Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Dusec

Dúvida de configuração - vga onboard e offboard ao mesmo tempo?

Recommended Posts

Olá pessoal,

me deparei com uma dúvida que pode ser um tanto quanto óbvia para o pessoal mais graduado no assunto mas pesquisei bastante sobre isso e não encontrei resposta certa - cada um diz uma coisa a respeito.

O caso é o seguinte, montei um PC para a minha irmã.

O mesmo utiliza uma placa-mãe Gigabyte GA-H87-D3H e coloquei um Core I5 4430 com Intel Graphics 4600.

Ou seja, o próprio processador possui uma placa de vídeo onboard.

Mesmo assim, coloquei uma placa Radeon HD 6670 offboard na mesma máquina.

Na Bios selecionei como vga primária a placa offboard (Radeon).

Mas reparei que se deixar a opção de placa onboard ativada na bios, o Windows 7 reconhece as duas e até instalei o driver da vga onboard também.

Assim, aparece no gerenciador de dispositivos as duas vgas.

No caso as dúvidas são:

1) O melhor é deixar as duas ativas na bios, mas deixar a Radeon que é a offboard como primária ou é melhor desativar a onboard na Bios e manter apenas ativa a offboard?

2) Manter as duas ativas afeta a qualidade do processamento gráfico?

3) Posso ter algum tipo de conflito por ter os drivers da onboard e da offboard instalados no Windows?

4) Consideração final: deixo ativas as duas na Bios, como fiz, ou devo desativar a onboard?

Desde já agradeço a atenção de todos!

Abraços!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Ninguém possui conhecimento disso?

Hoje em dia vários PCs novos possuem processadores Core I3, I5 e I7, sendo que vários modelos possuem um chip gráfico integrado.

Até onde eu sabia, e esta é uma das afirmações que pesquisei e li pela internet, ao se instalar a placa offboard a onboard seria desabilitada automaticamente.

Mas isso não acontece com a placa em questão. A mesma permite que se deixe ativa a placa onboard (vga do processador) juntamente com a placa offboard e inclusive permite, como já falei, a instalação dos drivers da Onboard.

Desativei a Onboard na BIOS, por enquanto, pois tenho receio de que ela gere conflitos ou, segundo li em um artigo em inglês, que ela estar ativada apenas utiliza mais capacidade do processador sem ganho nenhum tanto no processamento gráfico quanto no processamento normal de dados.

Acho a dúvida pertinente porque artigos que já li no passado diziam que essa capacidade de processamento de vídeo do processador podería ajudá-lo em algumas tarefas mais complexas pois o processador de vídeo realiza determinadas operações com mais rapidez do que o processador normal, diminuindo o tempo do processamento.

Então sería lógico manter o vídeo onboard do processador ativado na BIOS e com os drivers instalados porque, assim, ele trabalharia com mais eficiência.

Vejam, esse assunto é um tanto quanto complexo e se quiserem pesquisar na internet a respeito, reafirmo, as opiniões são bastante diferentes. Alguns defendem que deve-se deixar ativo o vídeo onboard e outros dizem que deve-se deixar inativo.

Será que alguém aí possui informações mais detalhadas e precisas a respeito disso?

Agradeço a atenção e peço que se pronunciem, afinal, é uma dúvida que creio ser um tanto quanto comum e que será ainda mais levantada no futuro, quando as pessoas estiverem com máquinas novas em que a mesma dúvida pode aparecer!

Abraços!

___________________________________________________

Edição:

Acabo de enviar email para o suporte da Gigabyte perguntando sobre esse assunto e assim que eles me responderem colocarei aqui a resposta dada.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Pessoal, ainda não obtive resposta do suporte da Gigabyte.

No entanto andei fazendo testes com o Futuremark PC MARK 7, 3D MARK 11 e 3D MARK VANTAGE.

Testei com as duas placas de video ativas e apenas com a offboard ativa.

Os resultados foram praticamente os mesmos, ou seja, não houve diferença significativa de pontuação em nenhum dos testes.

Assim, creio que realmente a resposta à minha dúvida é: o melhor é deixar a placa onboard desativada na BIOS e nem correr risco de o PC apresentar qualquer conflito.

Vou manter assim, desativado o vídeo onboard na bios, pelo menos até o pessoal da Gigabyte me responder me explicando melhor o assunto e sugerindo a configuração ideal. Se eles possuírem alguma explicação que deixe clara a viabilidade de se deixar a placa onboard ativa, nesse caso a ativarei posteriormente.

Abraços a todos.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×