Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Placa-mãe Gigabyte B450 AORUS M

       
 11.790 Visualizações    Primeiras Impressões  
 10 comentários

Analisamos a Gigabyte B450 AORUS M, placa-mãe intermediária soquete AM4 para processadores AMD Ryzen, fabricada no Brasil.

Placa-mãe Gigabyte B450 AORUS M
Produto Recomendado

Produto Recomendado

Periféricos on-board

O chipset AMD B450 é uma solução de chip único. Ele oferece seis portas SATA-600, suportando RAID (0, 1 e 10). A B450 AORUS M traz estas seis portas. Uma das portas é compartilhada com o slot M.2, então se você instalar um SSD SATA neste slot, apenas cinco portas estarão disponíveis.

As portas SATA são instaladas na borda da placa-mãe, conforme podemos ver na Figura 5.

Gigabyte-B450AORUSM-05.jpg

Figura 5: as seis portas SATA-600

O chipset AMD B450 suporta seis portas USB 2.0, duas portas USB 3.2 Gen 1 e duas portas USB 3.2 Gen 2. Há ainda quatro portas USB 3.2 Gen 1 controladas diretamente pelo processador.

A Gigabyte B450 AORUS M oferece seis portas USB 2.0, duas no painel traseiro e quatro disponíveis através de dois conectores localizados na placa-mãe. Ela também oferece seis portas USB 3.2 Gen 1, quatro no painel traseiro da placa-mãe (todas tipo A, controladas pelo processador) e duas disponíveis através de um conector na placa-mãe (controladas pelo chipset). Ainda há duas portas USB 3.2 Gen 2 no painel traseiro, ambas tipo A, controladas pelo chipset.

Esta placa-mãe suporta áudio no formato 7.1, gerado pelo chipset usando um codec Realtek ALC892, que oferece uma relação sinal/ruído de 95 dB para as saídas analógicas e até 90 dB para as entradas analógicas, resolução de 24 bits e taxa de amostragem de até 192 kHz. Estas especificações são boas para o usuários comum, mas o usuário que pretende trabalhar profissionalmente capturando e editando áudio analógico pode precisar investir em uma placa de som com melhor definição. Toda a seção de áudio é fisicamente separada dos outros circuitos, o que reduz a interferência e ajuda o circuito de áudio a atingir suas relações sinal/ruído nominais. Além disso, o circuito de áudio capacitores japoneses específicos para áudio da marca Chemicon.

As saídas de áudio analógico são independentes. A Figura 6 mostra a seção de áudio da placa-mãe.

Gigabyte-B450AORUSM-06.jpg

Figura 6: circuito de áudio

A Gigabyte B450 AORUS M traz uma porta de rede Gigabit Ethernet, controlada por um chip Realtek RTL8118.

Na Figura 7 podemos ver o painel traseiro da placa-mãe. Aqui temos um conector PS/2 para teclado ou mouse, duas portas USB 2.0, saída DVI-D, saída HDMI, quatro portas USB 3.2 Gen 1 (azuis), duas portas USB 3.2 Gen 2 (vermelhas), uma porta Gigabit Ethernet e conectores de áudio analógico.

Note que esta placa-mãe traz saídas de vídeo, mas elas só são habilitadas caso você utilize um processador com vídeo integrado.

Gigabyte-B450AORUSM-07.jpg

Figura 7: painel traseiro da placa-mãe

A placa-mãe tem LEDs RGB sob o setor de áudio (visíveis através da trilha transparente), além de conectores para coolers e fitas RGB. Ela traz quatro LEDs indicativos de problemas durante a inicialização, em casos de erros de processador, memória, placa de vídeo ou carregamento de boot.

Na Figura 8, podemos ver os acessórios que acompanham a B450 AORUS M.

Gigabyte-B450AORUSM-08.jpg

Figura 8: acessórios

Compartilhar

  • Curtir 7


  Denunciar Artigo

Artigos similares


Comentários de usuários


Acredito que na mesma faixa de valor está a MSI B450 Gaming Plus, que é uma excelente alternativa, com mais opções de overclock.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O dissipador do slot M.2 parece ser bem eficiente. Ele até tem nome próprio - "Proteção Térmica AORUS M.2".

