Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Teste da placa de vídeo ASUS ROG Strix GeForce RTX 2060 OC

       
 10.691 Visualizações    Testes  
 8 comentários

Testamos a ASUS ROG Strix GeForce RTX 2060 OC, uma das placas de vídeo mais topo de linha baseados no mais recente chip da NVIDIA. Confira!

Teste da placa de vídeo ASUS ROG Strix GeForce RTX 2060 OC
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Desempenho em jogos - parte 2

Mad Max

O Mad Max é um jogo de ação em mundo aberto lançado em setembro de 2015, utilizando o motor Avalanche. Para medir o desempenho utilizando este jogo, rodamos a introdução do mesmo, medindo o número de quadros por segundo usando o FRAPS três vezes na sequência. Rodamos o jogo com a qualidade gráfica em “muito alto”.

Os resultados abaixo estão em quadros por segundo e são uma média aritmética dos três resultados coletados.

ROGSTRIXRTX2060-g08.gif

No Mad Max, a ASUS ROG Strix GeForce RTX 2060 OC foi 6% mais rápida do que a GeForce RTX 2060 FE.

Rainbow Six Siege

O "Tom Clancy's Rainbow Six Siege" é um jogo estilo FPS tático lançado em dezembro de 2015, baseado no motor AnvilNext, que é DirectX 11. Para medir o desempenho utilizando este jogo, rodamos o teste de desempenho embutido no mesmo, com  qualidade gráfica “ultra”.

Os resultados abaixo estão em quadros por segundo.

ROGSTRIXRTX2060-g10.gif

Neste jogo, a ASUS ROG Strix GeForce RTX 2060 OC foi 3% mais rápida do que a GeForce RTX 2060 FE.

Shadow of the Tomb Raider

O Shadow of the Tomb Raider é um jogo de aventura e ação lançado em setembro de 2018, baseado em uma nova versão do motor Foundation. Para medir o desempenho utilizando este jogo, rodamos o teste de desempenho embutido no mesmo, com DirectX 12 habilitado, qualidade gráfica “máxima” e TAA habilitado.

Os resultados abaixo estão em quadros por segundo.

ROGSTRIXRTX2060-g09.gif

No Rise of the Tomb Raider, a ASUS ROG Strix GeForce RTX 2060 OC foi 6% mais rápida do que a GeForce RTX 2060 FE.

The Witcher 3: Wild Hunt

O The Witcher 3: Wild Hunt é um RPG em mundo aberto, lançado em maio de 2015 e baseado no motor REDengine 3. Para medir o desempenho usando este jogo, ficamos andando pelo primeiro cenário do jogo, medindo três vezes o número de quadros por segundo usando o FRAPS. Rodamos o jogo com a qualidade de imagem configurada em “ultra”.

Os resultados abaixo estão expressos em quadros por segundo e são a média aritmética dos três resultados coletados.

ROGSTRIXRTX2060-g11.gif

Neste jogo, a ASUS ROG Strix GeForce RTX 2060 OC foi 6% mais rápida do que a GeForce RTX 2060 FE.

Editado por Rafael Coelho

Compartilhar

  • Curtir 4


  Denunciar Artigo

Artigos similares


Comentários de usuários


Interessante ver que a menos potente da série RTX já é overkill para jogos atuais, mostrando o quanto as placas estão evoluídas, ao contrário de alguns anos onde até a mais poderosa placa de vídeo era difícil acompanhar certos jogos específicos. Lembro na época que em Crysis 3 era necessário SLI de placa topo de linha para rodar no ultra.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
11 minutos atrás, Steeveantonichen disse:

Ótimo review @Rafael Coelho

Apenas uma correção: Os gráficos de Shadow of the Tomb Raider e de Rainbow Six Siege estão trocados!

Corrigido, obrigado!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Seria interessante usar o Afterburner/Riva Turner ao invés do fraps e também mostrar os 0.1% e 1% low destes testes.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
2 minutos atrás, le007 disse:

Seria interessante usar o Afterburner/Riva Turner ao invés do fraps e também mostrar os 0.1% e 1% low destes testes.

É verdade, ainda estamos estudando como trocar nossa metodologia.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Excelente artigo.

 

Mas acho que seria legal vermos testes também em resoluções 4K. Eu tenho uma TV 4k e gostaria muito de saber qual o rendimento de uma vga dessas. Pois tenho uma 1060 de 6gb e me interessei quando fiquei sabendo do lançamento dessa 2060. Mas fico com pé atrás de comprar e não ter um rendimento legal em 4k.

 

Parabéns e obrigado.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
52 minutos atrás, Rodrigo Gomes do Nasciment disse:

Excelente artigo.

 

Mas acho que seria legal vermos testes também em resoluções 4K. Eu tenho uma TV 4k e gostaria muito de saber qual o rendimento de uma vga dessas. Pois tenho uma 1060 de 6gb e me interessei quando fiquei sabendo do lançamento dessa 2060. Mas fico com pé atrás de comprar e não ter um rendimento legal em 4k.

 

Parabéns e obrigado.

Até agora, nós rodamos os testes de placas de vídeo topo de linha em Full HD e 4K, e básicas/intermediárias apenas em Full HD pois elas não são destinadas a resoluções mais altas. Mas vamos repensar isso nos próximos testes.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Pena que está cara demais! E as outras 2060 de entrada disponibilizadas no Brasil parecem ser feitas totalmente de plástico. Esta geração "mid range" encareceu muito e possui baixa construção no geral.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×