Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Entre para seguir isso  

A Máquina do Juízo Final

       
 3.405 Visualizações   0 comentários

O botão. A bomba. A máquina do juízo final. Durante a Guerra Fria um dos assuntos mais discutidos em qualquer roda de bate-papo era o fim do mundo tal qual conhecemos simplesmente apertando-se um botão. Qual lado apertaria o botão pouco importava por causa da política MAD, Mutual Assured Destruction (Destruição Mútua Garantida) – e não à toa o acrônimo também significa “louco”. Na prática isso significava que se a URSS lançasse uma bomba nuclear em direção aos EUA, os EUA destruiriam a URSS. Sem sobreviventes. Sem vencedores.

A Máquina do Juízo Final
Gabriel Torres Editor executivo do Clube do Hardware

O botão. A bomba. A máquina do juízo final. Durante a Guerra Fria um dos assuntos mais discutidos em qualquer roda de bate-papo era o fim do mundo tal qual conhecemos simplesmente apertando-se um botão. Qual lado apertaria o botão pouco importava por causa da política MAD, Mutual Assured Destruction (Destruição Mútua Garantida) – e não à toa o acrônimo também significa “louco”. Na prática isso significava que se a URSS lançasse uma bomba nuclear em direção aos EUA, os EUA destruiriam a URSS. Sem sobreviventes. Sem vencedores.

Dois filmes que valem à pena sobre este assunto são The Day After – O Dia Seguinte e Jogos de Guerra – que é um dos meus filmes prediletos, a propósito. Ambos farão você pensar à beça.

No fim de semana passado eu e o Alberto visitamos o Titan Missile Museum, em Green Valley, Arizona, EUA (20 milhas ao sul de Tucson), um silo de mísseis nucleares de verdade. Todos os 54 silos que existiam nos EUA para o lançamento de mísseis Titan foram destruídos durante os anos 80, menos o silo onde hoje é este museu, que tem um míssil Titan II de verdade dentro, sem a ogiva nuclear em sua ponta, naturalmente.

Nas fotos abaixo você vê a sala de controle. Há vários dispositivos de segurança para o lançamento do míssil, como a entrada de uma senha, rodar duas chaves ao mesmo tempo, etc. O que mais me chamou a atenção foi que cada silo era pré-programado com três alvos fixos e a equipe do silo não sabia o que estava programado. Se eles recebessem uma ordem para lançar um míssil nuclear em direção ao alvo 3, por exemplo, eles não saberiam que parte do mundo eles estavam prestes a destruir.

\"Titan
Figura 1: Sala de controle do Titan II.

\"Titan
Figura 2: Sala de controle do Titan II.

\"Titan
Figura 3: Sala de controle do Titan II.

Na foto abaixo você pode ver a porta anti-explosão presente na entrada do silo. Preste atenção na espessura tanto da porta quanto na espessura da parede. A entrada do silo era protegida por duas portas dessas.

\"Titan
Figura 4: Porta anti-explosão.

Abaixo você vê a cabeça do Titan II, onde a bomba nuclear era instalada.

\"Titan
Figura 5: Cabeça do Titan II, onde a bomba nuclear era instalada.

No museu você pode comprar o manual de operações e o esquemático do míssil Titan II.

\"Titan
Figura 6: Manual de operações do Titan II.

O que eu não paro de pensar é que os EUA ainda têm milhares de armas nucleares apontadas sabe-se lá para onde com o poder de vaporizar a vida da Terra em questão de minutos. Pense nisso.

Compartilhar



  Denunciar Post no Blog
Entre para seguir isso  

Comentários de usuários


Não há comentários para mostrar.



Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×
×
  • Criar novo...

GRÁTIS: minicurso “Como ganhar dinheiro montando computadores”

Gabriel TorresGabriel Torres, fundador e editor executivo do Clube do Hardware, acaba de lançar um minicurso totalmente gratuito: "Como ganhar dinheiro montando computadores".

Você aprenderá sobre o quanto pode ganhar, como cobrar, como lidar com a concorrência, como se tornar um profissional altamente qualificado e muito mais!

Inscreva-se agora!