Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Teste do processador Core i9-9900KS

       
 20.267 Visualizações    Testes  
 31 comentários

Testamos o Core i9-9900KS, processador da Intel com oito núcleos, 16 threads, e que trabalha a 5 GHz em todos os núcleos. Vamos ver se ele é mais rápido do que o seu antecessor Core i9-9900K e que o seu concorrente direto, Ryzen 9 3900X.

Teste do processador Core i9-9900KS
Produto Recomendado

Produto Recomendado

Overclock, aquecimento e consumo


Primeiramente, é preciso prestar atenção na forma como o clock deste processador funciona. Seu clock base é de 4,0 GHz, o que significa que este é o clock mínimo garantido que o processador trabalhará quando rodando programas. Já seu clock máximo é de 5,0 GHz, alcançado mesmo quando todos os núcleos estão ativos. A questão é que, nas placas-mãe soquete LGA1151, há dois limites de potência consumida pelo processador, um de curta duração e outro de longa duração, chamados PL1 e PL2 (PL significa Power Limit, ou limite de potência). O firmware (UEFI/BIOS) da placa-mãe é quem diz qual o potência máxima consumida pelo processador e por quanto tempo ela é aceita e há um determinado valor configurado por padrão, mas estes valores normalmente podem ser modificados pelo usuário no setup da placa-mãe.

Só que a potência consumida pelo processador varia de acordo com o clock e o TDP anunciado pelo fabricante é, grosso modo, igual à potência consumida quando o processador está trabalhando no clock base. Assim, o Core i9-9900KS consumiria os 127 W quando trabalhando a 4,0 GHz. Já segundo o HWmonitor, o processador que testamos consumia 149 W quando trabalhando a 5,0 GHz.
Desta forma, quando rodamos os primeiros testes com o Core i9-9900KS, notamos que ele fez uma pontuação mais baixa do que a do Core i9-9900K em alguns testes mais demorados, como o Blender. Daí descobrimos que o processador, embora rodasse inicialmente a 5,0 GHz, reduzia o seu clock a 4,6 GHz depois de alguns segundos rodando a plena carga. Esta redução é causada pelo limite de potência de longa duração, que baixa o clock do processador para adequar a potência consumida ao valor estipulado pelo firmware da placa-mãe.

Então, acessamos o setup da placa-mãe e configuramos o valor do limite de potência de longa duração para um valor bem mais alto (no caso, colocamos 300 W). Com isso, o processador passou a trabalhar continuamente a 5,0 GHz, mesmo depois de várias horas de funcionamento. Foi assim que rodamos os nossos testes.

Com o clock de 5,0 GHz, o Core i9-9900KS chegou a uma temperatura máxima de 76 graus Celsius, com uma temperatura ambiente de 22 graus Celsius. Lembre-se que utilizamos um sistema de resfriamento líquido de entrada, com radiador de 120 mm.

Com isso, deduzimos que a placa-mãe que utilizamos (ASRock Z390 Extreme4), na versão de BIOS utilizada (4.20), suporta o Core i9-9900KS, mas limita a potência de longa duração em um valor abaixo do necessário para manter o processador funcionando em 5,0 GHz. Assim, se você for utilizar este processador, deve verificar se ele se mantém em 5,0 GHz após alguns minutos trabalhando a plena carga. Caso ele reduza o clock, você precisará configurar o limite de potência de longa duração para um valor mais alto (a opção específica para fazer isso vai depender da marca e do modelo de sua placa-mãe). Lembre-se, porém, que para fazer isso, você deve ter certeza de ter uma boa fonte de alimentação e de um bom sistema de refrigeração do processador, além de utilizar uma boa placa-mãe que ofereça um circuito regulador de tensão de alta qualidade. Uma boa ventilação no interior do gabinete também é necessária, para impedir que ocorra um superaquecimento do circuito regulador de tensão da placa-mãe.

Note que esta limitação aconteceu especificamente no modelo da placa-mãe que utilizamos, e na versão de BIOS que estava instalada. Isto pode ocorrer ou não, dependendo da placa-mãe utilizada. Como o Core i9-9900KS é o primeiro processador de sua plataforma com um TDP acima de 95 W, é possível que vários modelos de placas-mãe tragam por padrão este tipo de limitação, principalmente aquelas que não tenham o foco em overclock.

Por falar em overclock, o processador Core i9-9900KS tem multiplicador de clock destravado, significando que é possível fazer overclock neles modificando apenas este parâmetro.

Em nossos testes de overclock, conseguimos atingir com estabilidade o máximo de 5,1 GHz (100 MHz x 51) em todos os núcleos, sem mexer nos ajustes de tensão. Em 5,2 GHz, o sistema travou depois de cerca de uma hora de funcionamento.

