portas SATA. Você deve ter se confundido pois, em sua página, estas portas estão listadas em separado, a AMD fala em "4 portas SATA" mais "1 porta SATA Express", mas lembre-se que uma porta SATA Express (tecnologia que não vingou) funciona também como duas portas SATA independentes. Assim, o total de portas SATA oferecidos pelo chipset é seis.

Obrigado pela oportunidade de explicar melhor a forma como a AMD divulga as características dos chipsets, muitas pessoas podem ser induzidas ao erro como você foi.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Quando vai estar a venda nas lojas?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Existe alguma loja que venda aqui no Brasil, também gostaria de saber?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Atualmente a maioria das placas estão vindo com M.2 chave M pelo que parece. Bem legal a placa.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!