Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Teste do notebook Avell G1550 MUV

       
 17.317 Visualizações    Testes  
 3 comentários

Testamos o notebook gamer Avell G1550 MUV, que tem processador Core i7 de nona geração, placa de vídeo GeForce GTX 1660 Ti e tela Full HD de 144 Hz. Confira!

Teste do notebook Avell G1550 MUV
Produto Recomendado

Produto Recomendado

Desempenho em programas

Cinebench R20

O Cinebench R20 é baseado no software Cinema 4D. Ele é muito útil para medir o ganho de desempenho obtido pela presença de vários núcleos de processamento ao renderizar imagens 3D pesadas. Renderização é uma área onde ter um maior número de núcleos de processamento ajuda bastante, pois normalmente esse tipo de software reconhece vários processadores (o Cinebench R20, por exemplo, reconhece e utiliza até 256 núcleos de processamento).

Já que estamos interessados em medir o desempenho de renderização, rodamos o teste CPU, que renderiza uma imagem “pesada” utilizando todos os processadores ou “núcleos” – tanto reais quanto virtuais – para acelerar o processo. O resultado é dado como uma pontuação.

Avell-G1550MUV-g05.gif

No Cinebench R20, o Avell G1550 MUV foi 26% mais lento do que o sistema de referência.

Blender

O Blender é um programa de renderização de imagens e filmes que utiliza todos os núcleos do processador. Utilizamos o programa para renderizar uma imagem pesada em um projeto chamado Gooseberry Benchmark. O gráfico abaixo apresenta o tempo em segundos gasto na renderização, de forma que, quanto menor o valor, melhor.

Avell-G1550MUV-g06.gif

No Blender, o Avell G1550 MUV foi 20% mais lento do que o sistema de referência.

CPU-Z

O famoso programa de identificação de hardware CPU-Z vem com uma ferramenta simples de medição de desempenho, utilizando apenas um núcleo e também todos os núcleos disponíveis. Note que os resultados foram todos obtidos com a mesma versão do programa (1.90), já que não é possível comparar resultados obtidos com versões diferentes.

Avell-G1550MUV-g07.gif

No teste que mede o desempenho de apenas um núcleo, o Avell G1550 MUV foi 15% mais lento do que o sistema de referência.

Avell-G1550MUV-g08.gif

Já no teste que utiliza todos os núcleos disponíveis, o Avell G1550 MUV foi 23% mais lento do que o sistema de referência.

Handbrake

O HandBrake é um programa de conversão de vídeo de código aberto. Convertemos um vídeo .mov de seis minutos em resolução Full HD em um arquivo .MP4, utilizando o perfil de saída “Fast 1080p30”.

Os resultados estão em segundos, de forma que valores mais baixos são melhores.

Avell-G1550MUV-g09.gif

No Handbrake, o Avell G1550 MUV foi 35% mais lento do que o sistema de referência.

WinRAR

Uma tarefa na qual o processador é bastante requisitado é na compactação de arquivos. Rodamos um teste, onde uma pasta com 6.813 arquivos, totalizando 8 GiB, foi compactada em um arquivo utilizando o WinRAR 5.71.

O gráfico abaixo mostra o tempo gasto em cada teste.

Avell-G1550MUV-g10.gif

No WinRAR, o Avell G1550 MUV foi 24% mais lento do que o sistema de referência.

V-RAY

O V-Ray Benchmark é uma ferramenta de medição de desempenho do processador e da placa de vídeo em tarefas de renderização de imagem. Ele renderiza duas imagens, uma utilizando o processador (CPU) e outra a placa de vídeo (GPU). Rodamos o teste nos processadores testados e comparamos o tempo gasto no teste CPU no gráfico abaixo.

Avell-G1550MUV-g11.gif

No V-Ray Benchmark, o Avell G1550 MUV foi 29% mais lento do que o sistema de referência.

Compartilhar

  • Curtir 2


  Denunciar Artigo

Artigos similares


Comentários de usuários


Excelente notebook, excelente review. Já tenho meu notebook preferido.

Impressionante ver que ele só perde nos jogos, que tiram maior vantagem de maior frequência da CPU, uma vez que CPUs de notes tem frequências menores no geral.

 

Gostei muito da parte de baixo bem ventilada com bastante entradas de ar.

 

A meu ver únicos pontos fracos é não ter leitor de DVD pela grossura dava para ter, mas sempre se pode usar um externo, e o fato de só ter uma porta USB 2.0 queria 2 sempre é bom ter 2 ou mais, por ultimo o preço, isso me faz lembrar e parafrasear. Glamour eu tenho, falta-me o dinheiro.

 

Retomando o porque ter portas USB a mais é sempre bom mesmo sendo 2.0, Numa você coloca o teclado gamer, na outra o mouse gamer, na 3º USB o fone USB Gamer e ainda te sobra uma porta pra conectar a Cooler Base pra manter ele frio.

 

Gostei muito só queria ter dinheiro pra comprar ele agora.

Excelente ele é mas não é perfeito para mim.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@Rafael Coelho apesar do notebook ter atingido 99 graus em seu uso ao maximo, ele chegou a ter Throttling? 

 

Pergunto porque o meu Dell, chegou a 80 graus e se manteve por volta dessa temperatura, ele aciona o throttling e eu perco muito da performance. Ou seja, para rodar um jogo, eu tenho que usar um aplicativo para controle de tensão e de quebra da temperatura. Normalmente ele roda jogos hoje a 70 a 75 graus a praticamente 2ghz. 

 

Esse estando a 99 graus e ao limite de processador se mantém? 

 

porque no uso prolongado em jogos, se houver queda de processador, isso também afeta os FPS dos jogos. Entretanto é um notebook impressionante.

 

Pesa só 2kg (o mais leve dos gamers que eu já vi é o da Razer [que tem 1,9kg] que ainda assim tem aquecimento e reduz a velocidade do processador por throttling), tem um teclado muito acima dos demais, tem saidas muito bem planejadas e apesar da quantidade de parafusos, me parece de fato bom o formato da tampa que não tem presilhas. 

 

São dois slots que aceitam 32gb de RAM cada... e eu feliz que meu note suporte 16gb em cada slot (são 2 também)...rsrs

 

Possivelmente esse notebook deve ter HDMI 2.0,  o que permite rodar videos 4k sem problemas na TV e a 60hz. Realmente um sonho. Teria um desses para trablahar numa boa (se não fosse o preço proibitivo para minha realidade).

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ja tive a oportunidade de ter um desse modelo, usei por poucas semanas e troquei por causa das teclas, achei muito baixas e tive alguns problemas no pulso mas fora isso é bom.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...