Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Placa-mãe ASUS ROG STRIX X570-E GAMING

       
 17.011 Visualizações    Primeiras Impressões  
 18 comentários

Demos uma olhada na ASUS ROG STRIX X570-E GAMING, placa-mãe topo de linha para processadores AMD Ryzen, baseada no novo chipset X570 e que suporta PCI Express 4.0. Vamos ver o que ela tem a oferecer.

Placa-mãe ASUS ROG STRIX X570-E GAMING
Produto Recomendado

Produto Recomendado

Introdução

A ASUS ROG STRIX X570-E GAMING é uma placa-mãe topo de linha soquete AM4 para processadores Ryzen da AMD, baseada no novo chipset X570, com placa de rede de 2,5 Gbps, Wi-Fi 6 e vários recursos. Confira!

O AMD X570 é o mais recente chipset topo de linha para o soquete AM4, lançado juntamente com os processadores Ryzen de terceira geração. Ele traz algumas diferenças em relação ao seu antecessor, o X470 (que, por sua vez, era praticamente idêntico ao X370): a presença de oito portas USB 3.2 Gen 2 (o X470 tinha apenas duas) e suporte a oito pistas PCI Express 4.0 para uso por slots de expansão e mais oito pistas PCI Express 4.0 para uso por periféricos.

Estas oito pistas PCI Express 4.0 para periféricos são divididas em dois grupos de quatro pistas. Em cada grupo, o fabricante da placa-mãe pode escolher entre ter uma interface PCI Express 4.0 x4, duas interfaces PCI Express 4.0 x2, quatro interfaces PCI Express 4.0 x1 ou quatro portas SATA-600. Além disto, o chipset tem quatro portas SATA-600 "fixas".

A comunicação entre o processador e o chipset se dá por uma interface PCI Express 4.0 x4, mas obviamente apenas se o processador for um Ryzen de terceira geração; se for um modelo anterior, essa comunicação utilizará o padrão PCI Express 3.0 x4.

As pistas PCI Express para conexão com placas de vídeo são controladas pelo processador, e não pelo chipset. Assim, se você utilizar um processador Ryzen de terceira geração, terá conexão PCI Express 4.0 disponível para placas de vídeo, mas 3.0 se utilizar processadores Ryzen de segunda geração.

Embora até a geração anterior todas as placas-mãe soquete AM4 fossem compatíveis com todos os processadores, isso muda um pouco nesta nova geração. Segundo a AMD, as placas-mãe baseadas no novo chipset X570 não são compatíveis com processadores Ryzen de primeira geração. Além disso, os processadores Ryzen de terceira geração só têm garantia de compatibilidade com as placas-mãe que utilizam chipsets B450, X470 ou X570. Placas baseadas no B350 e no X370 são compatíveis com os Ryzen de terceira geração desde que a BIOS seja atualizada para uma versão compatível, e placas-mãe baseadas no chipset A320 não devem suportar estes processadores, embora os fabricantes de placa-mãe podem incluir esta compatibilidade em determinados modelos.

Você pode conferir a placa-mãe ASUS ROG STRIX X570-E GAMING na Figura 1. Ela usa o padrão ATX, medindo 305 x 244 mm.

X570-EGaming-01.jpg

Figura 1: placa-mãe ASUS ROG STRIX X570-E GAMING

Compartilhar

  • Curtir 6
  • Amei 2


  Denunciar Artigo

Comentários de usuários


Rafael, estes mosfets são de boa qualidade?
Foi a melhor X570 apresentada até o momento a vcs?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Quem é da minha época (como por ex. Gabriel Torres), e conheceu a evolução do hardware, sabe que ventoinha colocada para dissipar o CHIPSET não foi uma boa ideia. E agora estão repetindo a história..., PARECE QUE NÃO APRENDERAM?!?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
22 horas atrás, Phoenyx disse:

Rafael, estes mosfets são de boa qualidade?
Foi a melhor X570 apresentada até o momento a vcs?

Não cheguei a estudar esses MOSFETs, mas parecem bons sim.

Essa foi a primeira X570 que recebemos, mas já tem outra mais topo de linha na fila.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
10 horas atrás, JOAQUIM TELÊMACO CARNEIRO disse:

Quem é da minha época (como por ex. Gabriel Torres), e conheceu a evolução do hardware, sabe que ventoinha colocada para dissipar o CHIPSET não foi uma boa ideia. E agora estão repetindo a história..., PARECE QUE NÃO APRENDERAM?!?

Qual seria a sua solução para resolução desse problema, visto que este chipset realmente esquenta, um dissipador maior?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
13 horas atrás, Rafael Coelho disse:

Essa foi a primeira X570 que recebemos, mas já tem outra mais topo de linha na fila.

Qual modelo?

A gigabyte se manifestou a mandar aqueles modelos com PWM de 14 e 16 fases diretas? Como a X570 Aorus Master e Aorus Ultra.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
10 horas atrás, GabrielLP14 disse:

Qual modelo?

A gigabyte se manifestou a mandar aqueles modelos com PWM de 14 e 16 fases diretas? Como a X570 Aorus Master e Aorus Ultra.

Surpresa, fique atento semana que vem, garanto que vai valer a pena.

Quanto à Gigabyte, ainda não tenho certeza de qual modelo eles vão enviar.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
24 minutos atrás, Rafael Coelho disse:

Surpresa, fique atento semana que vem, garanto que vai valer a pena.

AA Rafael, que curiosidade hahah 😫.

