Ir ao conteúdo
  • Cadastre-se
Equipe Clube do Hardware

Samsung Lança Galaxy Tab 3 Para Crianças

Recommended Posts

A Samsung lançou um tablet especialmente desenvolvido para crianças, o Galaxy Tab 3. O produto vem com várias ferramentas educacionais e recursos de segurança.

O novo tablet vem com um processador de 1,2 GHz (dois núcleos), 1 GB de RAM, 8 GB de armazenamento, tela de 7 polegadas e sistema operacional Android 4.1, além de uma câmera de 3 megapixels e outra de 1,3 megapixels.

O Galaxy Tab 3 chegará ao mercado sul-coreano no início de setembro e posteriormente será lançado nos Estados Unidos, América do Sul, Reino Unido, China, Europa, África e Ásia.

Informações sobre preço não foram divulgadas.

Samsung Lança Galaxy Tab 3 Para Crianças

Samsung Lança Galaxy Tab 3 Para Crianças


View full notícia

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

como eu sou contra esses brinquedos para crianças... o que custa um lego, um monopólio, cartas, enfim.... mas....

:confused:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
como eu sou contra esses brinquedos para crianças... o que custa um lego, um monopólio, cartas, enfim.... mas....

:confused:

Muitos pais preferem o que é mais cômodo, fácil e dá mais status, aí..

Da sua lista só o lego tá bom, desde que não seja o da Barbie, não dá pra montar muita coisa interessante com ele. :D

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Muitos pais preferem o que é mais cômodo, fácil e dá mais status, aí..

Da sua lista só o lego tá bom, desde que não seja o da Barbie, não dá pra montar muita coisa interessante com ele. :D

que que não?

lego1.jpg

2084717121057.jpg

eu apenas cito que, hoje, não raro vemos adultos que não desgrudam dos twiter da vida, e outros. Tu vais pra um bar e ficam com "dedos deslizandos em tela" e não conversam. Essa geração de até 40 anos não tinha tudo isso... imagina os jovens de 20 criados "desse jeito'

crédo, adeus vida social

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
que que não?

lego1.jpg

2084717121057.jpg

eu apenas cito que, hoje, não raro vemos adultos que não desgrudam dos twiter da vida, e outros. Tu vais pra um bar e ficam com "dedos deslizandos em tela" e não conversam. Essa geração de até 40 anos não tinha tudo isso... imagina os jovens de 20 criados "desse jeito'

crédo, adeus vida social

Acho que sou um sortudo, com 35 anos não consigo sentir atração por toda essa coisa de rede social.

Mas é um dilema. Se eu tivesse filhos hoje, não saberia o que fazer.

Isolar do mundo e de pessoas potencialmente ruins ou deixar ela se misturar aos outros e correr o risco de ela se viciar em todo tipo de coisa (vicio eletrônico ou não).

De qualquer forma o brinquedo é criativo. Se for bem usado pode ser uma boa ferramenta

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tenho 22 anos e eu acho essa modinha de hoje de "tecnologia" bastante exaustiva e chateante.

Eu que não quero criar meu filho, que ainda não tenho, no meio disso tudo.

É app para fazer gato coçar a barriga, é app para sei lá o que mais. E o que mais se vê sobre isso são notícias e mais notícias nestes sites de "tecnologia".

Mas não reclamo dos aplicativos em si, e sim de por exemplo, reclamar de aplicativo do YouTube quando se pode acessar o site sem nenhum aplicativo. E o pior de tudo é que fazem uma tempestade em copo d'água gigantesca com essas coisas.

Só para constar uns exemplos mesmo...

Eu acho que as coisas precisam ter um meio termo.

Mas, se tá dando dinheiro o que a Samsung pode fazer né?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar agora





Sobre o Clube do Hardware

No ar desde 1996, o Clube do Hardware é uma das maiores, mais antigas e mais respeitadas publicações sobre tecnologia do Brasil. Leia mais

Direitos autorais

Não permitimos a cópia ou reprodução do conteúdo do nosso site, fórum, newsletters e redes sociais, mesmo citando-se a fonte. Leia mais

×