Lembre-se, porém, que a capacidade de overclock de um processador depende da placa-mãe, do sistema de refrigeração, e também da sorte, pois dois processadores de mesmo modelo podem alcançar diferentes taxas de clock máximas.

Compartilhar

  • Curtir 5
  • Amei 1


  Denunciar Artigo

Comentários de usuários




Ótimo teste como sempre.

 

Intel fazendo o desnecessário.

Preço variando entre R$3.700 - 3.850,praticamente R$700 mais caro que o Ryzen 3900X (com um water cooler de brinde ainda),e com um desempenho quase nada melhor em jogos só.

Um i5 ou Ryzen 5,ainda é melhor escolha para essa questão de jogos.

 

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, MatheusDelValle disse:

Ótimo teste como sempre.

 

Intel fazendo o desnecessário.

Preço variando entre R$3.700 - 3.850,praticamente R$700 mais caro que o Ryzen 3900X (com um water cooler de brinde ainda),e com um desempenho quase nada melhor em jogos só.

Um i5 ou Ryzen 5,ainda é melhor escolha para essa questão de jogos.

+1

 

AMD fazendo bonito!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ótimo, ótimo, agr só falta o dinheiro pra comprar kkkkkkk

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Com R$3000,00 do valor somente desses processadores, dá para montar um computador maneiro para jogos com Ryzen 5 ou Core i5.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@RBMA Pode passar um pouco,mas com esse valor você já consegue,Ryzen 5 / i5,RX 570,16GB ,Uma MOBO Intermediária,SSD 120GB (ou um de 240GB em promoção)

E vai rodar tudo em 1080p no Alto/Ultra com +60FPS tranquilamente e sem quedas.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
3 minutos atrás, MatheusDelValle disse:

@RBMA Pode passar um pouco,mas com esse valor você já consegue,Ryzen 5 / i5,RX 570,16GB ,Uma MOBO Intermediária,SSD 120GB (ou um de 240GB em promoção)

E vai rodar tudo em 1080p no Alto/Ultra com +60FPS tranquilamente e sem quedas.

 

Esses processadores estão na casa dos R$3000,00 foi isso que eu quis dizer.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

@RBMA Sim,eu entendi.

Eu só montei a configuração que você citou que daria para montar com o preço desses processadores de R$3000.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
1 minuto atrás, MatheusDelValle disse:

@RBMA Sim,eu entendi.

Eu só montei a configuração que você citou que daria para montar com o preço desses processadores de R$3000.

Tranquilo

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Achei que esta embalagem em forma aproximada de um diamante seria alguma referência ao preço do processador...

Me fez lembrar uma situação parecida quando a amd lançou o fx-9590 que alcançava os 5ghz (teoricamente), mas era como utilizar uma ferrari para andar a  100 km/h.

Eu ainda recomendaria aos engenheiros da intel a assistir ao vídeo da série Mitos do Hardware #1 do Sr. @Gabriel Torres.

Sem contar que não deve ser destinado a gaming computer e sim a produtividade, comparemos o preço do processador a uma Nvidia tesla V100 + placa-mãe da mais p#*d*%@ e o preço do mesmo se torna irrelevante.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

A introdução está confusa, "Vamos ver se ele é mais rápido do que o seu antecessor Core i9-9900KS", pois o modelo está errado!!!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Resumindo : Pegaram os melhores chips 9900K e criaram o 9900KS ou seja apenas um 9900K em overclock (podia ser 9900K"o" de overclock) .

Uma moda que ja e bem comum nas placas de video onde juntam os melhores chips de um certo modelo e relançam com overclock como se fossem um novo modelo mais caro e melhor , ou seja agora cobram por uma coisa que o consumidor final ja fazia em casa .( Quem não se lembra dos bio flash's que eram capazes de destravar partes adormecidas de um chip de video e praticamente tranformar o modelo comprado em um modelo superior a nivel de Hardware ).

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Um detalhe importante, se não fosse a AMD, esse processador teria um preço muito maior.... creio eu que uns 1500 U$.

 

Com certeza é um processador especial, para dar um UP para quem tem a placa-mãe necessária, mas não quer ficar arriscando em fazer OC.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, MatheusDelValle disse:

R$3.700 - 3.850,praticamente R$700 mais caro que o Ryzen 3900X (com um water cooler de brinde ainda)

 

O i9 está R$ 2800 agora na Kabum, o que deixa ele mais ou menos no mesmo preço do 3900x citado, se você acrescentar um cooler semelhante. Pra mim tá tudo caro rs.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
14 horas atrás, dudaskank disse:

 

O i9 está R$ 2800 agora na Kabum, o que deixa ele mais ou menos no mesmo preço do 3900x citado, se você acrescentar um cooler semelhante. Pra mim tá tudo caro rs.