Acredito que eles enviei no máximo a Aorus Master, tendo em vista que a Extreme nem no Brasil vai ter, só importando, eu to sofrendo pra tentar pegar ela.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Roberto91 Qual seria a sua solução para resolução desse problema, visto que este chipset realmente esquenta, um dissipador maior? A Asus parece que já se tocou e vai mudar isto no novo chipset 590! Confira a foto, que parece não haver mais ventoinha...TOMARA!!!

asus_x590_x599_chamada.jpg

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
1 hora atrás, JOAQUIM TELÊMACO CARNEIRO disse:

@Roberto91 Qual seria a sua solução para resolução desse problema, visto que este chipset realmente esquenta, um dissipador maior? A Asus parece que já se tocou e vai mudar isto no novo chipset 590! Confira a foto, que parece não haver mais ventoinha...TOMARA!!!

asus_x590_x599_chamada.jpg

Pela semelhança do dissipador com o da placa que analisamos, sou capaz de apostar que há uma ventoinha aí embaixo.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
4 horas atrás, Rafael Coelho disse:

Pela semelhança do dissipador com o da placa que analisamos, sou capaz de apostar que há uma ventoinha aí embaixo.

 Eu espero que não Rafael..., vamos aguardar! ;  )

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Estamos olhando na verdade o problema errado.

O uso de uma ventoinha é um paliativo para o verdadeiro problema. Um chipset fritador de ovos. A AMD não conseguiu chegar num projeto de engenharia maduro o suficiente e por isso estamos vendo o retorno do infame sistema de resfriamento ativo nas X570.

 

Falando em velhos tempos, uma coisa que simplesmente sumiu com as gerações novas de processadores foram os chipsets de terceiros.

Antigamente você via placas mãe com chipset da VIA, Nvidia e outras marcas. Hoje toda placa-mãe intel tem chipset intel e toda AMD tem chipset AMD.

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, sdriver disse:

Estamos olhando na verdade o problema errado.

O uso de uma ventoinha é um paliativo para o verdadeiro problema. Um chipset fritador de ovos. A AMD não conseguiu chegar num projeto de engenharia maduro o suficiente e por isso estamos vendo o retorno do infame sistema de resfriamento ativo nas X570.

 

 Sem dúvidas Sdriver, de nada adianta ela ter chegado aos 7 nm no processador e deixarem isto acontecer...não que uma ventoinha não resolva, mas a dor de cabeça que elas podem dar com o tempo...;  )

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 01/08/2019 às 16:38, sdriver disse:

Estamos olhando na verdade o problema errado.

O uso de uma ventoinha é um paliativo para o verdadeiro problema. Um chipset fritador de ovos. A AMD não conseguiu chegar num projeto de engenharia maduro o suficiente e por isso estamos vendo o retorno do infame sistema de resfriamento ativo nas X570.

 

Falando em velhos tempos, uma coisa que simplesmente sumiu com as gerações novas de processadores foram os chipsets de terceiros.

Antigamente você via placas mãe com chipset da VIA, Nvidia e outras marcas. Hoje toda placa-mãe intel tem chipset intel e toda AMD tem chipset AMD.

 

 

Bons tempos da minha Asus com chipset NVIDIA (digo devido a qualidade do vídeo integrado), mas por um lado foi bom isso ter acontecido: pois rolava muito boicote, principalmente pelo lado da NVIDIA com processadores AMD. 
E os chipsers VIA e SIS eram horríveis... =/

adicionado 0 minutos depois
Em 01/08/2019 às 16:55, JOAQUIM TELÊMACO CARNEIRO disse:

 Sem dúvidas Sdriver, de nada adianta ela ter chegado aos 7 nm no processador e deixarem isto acontecer...não que uma ventoinha não resolva, mas a dor de cabeça que elas podem dar com o tempo...;  )

 

Nisso eu concordo contigo.

 

 

adicionado 1 minuto depois
Em 01/08/2019 às 10:31, Rafael Coelho disse:

Pela semelhança do dissipador com o da placa que analisamos, sou capaz de apostar que há uma ventoinha aí embaixo.

Pior que parece que tem mesmo. Se reparar, onde tá escrito "STRIX" é mais "transparente", dando a entender que são entradas/saídas de ar.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 02/08/2019 às 17:55, Roberto91 disse:

E os chipsers VIA e SIS eram horríveis... =/

 

Eram voltados a computadores de entrada... Típico de placas-mãe da PCChips, por exemplo! :)

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
16 horas atrás, Gabriel Torres disse:

 

Eram voltados a computadores de entrada... Típico de placas-mãe da PCChips, por exemplo! :)

 

Nem fala, era cada dor de cabeça pra consertar "computadores Negativos" com essas placas-mãe.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pessoal, quem aí se lembra da Gigabyte X48-DQ6, ela tinha um dissipador passivo no chipset, porém um sistema bem projetado que levava um heatpipe para outro dissipador que recebia ventilação do cooler da CPU? Eu tenho essa placa até hoje...quem sabe poderiam usar projetos assim novamente?

bottom.jpg

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@WandersonPerin

20 horas atrás, WandersonPerin disse:

Pessoal, quem aí se lembra da Gigabyte X48-DQ6, ela tinha um dissipador passivo no chipset, porém um sistema bem projetado que levava um heatpipe para outro dissipador que recebia ventilação do cooler da CPU? Eu tenho essa placa até hoje...quem sabe poderiam usar projetos assim novamente?

bottom.jpg

 

Essa placa é linda e excelente.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, Roberto91 disse:

@WandersonPerin

 

Essa placa é linda e excelente.

Pois é Roberto, eu tenho capricho com ela, está guardadinha na caixa lá em casa juntamente com um core 2 duo E8400, depois de meu ultimo upgrade no final do ano passado. Essa vai pro meu museu kkkk

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!