Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se

Teste da placa de vídeo GeForce RTX 2060

       
 19.719 Visualizações    Testes  
 11 comentários

Testamos a mais recente placa de vídeo da NVIDIA: a GeForce RTX 2060, que tem 6 GiB de memória GDDR6, 1.920 núcleos CUDA e 30 núcleos RT. Confira!

Teste da placa de vídeo GeForce RTX 2060
Rafael Coelho Editor-chefe do Clube do Hardware

Conclusões

Nas últimas gerações de placas de vídeo GeForce da NVIDIA, o modelo terminado em "60" sempre foi uma opção intermediária, tanto em preço quanto em desempenho, voltada à enorme fatia de mercado que deseja um bom desempenho para jogar, mas não tem vontade ou condições de investir em uma placa de vídeo topo de linha.

Isso mudou um pouco nesta geração, baseada na arquitetura Turing (que traz como maior diferencial o hardware dedicado para cálculo de traçado de raios), já que a GeForce RTX 2060 é bem mais cara que sua antecessora GeForce GTX 1060, aproximando-se do segmento "intermediário superior".

Por outro lado, nossos testes mostram que o aumento de desempenho em relação à geração anterior também é enorme: a GeForce RTX 2060 foi, em média, 63% mais rápida do que a GeForce GTX 1060 FE de 6 GiB nos testes que nós fizemos.

Infelizmente não pudemos testá-la diretamente contra a GeForce GTX 1070, nem contra a Radeon Vega 56, já que não temos estas placas em nosso laboratório, mas o comparativo da GeForce RTX 2060 com a GeForce GTX 1080 mostrou um surpreendente empate técnico, com ambas as placas mostrando um desempenho similar em todos os jogos. Esta é uma excelente notícia, pois a GeForce RTX 2060 é mais barata do que a GeForce GTX 1080 (que, é bom lembrar, custava US$ 600 quando do seu lançamento em 2016).

Esta comparação também nos permite inferir que a GeForce RTX 2060 é mais rápida do que a GeForce GTX 1070. Na verdade, nossos testes deixam claro que a GeForce RTX 2060 tem poder de fogo de sobra para encarar qualquer jogo atual em resolução Full HD, qualidade de imagem "no talo" e taxa alta de quadros.

Falando especificamente do modelo testado (Founders Edition), em nossos testes, em um dia com temperatura ambiente de 22 graus Celsius, seu chip gráfico chegou no máximo a 71 graus Celsius (medido com o programa HWMonitor), mantendo um nível de ruído quase inaudível. Ainda segundo o HWMonitor, o clock do chip gráfico chegou a 1.890 MHz, ou seja, acima dos 1.680 MHz nominais.

Assim, mesmo com um preço um pouco mais salgado do que o esperado, seu excelente desempenho torna a GeForce RTX 2060 uma excelente placa de vídeo, com potencial de se tornar uma campeã de vendas.

Editado por Rafael Coelho

Compartilhar

  • Curtir 9


  Denunciar Artigo

Artigos similares


Comentários de usuários


Só para lembrar o pessoal que o driver novo está ai para testar o Freesync nas placas Nvidia. 

Screenshot_1.png

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

👍 Parabéns pelo teste!!

 

Comparativo - RTX 2060 vs GTX 1060 vs GTX 1070 vs GTX 1070 Ti vs RX Vega 56 - Full HD e 2.5K PT-BR

 

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Caramba, série 2000 chutando bundas. Esperava uma 2060 com desempenho semelhante à 1070. Mas compara-se com a 1080!!!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

e o preço???? assalto jamais compraria e não vou comprar mais nada da NVdia...

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 19/01/2019 às 12:15, Paulo Ramiro disse:

e o preço???? assalto jamais compraria e não vou comprar mais nada da NVdia...

nem eu. todo meu pc e todos meus upgrades vão ser AMD

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O preço está caro para uma mediana, mas para o desempenho dela, até que não.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

O preço está alto, sim, mas a 2060 entrega um desempenho bem superior a 1060 de 6Gb (modelo que eu uso atualmente), o teste deixou isso claro.

Fica a dúvida só para quem pensa em comprar ela ou uma 1070 ou até mesmo uma 1080.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 21/01/2019 às 19:03, Arthur_Vasconcelos disse:

O preço está alto, sim, mas a 2060 entrega um desempenho bem superior a 1060 de 6Gb (modelo que eu uso atualmente), o teste deixou isso claro.

Fica a dúvida só para quem pensa em comprar ela ou uma 1070 ou até mesmo uma 1080.

O que deixa a 2060 atrás da 1070 e 1080 é se o cara for jogar acima do full hd, com os 6GB de RAM vai ser bem difícil dela dar conta dos jogos mais novos, o que vai causar frame drop e stuttering, mas pra full hd nós temos um novo rei, mas levando em conta o preço do modelo mais barato de R$1999 da Gigabyte.

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites
Em 25/01/2019 às 09:48, LeVader disse:

O que deixa a 2060 atrás da 1070 e 1080 é se o cara for jogar acima do full hd, com os 6GB de RAM vai ser bem difícil dela dar conta dos jogos mais novos, o que vai causar frame drop e stuttering, mas pra full hd nós temos um novo rei, mas levando em conta o preço do modelo mais barato de R$1999 da Gigabyte.

Também acho, se fossem 8...como um amigo meu disse: "É pecado uma placa dessa não ter 8 GB de Vram.". Apesar de que isso deixaria ela mais cara.

 

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites

Uma placa dessa, nesse preço, com apenas 6 GB, é uma sacanagem!

Compartilhar este comentário


Link para o comentário
Compartilhar em outros sites


Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×