Mas o Ryzen não está em promoção,e se os dois estiverem?

Ryzen ainda mais barato.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O pessoal não gosta muito que eu fale disso , e eu ate entendo que seja desvio de foco do assunto do post , mas num da pra ignorar que a politica "estuprante " dos impostos no brasil atrapalha muito , imagino que o processador citado em R$3500 deveria ficar pelo menos em uns R$2800 se tivesse uma politica de impostos minimamente decente nesse pais ( ah esqueci ,  Brasil e descencia  são coisas antonimas .🤣.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
22 horas atrás, Airton013 disse:

A introdução está confusa, "Vamos ver se ele é mais rápido do que o seu antecessor Core i9-9900KS", pois o modelo está errado!!!

 

Corrigido, obrigado.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O que deveria ser enfatizado em letras garrafais seria o fato de 99,99% dos usuários usarem seus produtos em stock, sem qualquer tipo de alteração na placa-mãe... seria muito interessante colocar os dois resultados lado a lado. Incrível é o fato de que, os ganhos seriam - provavelmente - idênticos caso o mesmo fosse feito no 9900K, que é mais barato. Na minha opinião a Intel colocou o mesmo produto a venda chamando de "novo" e isso é reprovável (ou desespero?).

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
22 horas atrás, aw_amaral disse:

O que deveria ser enfatizado em letras garrafais seria o fato de 99,99% dos usuários usarem seus produtos em stock, sem qualquer tipo de alteração na placa-mãe... seria muito interessante colocar os dois resultados lado a lado. Incrível é o fato de que, os ganhos seriam - provavelmente - idênticos caso o mesmo fosse feito no 9900K, que é mais barato. Na minha opinião a Intel colocou o mesmo produto a venda chamando de "novo" e isso é reprovável (ou desespero?).

Nenhuma novidade depois de gerações de lançamentos quase iguais em desempenho em todos os sentidos. Tanto que desde a segunda ou terceira geração todos os processadores possuem todos as mesmas vulnerabilidades de segurança.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Cara... eu queria duas dessas caixinhas de acrílico. Estou louco pra mudar os aquários do meu watercooler de novo....

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 19/12/2019 às 13:19, aw_amaral disse:

Na minha opinião a Intel colocou o mesmo produto a venda chamando de "novo" e isso é reprovável (ou desespero?).

 

Todos os grandes fabricantes de hardware fazem isso com frequência! 😐

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, SamucaFO disse:

Nenhuma novidade depois de gerações de lançamentos quase iguais em desempenho em todos os sentidos. Tanto que desde a segunda ou terceira geração todos os processadores possuem todos as mesmas vulnerabilidades de segurança.

Exatamente. Intel estagnou a muito tempo. Com o $$$$$ que ganhou e sua importância no mercado conseguiria inovar bem mais, creio eu, mas acredito que a volta de uma concorrência forte ajuste o mercado com o tempo. Isto é, se a Intel reagir corretamente aos incentivos que a AMD vem proporcionando.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 20/12/2019 às 14:38, Gabriel Torres disse:

 

Todos os grandes fabricantes de hardware fazem isso com frequência! 😐

Sim Gabriel. Pratica "normal" no mercado e nenhuma empresa parece ser isenta deste modelo. Mas não podemos concordar com isso!!!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 20/12/2019 às 14:38, Gabriel Torres disse:

 

Todos os grandes fabricantes de hardware fazem isso com frequência! 😐

A Intel tem o agravante de cobrar muito mais por isso ou forçar a realizar gastos desnecessário com os empresas parceiras.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, aw_amaral disse:

Sim Gabriel. Pratica "normal" no mercado e nenhuma empresa parece ser isenta deste modelo. Mas não podemos concordar com isso!!!

Extrapolando um pouco o assunto, temos também montadoras que mudam faróis, lanternas e para choques dos carros e o chamam de "novo". Acho que nada escapa deste modelo mesmo. Agora voltemos à programação normal.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Ta difícil , um processador em R$4000 , antigamente com R$4000 a gente comprava um pc inteiro , mais uma mesa , uma cadeira e talvez ainda sobrasse um trocado 🤣

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

Aprenda_a_Ler_Resistores_e_Capacitores-capa-3d-newsletter.jpg

EBOOK GRÁTIS!

CLIQUE AQUI E BAIXE AGORA MESMO!