 

Porém eu tenho um pouco de receio quanto aos adesivos térmicos utilizados nesses dissipadores. Fico me perguntando se não seria melhor retirar o adesivo ou quem sabe utilizar uma pasta térmica a base de cerâmica no seu lugar.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Uma coisa é certa , nenhum adesivo termico vai funcionar com a mesma eficiencia de uma pasta termica  na transferencia de calor a menos que esse adesivo seja tão fino quanto a propria camada de pasta termica que geralmente fica entre as duas partes envolvidas . Sinceramente não sei se um M.2. esquenta a ponto de precisar de uma grande eficiencia na transferencia de calor quanto um chip de gpu , mas se não for o caso , então melhor manter o tal adesivo que vem originalmente no dissipador .

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Tem recursos de gigante, a marca é excelente, recomendo pra quem não for mexer com atualização de bios. Muito ruim a bios que a gigabyte usa, muito problemática, principalmente essa linha Auros ai. Tinha tudo pra ser a melhor custo benefício se não fosse as duas bios inúteis. Uma porque quando você atualiza a bios primária, automaticamente a bios secundária também atualiza, e se der erro de atualização de bios, as duas vão pro espaço tendo que regravar as duas. Tive uma experiência muito ruim com essa modelo AUROS B450, quando fui atualizar pra bios F32, a placa-mãe morreu, descobri que o problema era a própria versão que tava com erro. É lamentável uma placa-mãe tão boa ter uma bios tão lixo.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
20 horas atrás, Darkmana disse:

Porém eu tenho um pouco de receio quanto aos adesivos térmicos utilizados nesses dissipadores. Fico me perguntando se não seria melhor retirar o adesivo ou quem sabe utilizar uma pasta térmica a base de cerâmica no seu lugar.

 

Cara talvez não, o projeto já deve considerar que os modelos podem ter a superficie irregular, e nesse caso, o thermal pad é mais eficiente. Alguns componentes também podem ter limitação da carga que vai acima dele. Dissipadores de mosfets, circuitos de VRM, alguns chipsets e memórias geralmente usam os thermal pads quando existem outros componentes mesmo nível e se deseja obter isolamento elétrico. 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Rafael Coelho

 

Citação

Para habilitar o modo de dois canais, você deve instalar dois ou quatro módulos de memória. Se for utilizar dois módulos, deve instalá-los no segundo e quarto soquetes.

 

Se colocar no no primeiro e terceiro ele não habilita ?

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
16 minutos atrás, LNPott disse:

@Rafael Coelho

 

 

Se colocar no no primeiro e terceiro ele não habilita ?

Não.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 11/02/2020 às 10:45, ACCEPT disse:

Tem recursos de gigante, a marca é excelente, recomendo pra quem não for mexer com atualização de bios. Muito ruim a bios que a gigabyte usa, muito problemática, principalmente essa linha Auros ai. Tinha tudo pra ser a melhor custo benefício se não fosse as duas bios inúteis. Uma porque quando você atualiza a bios primária, automaticamente a bios secundária também atualiza, e se der erro de atualização de bios, as duas vão pro espaço tendo que regravar as duas. Tive uma experiência muito ruim com essa modelo AUROS B450, quando fui atualizar pra bios F32, a placa-mãe morreu, descobri que o problema era a própria versão que tava com erro. É lamentável uma placa-mãe tão boa ter uma bios tão lixo.

 

Como você sabe que a bios backup atualizou? Essa bios não atualiza

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@kmbr Eu não sei ao certo o que houve, só sei dizer que eu fui instalar a bios F32 e até ai deu bios update ok, ai quando reiniciei o computador não dava mais boot. Logo entrei em contato com a Gigabyte e disseram que ao dar bios update ok na primária, a secundária também atualiza. Tentei acessar a opção Alt+f12 e sem sucesso, ela morreu. Tive que pagar para regravar a bios. Pesquisando um pouco eu descobri que esse método da gigabyte é falho porque a bios secundária não realiza o backup quando da erro, é simplesmente inútil essa bios backup. Posso ter sido muito azarado de ter pego uma placa-mãe com problema de fabrica, mais comigo aconteceu isso.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda_a_Ler_Resistores_e_Capacitores-capa-3d-newsletter.jpg

ebook grátis "Aprenda a ler resistores e capacitores", de Gabriel Torres

GRÁTIS! BAIXE AGORA MESMO!